Postagens

Mostrando postagens de Abril 16, 2016

ÉDIPO

Imagem
Grecianny Carvalho Cordeiro* Édipo era filho de Laio, rei de Tebas, e de Jocasta. O casal, por um longo período de tempo, não conseguia ter filhos. Como era de praxe, um oráculo foi consultado e este dizia que a criança que viria a nascer mataria o próprio pai e ainda tomaria a própria mãe como esposa. O casal real finalmente teve um filho e, com medo de que o oráculo estivesse certo, logo que a criança nasceu, Laio mandou que os criados a abandonasse nas montanhas, amarrada pelos pés, de modo a que fosse devorada por animais. Salvo por pastores, o menino foi levado para a cidade vizinha de Corinto, e como o casal real também não tinham filhos, adotaram o menino, o qual recebeu o nome de Édipo, criando-o com todas as regalias de um príncipe herdeiro. Muito tempo depois, consultando o oráculo de Delfos, a fim de saber sobre o seu futuro, Édipo tomou conhecimento da mesma profecia que um dia Laio soubera. E para evitar a tragédia, Édipo fugiu de Corinto, pois acreditava que seus pais e…

SONETO: O VASO NOVO

Imagem
Marcus Fernandes*
Hoje amados irmãos, quebrei o vaso velho da minha vida atribulada. Entrei numa legião abençoada, Não estou nesta luta aqui por acaso!
Entreguei meu espírito ao meu Senhor Jesus/Rei que é quem vai me salvar Eu, pecador que não vai mais pecar E tudo farei por ELE por amor
Batizei-me na água do Jordão Deixando lá meus tristes pecados Como fez com Jesus o mártir João.
Nasci pra esta vida por santa mão, Fui pelo Espírito Santo iluminado Que espalhou na terra imenso clarão
*Professor, escritor, músico e membro da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza

COIMBRA: CONFRARIA CELEBRA 500 ANOS DA BEATIFICAÇÃO DA RAINHA SANTA ISABEL

Imagem
Agência Ecclesia 15 de Abril de 2016, às 16:56       
Confraria vai expor a mão de D. Isabel de Aragão para veneração dos fiéis de 1 a 13 de julho. Coimbra, 15 abril 2016 (Ecclesia) – A Confraria da Rainha Santa Isabel celebra hoje os 500 anos da beatificação da sua padroeira com um concerto, no Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, e em julho a “veneranda imagem” vai em procissão para a Sé Nova de Coimbra.
O presidente da confraria informa que a imagem de D. Isabel de Aragão vai ser transportada da igreja de Santa Cruz para a Sé Nova de Coimbra numa procissão jubilar da misericórdia, que vai acolher “todas as instituições de apoio social” da diocese que queiram participar.
A “grande celebração”, explica António Rebelo, por sua no programa ‘ECCLESIA’, começa no primeiro fim de semana de julho com o tríduo preparatório antes do dia da Solenidade na segunda-feira, dia 4.
“Ainda hoje chegam até nós relatos comoventes de pessoas que no seu íntimo acorrem à rainha santa e lhes são concedidas gr…

A IGREJA, MÃE DE VOCAÇÕES

Imagem
domtotal.com Papa busca ajudar comunidades a rezar pelas vocações neste domingo do Tempo Pascal. Nas celebrações, rezemos ao Bom Pastor pelas vocações matrimoniais, religiosas e sacerdotais. Por Dom Adelar Baruffi* O quarto domingo do Tempo Pascal, conhecido como Domingo do Bom Pastor, é o Dia Mundial de Oração pelas Vocações. Este ano é sua 53º edição. Para ajudar nossas comunidades a refletir e rezar pelas vocações, nosso Papa escreveu uma mensagem onde aborda “A Igreja, mãe de vocações”. Quer ressaltar a mediação comunitária de todas as vocações.  O dinamismo vocacional tem sua base humana, no êxodo de si mesmo, para fazer da vida um serviço. Este dinamismo é, sobretudo, um diálogo com Deus, que nos precede com seu amor e nos chama. É um diálogo que passa pelo discernimento e incentivo da comunidade de fé. “A chamada de Deus acontece através da mediação comunitária. Deus chama-nos a fazer parte da Igreja e, depois dum certo amadurecimento nela, dá-nos uma vocação específica. O caminho…

PAPA EXPLICA EM LESBOS PORQUE ESTA É A VIAGEM MAIS TRISTE DE SEU PONTIFICADO

Imagem
Papa Francisco conversa com jornalistas no voo papal a Lesbos. Foto: Marco Mancini / ACI Prensa

Lesbos, 16 Abr. 16 / 10:00 am (ACI).- “Esta é uma viagem marcada pela tristeza”, explicou o Papa Francisco aos jornalistas a bordo do avião rumo à ilha grega de Lesbos, que recebe diariamente centenas de refugiados, principalmente do Oriente Médio.
Em sua saudação à imprensa, o Santo Padre assinalou que esta “é uma viagem pouco diferente das outras. Nas viagens apostólicas, vamos fazer tantas coisas: ver as pessoas, falar... há também a alegria do encontro. Esta é uma viagem marcada pela tristeza, isso é importante”.
“É uma viagem triste”, reiterou Francisco, porque “vamos encontrar a maior catástrofe humanitária após a Segunda Guerra Mundial”.
De acordo com um relatório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) de 15 de abril, em toda a Grécia há 46.450 refugiados para uma capacidade de 30.860.
Na ilha de Lesbos, diz ACNUR, até ontem era contabilizados 4.142 refugia…

