Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 6, 2016

120 anos da guerra. As raízes cearenses de Canudos, 120 anos depois do início da guerra

Há 120 anos, acontecia o estopim para um dos conflitos mais sangrentos da história brasileira. A Guerra de Canudos tem suas raízes fincadas em Quixeramobim, cidade natal do beato e líder Antônio Conselheiro
Foi promessa e necessidade. A igreja maior, nunca concluída, abrigaria a multidão de fiéis que passava de 20 mil, em Belo Monte. A madeira paga e encomendada em Juazeiro da Bahia não chegou ao destino, e o ajuntamento para ir buscá-la fez correr como pólvora o falatório: os conselheiristas iriam invadir Juazeiro. Ou nem iam, mas, até que se explicasse, já havia sido pedida a presença da tropa militar. O embate em Uauá, num dia 7 de um décimo primeiro mês, há 120 anos, inaugurou a guerra, a de Canudos, e principiou a resistência sertaneja sobreposta pelo massacre. Foi o estopim, mas não foi motivo único. O desenrolar das birras de Igreja, coronelismo e Estado com Antônio Conselheiro, o beato dito louco, já contava mais de um par de décadas. E as raízes se fincam 700 km distantes do a…

Valter Hugo Mãe fala sobre arte e morte na Feira do Livro de Porto Alegre

Um dos bate-papos mais concorridos desta edição da Feira do Livro de Porto Alegre ocorreu neste domingo, no Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo. Acomodando mais de uma centena de ouvintes, o Auditório Barbosa Lessa pareceu pequeno para os leitores ávidos por ouvir o escritor português Valter Hugo Mãe falar de seu sétimo romance, Homens imprudentemente poéticos.  Com o espaço lotado, dezenas de pessoas precisaram se aglomerar na Tenda de Pasárgada, na Praça da Alfândega, para acompanhar a transmissão do encontro ao vivo por um telão. O autor foi apresentado pelos escritores Luiz Paulo Faccioli e Cíntia Moscovich, também patrona da 62ª edição da Feira.
– Hugo Mãe já tem ares de superstar em Porto Alegre. Temos que levá-lo a se apresentar no Gigantinho da próxima vez – brincou Faccioli. O novo livro de Hugo Mãe se passa no Japão antigo, em uma pequena aldeia localizada ao lado de uma floresta, para a qual homens se encaminham ao suicídio. – Há no Japão uma maturação da consciência humana…

Como se preparar para a maior Superlua em quase 70 anos

Daqui a alguns dias, a Lua estará mais perto de nós do que o comum. Na verdade, ela não se mostra tão atrevida há algumas décadas. Na véspera do próximo dia 14, será possível observar a maior Superlua em quase 70 anos. saiba maisSuperlua e eclipse total ocorrem ao mesmo tempo na noite deste domingoSuperlua ocorrerá na noite deste domingo; saiba o que é o fenômeno Mas do que se trata o fenômeno? De acordo com a astrônoma britânica Heather Couper, as superluas são resultado de uma "casualidade". "A Lua gira ao redor de uma órbita elíptica, e se a Lua Cheia coincide com o ponto do trajeto onde está mais próximo da Terra, ela pode parecer absolutamente enorme", afirma. Essa coincidência ocorrerá novamente no dia 14 de novembro e o fenômeno deve ser extraordinário por causa da proximidade: nesta data a Lua se encontrará a 48,2 mil quilômetros mais próxima da Terra do que quando esteve recentemente no seu apogeu - que é o ponto mais distante da órbita. O satélite não che…

Paraense de 12 anos é selecionada para a Escola Bolshoi no Brasil

Uma jovem paraense de 12 anos foi selecionada para estudar na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, que fica em Joinvile, Santa Catarina. Ana Clara Costa Azevedo concorreu com mais de 2.500 crianças e jovens de todo Brasil, que se inscreveram nas pré-seleções. Desse total, apenas 48 foram aprovados para estudar na unidade de Joinvile. O talento de Ana Clara Costa Azevedo a levou a conseguir uma bolsa em uma companhia em Belém e se preparar para o teste, que foi realizado em julho deste ano. A Escola na região sul é a única extensão estrangeira do Bolshoi de Moscou, uma das principais companhias de balé e ópera do mundo. Sonho de bailarina Tudo começou no bairro da Sacramenta, em Belém, quando Ana Clara começou a dar os primeiros passos de balé. “Estou muito feliz por essa experiência que vou passar. Comecei no balé aos oito anos, dentro do projeto do Pro Paz e agora vou para o Bolshoi. Estou muito feliz”, conta Ana Clara, que decidiu ser bailarina quando viu uma apresentação de balé e ach…

Redação do Enem 2016 fala sobre intolerância religiosa no Brasil

Tema da prova de redação foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) no início da tarde deste domingo (6).Por Ana Carolina Moreno, G1
O tema da redação do Enem 2016 é "Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”. Ele foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) no início da tarde deste domingo (6). Professoras ouvidas peloG1afirmam que o tema provavelmente foi trabalhado nas aulas e, portanto,não chega a ser uma surpresa. O que você achou? Vote e escolha o melhor entre os seis temas mais recentes O Inep usou seus perfis oficiais no Twitter e no Facebook para divulgar o tema da redação. Nas mesmas redes sociais, internautas se dividiram entre elogios ao assunto e o apontamento da polêmica que ele pode criar entre os adeptos de diferentes credos. Andrea Ramal, colunista do G1, disse que o tema foi pertinente e muito bem escolhido, porém, exige uma proposta de intervenção social diferente que não est…