Postagens

Mostrando postagens de Junho 30, 2016

O JORNALISMO ESTÁ VIVO E BRILHA

Imagem
ARTIGOS 29 DE JUNHO DE 2016 Mídia comercial e mídias comunitárias e populares trataram a questão do impeachment de Dilma Rousseff de formas distintas. Por Elaine Tavares Antes de qualquer coisa vamos estabelecer um consenso sobre os conceitos. O que é a mídia comercial e o que são as mídias comunitárias, populares e os ativistas digitais. Bom, a mídia comercial reúne os grandes meios de comunicação, empresas privadas que usam o espaço público – com as TVs e Rádios – e empresas privadas que atuam no espaço privado: os jornalões dos grandes centros e os jornais médios e pequenos dos municípios menores. A mídia comunitária e popular é composta por um conjunto bem diverso de meios. Espaços privados de gente que tem uma posição política mais avançada e que organiza blogs e páginas pessoais, espaços públicos comunitários – o caso das rádios e TVs comunitárias – espaços sindicais e do movimento social, espaços de grupos organizados de produção de informação, espaços no éter de pessoas físicas…

BRAGA: CATÓLICOS PEDEM AO PAPA QUE PROCLAME SÃO JOÃO GUALBERTO «PADROEIRO» DO PARQUE PENEDA-GERÊS

Imagem
Agência Ecclesia 30 de Junho de 2016, às 10:49 Foto: Santuário de São Bento da Porta Aberta Iniciativa promovida pela Irmandade de São Bento da Porta Aberta
Terras de Bouro, Braga, 30 jun 2016 (Ecclesia) – A Irmandade de São Bento da Porta Aberta, na Arquidiocese de Braga, já tem “centenas” de assinaturas na petição que vai pedir ao Papa que São João Gualberto seja proclamado “padroeiro celeste” do Parque Nacional da Peneda-Gerês.
Em entrevista à Agência ECCLESIA, o mesário da irmandade explicou que a ideia da petição surgiu no contexto dos 50 anos da proclamação de São Bento padroeiro da Europa e pelos 400 anos do santuário a ele dedicado em Rio Caldo, Terras de Bouro.
“Trabalhou-se muito o património legado por São Bento e chegamos à conclusão que entre os filhos espirituais havia um homem, que em Portugal não é muito conhecido, mas que marcou o seu tempo”, disse Carlos Aguiar Gomes sobre São João Gualberto.
O monge italiano fundou a Congregação Beneditina Valombrosana e foi procla…

INFLUÊNCIA POLÍTICA DO FACEBOOK É ANALISADA

Imagem
domtotal.com Quando amigos foram marcados em lembretes de votação, o comparecimento aumentou. O Face está se esforçando para mostrar neutralidade.
Por Yasmeen Abutaleb

Com a campanha presidencial dos Estados Unidos se acelerando, o Facebook está se esforçando para mostrar neutralidade - um assunto cada vez mais urgente para a rede social, uma vez que evidências sobre seu poder continuam a surgir.
Estudos recentes mostraram que a rede social tem uma influência extraordinária. De acordo com pesquisas que devem ser publicadas em agosto, no Journal of Communications, quando pessoas marcaram seus amigos em lembretes de votação do Facebook, o comparecimento aumentou entre 15 e 24 por cento.
Durante as eleições primárias para a Presidência dos EUA este ano, um lembrete que informou as pessoas quando o prazo de registro para votação em seu Estado estava se aproximando e fornecia um link que ajudou a produzir um aumento de quase 650 mil novos registros de votações somente na Califórnia, de aco…

PAPA FALOU SOBRE A VIAGEM À ARMÉNIA. VOLTA EM BREVE AO CÁUCASO

Imagem
O Papa Francisco, na audiência jubilar deste dia 30 de junho, comentou a sua recente viagem à Arménia, “nação que abraçou o cristianismo já no início do século quarto e que ao longo da história testemunhou a sua fé em Cristo, mesmo com o martírio”. O Santo Padre referiu que com esta viagem procurou reforçar a comunhão fraterna para que os cristãos possam ser fermento de uma sociedade mais justa e solidária: "Dou graças a Deus por esta viagem, e estou muito grato ao Presidente da Arménia, ao Catholicos Karekin II, ao Patriarca e aos bispos católicos, e a todo o povo arménio por terem-me acolhido como peregrino de fraternidade e paz.” Entretanto, o Papa Francisco recordou que daqui a três meses irá à Geórgia e ao Azerbaijão, outros dois países situados no Cáucaso: “Acolhi o convite de visitar estes países por dois motivos: por um lado, valorizar as antigas raízes cristãs presentes naquelas terras, sempre com o espírito de diálogo com as outras religiões e culturas, e por outro, in…

CARDEAL DE BOSTON: PROCUREMOS TODOS SER MAIS MISERICORDIOSOS

Imagem
É o apelo que o Cardeal D. Seán Patrick O´Malley lança a propósito do Ano da Misericórdia que a igreja está a viver em todo o mundo. Declarações à Rádio Vaticano em Lisboa após ter recebido do Presidente da República Portuguesa a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique por serviços à comunidade lusa nos Estados Unidos. O cardeal norte-americano diz que a misericórdia tem sido a marca do ministério do Papa, que olha para a misericórdia como “o rosto de Deus e tem que ser rosto da igreja”. Sobre as obras da Misericórdia, o prelado considera que “ têm que ser obras que nascem de um coração convertido, do amor e humildade para com os outros”.

