Postagens

Mostrando postagens de Março 12, 2020

Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

O respeito é tudo

Imagem
Jornal do BrasilLEONARDO BOFF+A-AImprimir Uma das chagas mais sofridas no mundo e também entre nós é seguramente a falta de respeito.  O respeito exige, em primeiro lugar, reconhecer o outro como outro, diferente de nós. Respeitá-lo significa dizer que ele tem direito de existir e de ser aceito assim como é. Essa atitude não convive com a intolerância que expressa a rejeição do outro e de seu modo de ser.  Assim um homoafetivo ou alguém de outra condição sexual como os da LGBT não devem ser discriminados, mas respeitados, primeiramente, por serem pessoas humanas, portadoras de algo sagrado e intocável: uma dignidade intrínseca a todo ser com inteligência, sentimento e amorosidade; em seguida, garantir-lhe o direito de ser como é e de viver sua condição sexual, racial ou religiosa.  Com acerto, disseram os bispos do mundo inteiro reunidos em Roma, no Concílio Vaticano II (1962-1965) em um dos mas belos documentos “Alegria e Esperança”(Gaudium et Spes):”Cada um respeite o próximo como “…

Escritor obidense conquista primeiro lugar em prêmio nacional de literatura 2020

Imagem
O autor foi um dos premiados na categoria 'Conto'. A história de ficção 'Terra Anfíbia' retrata o cenário do Lago Grande de Óbidos. Por Kamila Andrade, G1 Santarém — PA Escritor natural de Óbidos, no oeste do Pará, conquistou o primeiro lugar no "Prêmio Off Flip de Literatura 2020". Romualdo de Andrade venceu na categoria "Conto", com a história de ficção "Terra Anfíbia" que tem como cenário o Lago Grande, região entre os municípios de Óbidos e Juruti. No conto, o autor destacou um personagem que era escritor e buscava inspiração para começar a escrever, se refugiava em uma casa onde cresceu, no Lago Grande, e vivia em companhia do seu cachorro. O escritor tentava formar a criação textual em uma manhã, onde começou a descrever entre as linhas do papel momentos da infância passada naquele local e tentou reconstruir a epopeia dos portugueses na época da Cabanagem que procuraram refúgio no coração da Amazônia. O obidense mora atualmente em J…

O casarão da loba

Imagem
Ficou uma beleza a casa que o artista Beleza entalhou numa prancha de jaqueira Loba capitolina amamentou Rômulo e Remo (Jastrow/ Wikimedia)
Afonso Barroso*
— Pai, eu vi uma cachorrona dando de mamar a dois meninos.
Esse garoto tá ficando doido, pensou o pai Beleza, cujo apelido fora extraído da própria feiura. Pardo sarará, cabelos espessos jamais lavados, nariz chato e rosto redondo, era mesmo feio o Beleza. Mas, como a feiura costuma vir acompanhada de alguma boa qualidade, Beleza tinha uma qualidade de fazer inveja: exímio entalhador, era conhecido entre os artesãos de BH como o “formão de ouro”. Aos domingos, bem de madrugada, metia um punhado de peças dentro do velho Fiat Uno e saía com o filho do barracão onde moravam, na Rua do Turvo, entrada da Pedreira Prado Lopes, para vender sua arte na feira da Avenida Afonso Pena.
O pequeno Oró ajudava-o, e muito. Menino esperto. Tinha só oito anos, mas era ele que visitava as oficinas de marceneiros da Rua Itapecerica, onde comprava ou ga…

Custódia da Terra Santa irá disponibilizar livros antigos na internet

Imagem
Volumes guardados por séculos na Biblioteca da Custódia da Terra Santa estão sendo digitalizados para serem publicados na internetDa redação, com Christian Media Center Serão necessárias mais de 250 mil fotos para digitalizar todo o material / Foto: Nadim Asfour / CTS – CMC Mais de mil volumes antigos que se encontram na Biblioteca Geral da Custódia da Terra Santa, em Jerusalém, estão sendo digitalizados e serão disponibilizados na internet. O objetivo é garantir o futuro de obras guardadas por séculos, algumas são do século XII, escritos à mão ou produzidos com a técnica da imprensa em caracteres móveis. O trabalho consiste em folhear página por página de cada livro e fotografá-la. “Eis alguns dos livros antigos, códigos e manuscritos que pretendemos digitalizar. Haja vista a condição em que se encontram, precisamos fazer isso antes que fiquem completamente destruídos em decorrência do tempo e do uso”, explica o diretor da Biblioteca Geral Custódia da Terra Santa, Fr. Lionel Goh, of…