DISCURSO DE FRANCISCO: VISITA AO CAMPO DE REFUGIADOS DE MÓRIA, EM LESBOS

Imagem
Papa Francisco durante discurso aos refugiados / Foto: Captura de imagem do Youtube
Lesbos, 16 Abr. 16 / 09:00 am (ACI).- O Papa Francisco, em uma breve viagem neste sábado, 16, à ilha grega de Lesbos, visitou pouco depois do meio dia (hora local) o Campo de Refugiados de Mória. O Pontífice chegou a um micro-ônibus acompanhado pelo Arcebispo de Atenas e de toda a Grécia, Jerónimo, e pelo Patriarca Ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu.
O Santo Padre recordou aos refugiados que “não estão sozinhos” e compartilhou seu desejo de estar com eles, sabendo o quanto sofrem ao se verem obrigados a fugir, buscando construir uma nova vida pelo bem de seus filhos.
A seguir, a íntegra do discurso do Papa:
Queridos irmãos e irmãs!
Desejei vir estar convosco hoje. Quero dizer-vos que não estais sozinhos. Ao longo destes meses e semanas, sofrestes inúmeras tribulações na vossa busca duma vida melhor. Muitos de vós sentiram-se obrigados a escapar de situações de conflito e perseguição, sobretudo po…

PAPA FRANCISCO: LEVA 12 REFUGIADOS DE LESBOS, TRÊS FAMÍLIAS SÍRIAS NO AVIÃO, COM ELE PARA O VATICANO

Imagem
PÚBLICO 16/04/2016 - 09:02 (actualizado às 13:45) No campo de Moria, na ilha grega de Lesbos, o Papa Francisco quis dizer aos refugiados que não estão sozinhos. "Vim aqui para estar convosco e ouvir as vossas histórias, para exigir ao mundo que preste atenção a esta grave crise humanitária e implorar que seja resolvida", explicou.
Visita de Papa Francisco ao campo de Moria, em Lesbos  Com Lampedusa na memória, Lesbos espera ansiosa as palavras do Papa  Berlim exige aos refugiados que aprendam alemão e mostrem que querem integrar-se O Papa Francisco anunciou que vai que vai levar 12 refugiados que estão na ilha de Lesbos para o Vaticano, já no avião de regresso a Itália, seis dos quais menores. São três famílias que estavam no campo de refugiados aberto de Kara Tepe, escolhidas à sorte. Uma delas é dá região de Damasco, e outra de Deir Azzor, de territórios que foram ocupados pela organização terrorista Estado Islâmico, anunciou o Vaticano.
"O Papa quis ter um gesto de …

Da experiência jurídica à filosofia

Imagem
Miguel Reale Hans Kelsen, nos primórdios de sua Teoria Pura do Direito, ao mesmo tempo que beneficamente alargava o espectro do conceito de norma jurídica, libertando-nos do predomínio absoluto da norma legal, lançava as bases de um normativismo integral que implicava a identidade da Teoria do Direito com a Teoria do Estado, ou, por outras palavras, a redução da atividade política à atividade jurídica. Entendia ele que somente desse modo se alcançaria uma democracia como pura expressão da vontade popular, sem a interferência deformadora do poder governamental, sempre sujeito a contínuos desmandos.
De acordo com essas diretrizes, a sua obra fundamental intitulada Allgemeine Staatslehre (Teoria Geral do Estado), publicada na Áustria em 1925, era ao mesmo tempo de Direito e de Política, estabelecendo uma correlação ideal entre um e outro domínio, de tal modo que a democracia verdadeira, no fundo, seria expressão do Estado compreendido como um sistema unitário de normas jurídicas dotadas …

A irreconhecível praça da Gentilandia nos anos 50...

Imagem

Ministério Público abre ação por desvio de R$ 30 milhões em universidade

Imagem
O Ministério Público do Maranhão pediu à Justiça o bloqueio de todos os bens de dois funcionários da Universidade Virtual do Maranhão (Univima) e três empresários pelo desvio de R$ 30 milhões dos cofres da instituição entre 2010 e 2012. O chefe da Divisão de Execução Orçamentária e Financeira e o coordenador administrativo e financeiro da Univima, respectivamente, Paulo Giovane Aires Lima e José Ribamar Santos Soares, são acusados de gerar dados falsos no Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municípios (Siafem) e emitir ordens bancárias para as empresas de Francisco José, Valmir Neves e Inaldo Damasceno, naquele período. Em maio de 2015, os acusados e a Univima foram alvo da Operação Cayenne, da Polícia Civil do Maranhão, a qual prendeu Paulo Giovane Aires Lima, José de Ribamar Santos Soares, Inaldo Damasceno Correa e Valmir Neves Filho. À época foram apreendidos carros de luxo, jóias e relógios. “O dinheiro desviado era repassado para as empresas dos três últ…

Mais Visitadas

Reitoria da UECE apoia manifestações em defesa da educação brasileira e das universidades públicas

Morre atriz Doris Day, a namoradinha da América

Maureen Bisilliat se reencontra com o seu sertão e o de Euclides da Cunha na Flip

Paraty e Ilha Grande vão se tornar patrimônio da humanidade

Biblioteca Itinerante visita escolas e CMEIs com “Literatura e Cinema”