PAPA FRANCISCO: A MISERICÓRDIA NÃO É “ABSTRATA” E SEM OBRAS ESTÁ MORTA

Imagem
O Papa Francisco na audiência jubilar de hoje na Praça de São Pedro. Foto Daniel Ibañez (ACI Prensa) Vaticano, 30 Jun. 16 / 10:50 am (ACI).- Em sua reflexão nesta manhã na audiência jubilar na Praça de São Pedro, o Papa Francisco explicou que "a misericórdia não é uma palavra abstrata, mas um estilo de vida”, já que uma pessoa pode decidir ser misericordiosa ou não, pode decidir se envolver e ajudar os outros ou ser indiferente ante as necessidades do próximo.
O Papa começou sua reflexão afirmando que é necessário fazer um “sério exame de consciência” sobre as obras de misericórdia na vida cotidiana.
“É bom, de fato, não esquecer jamais que a misericórdia não é uma palavra abstrata, mas um estilo de vida. Uma pessoa pode ser misericordiosa ou pode ser não misericordiosa. É um estilo de vida, eu escolho viver como misericordioso ou escolho viver como não misericordioso. Uma coisa é falar de misericórdia, outra é viver a misericórdia”. O Santo Padre explicou que “a misericórdia sem…

MEIO AMBIENTE 30/06/2016 | DOMTOTAL.COM AQUECIMENTO: LONDRES MANTERÁ COMPROMISSO

Imagem
Mas especialistas temem o impacto de sua saída da UE sobre a ação climática europeia.
"Estamos claramente empenhados em agir contra as mudanças climáticas. (...) Isso vai continuar". A Grã-Bretanha prometeu, nessa quarta-feira, manter seus compromissos contra o aquecimento global, apesar do Brexit, mas especialistas temem o impacto de sua saída da UE sobre a ação climática europeia.
"Estamos claramente empenhados em agir contra as mudanças climáticas. (...) Isso vai continuar", assegurou a secretária de Estado britânica para Energia e Mudanças Climáticas, em uma audiência de CEOs e responsáveis pelo clima reunidos em Londres na terça e quarta-feira para um "Business and Climate Summit".
"A decisão da semana passada (saída britânica da União Europeia) pode tornar o caminho mais difícil", admitiu Amber Rudd. Mas "os nossos esforços foram essenciais para alcançar este acordo histórico (de Paris). O Reino Unido não vai desistir desse papel de …

RÁDIO VATICANO - PROGRAMA BRASILEIRO

Imagem

MARGUERITE

Imagem
Título original: Marguerite Nos anos 1920, a rica Marguerite Dumont (Catherine Frot) está convencida de que tem uma belíssima voz, e organiza vários concertos privados em sua mansão. Ela é muito apreciada pela generosidade e pelas belas festas, mas ninguém tem coragem de dizer que Marguerite canta incrivelmente mal. Um dia, a artista decide se apresentar em público. O marido teme a reação negativa, mas ela contrata um professor e se prepara para a apresentação de sua vida. País: França, República tcheca, Bélgica Ano: 2016 Gênero: Drama Classificação: 14 Direção: Xavier Giannoli Elenco: Catherine Frot, André Marcon, Michel Fau Duração: 2h 09 min.

A RECONSTITUIÇÃO DE UM PERÍODO HISTÓRICO NO BRASIL EM “TRAGO COMIGO”

Imagem
Por Charles Mascarenhas No filme Trago Comigo, Telmo Marinikov (Carlos Alberto Riccelli), um diretor de teatro, e outras pessoas que militaram contra o período da ditadura militar são convidados agora no século XXI à darem uma entrevista sobre suas participações políticas naquela época. Telmo não consegue lembrar-se muito bem do que aconteceu nos meses em que ficou preso e clandestino.
Quando questionado sobre uma pessoa chamada Lia, sua memória reascende e ele resolve investigar seu passado. É dessa forma que, ao tentar montar uma peça de teatro com os fragmentos relembrados, Telmo vai sentindo quão doloroso foi o período que viveu na ditadura, razão que o levou a forçar o esquecimento e junto com isso um grande amor.
Nesse filme da diretora Tata Amaral, que dirigiu o longa Hoje (2011), traz à tona as questões da ditadura militar. O diretor de teatro, Telmo, conduz os atores em cena com o intuito de mostrá-los o que era viver sob um governo opressor e para que eles pudessem encarnar …

Mais Visitadas

Reitoria da UECE apoia manifestações em defesa da educação brasileira e das universidades públicas

Morre atriz Doris Day, a namoradinha da América

Maureen Bisilliat se reencontra com o seu sertão e o de Euclides da Cunha na Flip

Paraty e Ilha Grande vão se tornar patrimônio da humanidade

Biblioteca Itinerante visita escolas e CMEIs com “Literatura e Cinema”