Postagens

Mostrando postagens de Março 19, 2019

Exposição do modernista Ismael Nery chega a Fortaleza

Exposição de panorama da obra do artista, falecido em 1930 e redescoberto décadas após a morte, entra em cartaz na Casa d'Alva Reunindo 30 obras entre desenhos, aquarelas e pinturas a óleo feitas entre as décadas de 1920 e 1930, a Casa d'Alva abriu mostra individual do artista paraense Ismael Nery (1900-1934). Com a vivência europeia que teve nos primeiros anos de vida adulta, foi influenciado na arte pelo modernismo e vanguardas europeias numa obra que José Guedes, artista e curador da exposição em parceria com Roberto Galvão, classifica como "universal". Morto aos 34 anos em decorrência de uma tuberculose, Nery passou anos numa espécie de esquecimento, até ter a obra redescoberta na década de 1960. "Apesar de ter feito algumas exposições, entre individuais e coletivas, ele, em vida, sempre foi um pouco deixado de banda em relação aos modernistas da época. Não teve a mesma aceitação", contextualiza Guedes. Um dos motivos que pode ter levado a isso, afirma…

Festival Viva La Carne chega a Fortaleza em março

Imagem
Evento terá vários tipos de carnes e open bar de cerveja Na mesma premissa do open bar, o open food começa a ganhar espaço nos eventos gastronômicos. O conceito de comida à vontade estará presente no Festival Viva La Carne, que chega a Fortaleza dia 24 de março. Com foco voltado para amantes de churrascos e carnes vermelhas, evento contará com chefs de várias partes do País. Com valores de R$ 201 (meia) R$ 268 (inteira), os ingressos podem ser adquiridos no Restaurante Cabaña Del Primo do shopping Rio Mar Fortaleza, na loja JEF do shopping Iguatemi e na Cort Carnes Nobres, além do site efolia. Com vários chefs assadores de renome do Brasil, cada uma das 20 estação contará com um profissional especializado em diferentes cortes especiais, podendo proporcionar a degustação de carnes nobres e acompanhamentos exclusivos. Além do estilo de comida à vontade, também será oferecido serviço de open beer durante as 8 horas de evento. O festival também terá uma programação de workshops e espaço …

Baixe o pôster de São José, padroeiro do Ceará

Imagem
Padroeiro do Ceará, São José é celebrado no dia 19 de março. Tradição popular atribui chuvas na data à perspectiva de um "bom inverno".
Baixe aqui o pôster do padroeiro do Ceará, do artista plástico do O POVO, Carlus Campos.

O Povo

SÃO JOSÉ: A chuva floresce um gosto de sertão

No dia do padroeiro do Ceará, O POVO explica porque o cearense tem apreço pelo céu carregado e traz histórias de quem guarda na chuva afeto, fé e alegria Numa terra que carece de água, chuva é bom presságio, é terra molhada, é Caatinga verde, é alegria de menino debaixo de bica. A chuva é acalanto e, para as bandas de cá, é mais: é parte do que é ser cearense. Gostar do dia branco é identitário. E hoje, nesse 19 que se celebra o padroeiro São José, é desses dias que a esperança sertaneja que se acumula no coração sangra feito açude cheio. "A chuva é sempre benfazeja. No Ceará, é prova da existência e da misericórdia dos deuses. Eu ousaria parafrasear o samba e dizer que no Ceará, quem não gosta de chuva 'é ruim da cabeça ou doente do pé'. A chuva é a esperança de dias melhores", deságua o professor, jornalista, escritor, pesquisador e doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo, Gilmar de Carvalho. Com uma cultura que remete às secas cíclicas, o apreço p…

Dormir para esquecer a fome

Imagem
Série de reportagens da Agência Pública retrata uma violência antiga contra mulheres brasileiras. A fome é descrita por algumas mães como uma dor física que atinge o estômago como um soco.
Por Elvira Lobato 
Agência Pública
A fome dá sono. A fome deixa traumas nas vítimas para o resto da vida. E, em muitas famílias pobres da periferia do Rio de Janeiro, a fome atravessa gerações.
A fome é descrita por algumas mães como uma dor física que atinge o estômago como um soco. Para outras, ela é acompanhada de um sofrimento emocional imensurável quando não conseguem alimentar adequadamente os filhos pequenos ou têm de enganá-los com alguma coisa que não seja comida de verdade. Quando o alimento é insuficiente em casa, a mãe deixa de comer para alimentar os pequenos.

Essas histórias das mulheres chefes de família para alimentar e criar os filhos estão a apenas 80 quilômetros do centro do Rio de Janeiro, no segundo estado mais rico do país, no município de Japeri, onde há bolsões de pobreza e de f…

'A ciência não mata Deus', diz físico brasileiro Marcelo Gleiser

Imagem
'O ateísmo é uma crença na não-crença. Então você nega categoricamente algo contra o qual você não tem provas', afirma. Para Gleiser, que cresceu na comunidade judaica do Rio de Janeiro, a religião não é apenas a crença em Deus: dá um senso de identidade e comunidade. Foto (Pixabay) O prêmio Templeton, que recompensa a cada ano uma personalidade que explora "a dimensão espiritual da vida", foi concedido nesta terça-feira (19) ao físico teórico brasileiro Marcelo Gleiser, que se esforça para demonstrar que ciência e religião não são inimigas.
O professor de Física e Astronomia, especializado em Cosmologia, nascido no Rio de Janeiro há 60 anos e que mora desde 1986 nos Estados Unidos, não acredita em Deus. Ele é agnóstico.
"O ateísmo é inconsistente com o método científico", afirmou Gleiser à AFP na segunda-feira no Dartmouth College da Universidade de New Hampshire, onde é professor desde 1991.
"O ateísmo é uma crença na não-crença. Então você nega cate…

Mais Visitadas

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Deus eleva os humildes

VIVENDO E APRENDENDO

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599