Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 20, 2019

Jovem escritora de Pentecoste lança livro como combate ao abuso sexual infantil

Livro infantil “Tom, Elis e Chico” será lançado na Bienal nesta quarta-feira (21)
Com o intuito de prevenir e combater o abuso sexual infantil, a jovem escritora de Pentecoste (CE), Mônica Mota, 22, lança o livro "Tom, Elis e Chico” no próximo dia 21, às 16h, durante a Bienal Internacional do Livro, no Centro de Eventos do Ceará. Lançada pela editora Brasil Tropical, a obra narra a história de três macaquinhos irmãos que, após sofrerem abuso sexual, perdem toda a magia e a alegria da infância. Vítima de abuso sexual na infância, Mônica Mota usa a publicação para alertar a respeito da temática aos pais, crianças e educadores. A jovem é conhecida por ser a idealizadora da campanha “Todo Dia é 18 de maio” que tem como objetivo combater o abuso sexual infantil. "A publicação visa sensibilizar, mobilizar e conscientizar sobre essa causa. Desde 2014, me dedico a desenvolver ações que possam a ajudar a combater e prevenir o abuso sexual infantil”, explica a autora. Mônica Mota vem…

Grupo de pesquisa GPLEER presente na Bienal Internacional do Livro do Ceará

O Grupo de Pesquisa Literatura: estudo, ensino e (re)leitura do mundo (GPLEER/Uece), coordenado pela professora Cleudene Aragão, está presente em diversos momentos da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará. O GPLEER tem como objetivo geral fomentar a leitura e estimular a leitura literária como prática educacional, cultural, social e inclusiva. Por meio de encontros de estudos teóricos e na execução de várias tarefas de pesquisa, o grupo promove uma discussão sobre o papel da literatura na formação do professor. O grupo participa da Bienal desde o último sábado, dia 17, e segue com programação até 25 de agosto: UECE

Instituto Myra Eliane e UFC reeditam livro de Raimundo Girão

Lançamento ocorreu na tarde de ontem (19), em comemoração aos 66 anos da obra publicada originalmente em 1953
Do descobrimento ao progresso social, político, econômico e cultural do Estado. Fatos e memórias novamente contados na 5ª edição do livro "Pequena História do Ceará", que foi lançada na tarde de ontem (19), em comemoração aos 66 anos da obra publicada originalmente em 1953, pelo historiador Raimundo Girão. A reedição é uma iniciativa do Instituto Myra Eliane (IME), em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC), que sediou o evento no gabinete do reitor Henry Campos. Em 299 páginas, o livro compreende nove partes que agrupam 35 capítulos: Primórdios da Colonização; A Formação Étnica e Social; A Formação Econômica; A Formação Político-Administrativa; Política Cearense no Império e na Regência; A Política Cearense no Segundo Reinado; A Política Cearense na República; A Formação Espiritual; e Evolução e Desenvolvimento do Ceará Atual. A reedição da obra é result…

Cordelteca da Unifor é inaugurada com catalogação inédita no País

O equipamento será oficialmente aberto nesta terça-feira (20) e confere aos folhetos a mesma importância de outras obras da literatura
Reconhecida, no ano passado, como patrimônio imaterial do Brasil, a literatura de cordel recebe um espaço exclusivo na Biblioteca Central da Universidade de Fortaleza (Unifor) para armazenamento e catalogação de títulos desse gênero. A instituição de ensino é a primeira a inaugurar uma Cordelteca na Capital. O lançamento do espaço ocorre na manhã desta terça-feira (20), no auditório da biblioteca da Universidade. O evento integra a programação especial da Unifor para a Bienal Internacional do Livro do Ceará, que ocorre entre os dias 16 e 25 de agosto no Centro de Eventos. A Cordelteca Unifor recebe o nome da poeta Maria das Neves Baptista Pimentel, a primeira mulher a publicar no Brasil um folheto do gênero, em 1938. O espaço também é o primeiro do País a catalogar os títulos com a mesma deferência de qualquer outra obra literária, preservando informa…

Bienal do Livro do Ceará: confira programação de hoje, terça, 20 de agosto

A programação da Bienal do Livro do Ceará de hoje, terça-feira, 20 de agosto (20/08), conta com mais de 60 escritores convidados, além de mesas, lançamentos, feira de livros e outras atividades A XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará continua hojeterça, 20 de agosto (20/08), com programação literária gratuita ao longo de todo o dia. Com mais de 60 escritores convidados, o evento realiza mesas, lançamentos, feita de livros e outras atividades. Confira programação da Bienal do Livro do Ceará desta terça-feira, 20. As Cidades o os Livros 16h Mesa “O Que Os Livros Cantam” Convidados: Antônio Torres (RJ) e José Inácio Vieira de Melo(BA) Mediação: Ana Karla Dubiela (CE) Onde: Terreiro Em Sonho – Térreo 18h Mesa “Devaneios: A Aldeia e a Cidade” Kaká Werá (SP) Mediação: Regina Machado (SP) Onde: Terreiro Em Sonho – Térreo 20h Mesa “Violência e Vertigem” Conversas: Demitri Tulio (CE) e Daniel Munduruku (SP) Mediação: Regina Machado(CE) Onde: Terreiro Em Sonho – Térreo Festival de Ilustração do Ceará 09…