Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 10, 2018

Em novo livro, filósofo francês Frédéric Gros atualiza as bases do pensamento anarquista ao defender a desobediência como valor democrático

A tese é controversa: diante da autoridade constituída, é preciso desobedecer. Eis a ideia-síntese do novo livro de Frédéric Gros. Filósofo francês e professor do Institut d'études Politiques de Paris, o pesquisador inverte os polos do debate sobre a crise nas democracias modernas, sugerindo que a obediência está na raiz dos impasses da contemporaneidade. Em Desobedecer, ensaio recém-publicado pela editora Ubu, herdeira do espólio da Cosac Naify, o pesquisador situa a obediência como "antiutopista", "pragmática", "responsável", "antipassional" e "compromissada". Para o francês, diante do agravamento das desigualdades de renda global, esgotamento ambiental e recrudescimento da intolerância, a obediência se matiza, dividindo-se em submissão, subordinação, conformismo e consentimento - todas igualmente maléficas. De partida, o autor interroga: "Por que é tão fácil chegar a um acordo sobre o desespero da ordem atual do mundo, mas…

Os 50 anos de som, fúria e histórias

Livro conta histórias que envolvem a produção e gravação de seus 15 álbuns recuperadas pela jornalista, cantora e compositora Chris Fuscaldo. A publicação é bilíngue e não mira apenas no público brasileiro do trio. (Reprodução)
Nos 50 anos da eletrizante estreia fonográfica dos Mutantes, título incontornável quando se publicam listas dos melhores discos de todos os tempos, os fãs da banda ganham Discobiografia Mutante - Álbuns que Revolucionaram a Música Brasileira (Garota FM Books), com histórias que envolvem a produção e gravação de seus 15 álbuns recuperadas pela jornalista, cantora e compositora Chris Fuscaldo. A publicação é bilíngue e não mira apenas no público brasileiro do trio.

Viabilizado por uma campanha de financiamento coletivo que contou com colaboradores daqui e de países como Escócia, Espanha França, Peru e Los Angeles, o livro conta, por exemplo, como foram escolhidas as imagens das capas - na foto do inaugural Os Mutantes, Rita Lee está envolta numa toalha de mesa com…

Obras de contenção no Museu Nacional devem começar hoje

Uma semana depois do incêndio que atingiu o Museu Nacional do Rio de Janeiro, na Quinta da Boa Vista, o prédio deverá ser cercado de tapumes para dar início às obras de contenção e procedimentos para manter a estrutura segura. Amanhã (11), são esperados os técnicos da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) que vão auxiliar nos trabalhos. Vista aérea do Museu Nacional do Rio de Janeiro. Prédio e acervo foram destruídos por incêndio   (Ricardo Moraes/Reuters/Direitos Reservados) As informações foram confirmadas pela vice-diretora do museu, Cristiana Serejo. O reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Leher, disse que a Unesco ofereceu especialistas que já trabalharam em tsunamis e outros desastres para ajudar na remoção dos escombros. Na semana passada, autoridades federais confirmaram a colaboração do organismo internacional. Com a colocação dos tapumes, começam as obras de contenção e outros procedimentos para manter a est…