Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 24, 2019

Novos acadêmicos tomam posse na Academia Fortalezense de Letras

A noite de terça-feira (23) foi especial para quatro acadêmicos que tomaram posse na Academia Fortalezense de Letras. Angélica Sampaio assumiu a cadeira nº 04, que tem Barão de Studart como Patrono; Elinalva Oliveira a de nº 02, que tem Alberto Nepomuceno com Patrono. Já Grecianny Cordeiro e Júnior Bonfim assumiram, respectivamente, as cadeiras nº 39 e 12, que tem Senador Pompeu e Filgueiras Lima como patronos. Celma Prata recepcionou os novos acadêmicos recitando a poesia “A Fortaleza”, de autoria de Paulo Nei, um dos patronos da Academia.Segundo ela, o poema “lembra a essência do fortalezense e seu amor pela cidade” no mês em que a capital cearense completa 293 anos.“Mas não são apenas os nativos e residentes da aniversariante Fortaleza que estão em festa neste mês de abril. A Academia que representa as Letras da nossa cidade também está celebrando a chegada de quatro estrelas de primeiríssima grandeza“, complementou. Júnior Bonfim, por sua vez, foi o responsável por agradecer em nom…

José Francisco Botelho é o grande vencedor do Prêmio Açorianos de Literatura

"Cavalos de Cronos" foi escolhido o Livro do Ano em cerimônia na noite desta terça-feira Os livros que mais se destacaram em 2018 foram reconhecidos nesta terça-feira, durante o 25º Prêmio Açorianos de Literatura de 2018. José Francisco Botelho foi o grande vencedor da noite, levando os troféus de Livro do Ano e de destaque na categoria Conto pelo livro Cavalos de Cronos (Editora Zouk). A cerimônia foi realizada no Teatro Renascença, pela Secretaria Municipal da Cultura, por meio da Coordenação da Literatura e Humanidades. Também foram concedidos prêmios especiais pelo conjunto da obra e pela relevância do trabalho cultural aos seguintes escritores: Armindo Trevisan, Carlos Nejar, Donaldo Schüler, Fernando Lucchese, Maria da Glória Bordini e Sergio da Costa Franco.  Confira os indicados e vencedores (em negritude) em cada categoria: Infantil Agora Pode Chover – Celso Sisto – Melhoramentos
Natalino – Eliandro Rocha  - Editora Escrita Fina
Pra que Serve um Dedo – Paula Taitelbau…

David Coimbra e Juremir Machado são reconhecidos no Açorianos de Literatura

'Cavalos de Cronos', de José Francisco Botelho, foi o grande vencedor da premiação
Cerimônia aconteceu nesta terça-feira, 23 - Eduardo Beleske/PMPA O 25º Prêmio Açorianos de Literatura consagrou, na noite desta terça-feira, 23, José Francisco Botelho como o grande vencedor, levando os troféus de Livro do Ano e de destaque na categoria Conto pela obra 'Cavalos de Cronos'. Em Ensaio de Literatura e Humanidades, o cronista do Correio do PovoJuremir Machado da Silva foi o vencedor com 'Raízes do Conservadorismo Brasileiro'. Na Categoria Especial, o melhor livro foi 'Hoje Eu Venci o Câncer', de David Coimbra. Na categoria Infantil, deu 'Agora Pode Chover', de Celso Sisto; e na Infantojuvenil, 'Horas Mortas', de Antonio Schimeneck. Em Poema, venceu 'Spoilers', de Diego Grando; em Crônica, 'Caixa de guardar vontades', de Emir Rossoni, conquistou o troféu; na Narrativa Longa, 'De espaços abandonados', de Luisa Geisler, foi…

Concurso de Literatura Juvenil Ferreira de Castro está com inscrições abertas

Ariel Lima 38a edição do Premio Nacional de Literatura Juvenil Ferreira de Castro(Imagem: Divulgação) A Associação do Prêmio Nacional de Literatura Ferreira de Castro (APNLFC), promove nesse ano sua 38ª edição, que tem por um dos seus objetivos realizar ações que estimule a atividade literária dos jovens portugueses residentes em Portugal Continental, em países estrangeiros,  assim como de países de língua oficial portuguesa. O concurso é uma homenagem ao escritor José Maria Ferreira de Castro, natural de Portugal. APNLFC tem caráter literário ,pedagógico e cultural, e faz parte de um agrupamento de escolas Ferreira de Castro O prêmio é dividido em dois escalões, “A”, dos doze aos quinze anos de idade e “B”, dos dezesseis aos vinte e cinco anos. Os trabalhos que serão enviados deverão ser originais e não poderão ter participado de concursos ou quaisquer eventos do tipo. O tema dos textos será livre dentro dos gêneros, conto e relato de viagem, os candidatos poderão apresentar um núme…

Em momento preocupante, OMS recomenda menos telas e mais exercícios às crianças

Segundo a agência de saúde, as recomendações podem ser aplicadas a todas as crianças, independentemente do sexo, do ambiente cultural, ou de seu status socioeconômico. Crianças egípcias (AFP)
A Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou, nesta quarta-feira (24), seus primeiros conselhos sobre a atividade física para as crianças menores de 5 anos e pediu que elas passem menos tempo diante das telas, e mais se exercitando.
Essas recomendações podem parecer puro senso comum para as famílias, mas têm provocado polêmica, com alguns especialistas criticando a agência da ONU por formulá-las com base em testes insuficientes e adotando conceitos simplistas como "tempo de tela sedentário".
A OMS estima, no entanto, que essas instruções "preenchem uma lacuna" no esforço global para promover uma vida saudável, uma vez que esta faixa etária não foi levada em conta nas recomendações fixadas pela OMS em 2010.
Em um momento em que a obesidade representa uma ameaça crescente para …