Por 

Juiz de Direito. Escritor, poeta e cordelista. Irrequieto homem de letras ressurge em literatura através de versos. Traz "O Profeta Decapitado". Poesias num roteiro forte. Cristão atento ao caminhar do Cristo dentre as injustiças da vida. Pedro de Araújo Bezerra é o autor que ora enfocamos. Livro religioso ou temático num assomo de fazer justiça através do verbo. Juiz e escritor nos versos de literatura universal, conforme dizer do insigne jornalista Jáder de Carvalho em nota sobre o autor. O reconhecimento do saudoso Jáder tem a sinceridade que encanta e acolhe o trabalho de quem despontou despretensiosamente na seara das produções literárias.
Pedro de Araújo Bezerra revela talento e arte. Faz poesia com a seriedade e responsabilidade do bom julgador que ele vem revelando ser no exercício da magistratura. Criatividade poética que nos fez ler de um fôlego o seu livro "O Profeta Decapitado". Recuo no tempo. Vimos o autor pesquisando nas vertentes da história para trazer os desabafos próprios da poesia que diz, sem vacilar, o que contam os atos e fatos do princípio de tudo. O Amor de Cristo a inspirar os escritos cadenciados em versos de sonorização forte.
Excelente trabalho de um Juiz analista dos temas Cristãos da própria vida, no vai e vem das ocorrências que clamam pelo reconhecimento dos justos. "O Profeta Decapitado" surge em versos, numa prosa de realismo que soma para a meditação de hoje, quando a violência teima em ser primeira nas páginas de jornal. O autor em poemas fortes num julgamento consciencial dos vacilos da humanidade ao avançar na implantação da Fé em Deus. Corajoso poetar na visão da história. Lemos atentos o livro "O Profeta Decapitado" e constatamos a cada verso bem tratado, a produção de talento em linguagem poética.

Comentários

Mais Visitadas

Alagoano que dirigiu filme que teve cenas gravadas em Penedo toma posse na ABL

Exposição "Gesto Tempo" apresenta diversas formas de bordar

Literatura e cinema ajudaram a tornar Notre-Dame conhecida no mundo

Academia Brasileira de Letras doa livros para índios guaranis no Rio

Catedral de Notre-Dame, em Paris, sofre incêndio na tarde desta segunda-feira