Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 23, 2018

Não fui amado(a), mas posso dar uma resposta diferente

Canção Nova| Abr 23, 2018 Petrenko Andriy | Shutterstock Amar é, antes de tudo, um ato de vontade
Vivemos num mundo globalizado onde os valores foram deturpados e esquecidos, então, torna-se preciso resgatar a essência da vida e contemplar no irmão o belo, o positivo de sua história, em suma é preciso resgatar o AMOR que há na sua essência e que, devido os dessabores diários e as situações errôneas que foram vividas no decorrer da vida, contribuíram para esvaziar o ser humano daquilo que ele traz de sagrado e que é dádiva de Deus: o amor puro e verdadeiro pelas coisas simples e belas da vida.
Por vezes nos deparamos com pessoas de difícil convivência, as quais não sabem externar o que, de fato, são. Vivem com máscaras diversas, como se estivessem a todo momento em um palco de teatro , vivem seu “auge” no momento da representação e, ao tirar as máscaras, voltam ao seu mundo fechado, onde o outro é apenas uma simples peça deste quebra cabeça que é a nossa vida, e não uma das peças funda…

SUPERSÉRIE: "Onde Nascem os fortes" estreia hoje e apresenta sertão denso

O sertão entrou no rol de produções globais. Duas Irmãs, Amores Roubados e Velho Chico são exemplos de recentes investimentos da emissora que utilizam os cenários e paisagens como fonte de desenvolvimento das histórias. E ele aparece não apenas como lugar, mas quase como um personagem, da chamada supersérie que estreia na noite de hoje: Onde Nascem Os Fortes. Ambientada em uma cidade nomeada “Sertão” e tendo 2018 como tempo de ocorrência, a produção televisiva mostra a busca de Maria (Alice Wegmann) e Cássia (Patrícia Pillar) após o sumiço de Nonato (Marco Pigossi), irmão de Maria e filho de Cássia. Julio Cesar Fernandes - especialista em televisão - explica que o uso do sertão como estilo de narrativa e cenário é um recurso “bem-vindo” e, cada vez mais, deve ser explorado. “Afinal, o sertão faz parte do Brasil e tem histórias e personagens a serem explorados de várias maneiras, em vários estilos narrativos diferentes. Não apenas romance, mas também suspense, drama, comédia”, pontua …

Capela Sistina rumo à modernidade com concerto transmitido pela web

Arcebispo de Westminster colaborou para que o compositor escocês contemporâneo James MacMillan apresentasse sua obra no Vaticano. "Stabat mater", do compositor escocês contemporâneo James MacMillan, interpretada pelo coro The Sixteen e a orquestra de cordas Britten Sinfonia, sob a batuta de Harry Christophers, em 22 de abril de 2018 na Capela Sistina, no Vaticano (AFP)
A Capela Sistina, obra-prima da Renascença, avançou para a modernidade nesse domingo (22) com seu primeiro concerto transmitido ao vivo pela internet, o "Stabat Mater", do compositor escocês contemporâneo James MacMillan.
Os mais célebres compositores clássicos, como Vivaldi, Rossini e Dovrák musicaram este poema do século XIII sobre a dor de Maria aos pés da cruz e o desejo dos fiéis de compartilhar este sofrimento.
O "Stabat Mater" de MacMillan, um compositor de 58 anos, autor de várias peças de música sacra, foi encomendada pela Fundação Gênesis, que trabalha desde 2001 para apoiar joven…

Mostra no Rio leva público a participar de experiência com tecnologia

O visitante da exposição Disruptiva - A arte eletrônica na época disruptiva não vai ficar apenas na contemplação das obras. Se quiser, pode participar de uma experiência que usa a tecnologia para propor novas sensações. Em muitos espaços culturais, o visitante é obrigado a manter distância, mas neste caso, vai poder tocar, balançar, deitar e interagir com as obras. Mas, se não quiser, pode apenas acompanhar os movimentos de quem esteja buscando uma participação diferente. Exposição Disruptiva - A arte eletrônica na época disruptiva leva centenas de pessoas ao CCBB, no (Tomaz Silva/Agência Brasil) A exposição gratuita está instalada no térreo e no 1º andar do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no centro do Rio de Janeiro. Reúne mais de 120 obras de 85 artistas de 29 países, entre eles, Alemanha, Estados Unidos, Espanha, Polônia, Reino Unido, Argentina, Japão, Irã, Uruguai, e México. Celina Portella levou para a mostra a obra Vídeo-Boleba, que provoca os visitantes com bolinhas de…

Vacinação contra a gripe começa hoje em todo o país

Começa hoje (23) a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Até o dia 1º de junho, devem ser imunizados idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional. Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem receber a dose. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos de saúde em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

Profissionais de Saúde são vacinados contra a gripe H1N1 no Hospital das Clínicas (Rovena Rosa/Arquivo Agência Brasil) Dia D O chamado Dia D de mobilização nacional deve ocorrer em 12 de maio. A previsão é de que nessa d…