Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 5, 2019

Tudo em Cristo

Padre Geovane Saraiva*

Outrora Deus, para tirar o povo eleito do jugo da escravidão do Egito, multiplicou os prodígios, prometendo-lhe novos e maiores favores. A promessa de Deus, que não é imaginária nem ilusória, se repete, desmedidamente, na retirada do seu povo do exílio da Babilônia. Animando-o como sonho da esperança, liberta-o, como na voz do profeta Isaías: “Eis que farei coisas novas, e que já estão surgindo. Vou abrir uma estrada no deserto e farei correr rios na terra seca; vou saciar a sede dos meus escolhidos” (cf. Is 43, 19-20).

Palmilhando todas as vicissitudes da história de Israel, fica claro que a profecia ilumina o futuro messiânico, do qual Deus nos faz o novo povo de Israel, a Igreja, uma realidade aos olhos da fé absolutamente nova. Tal imagem é ilustrada no concreto episódio sagrado da mulher adúltera, que foi levada a Nosso Senhor Jesus Cristo, para que fosse julgada. Esse julgamento foi antecedido de um profundo silêncio, seguindo-se da expectativa dos acusadore…

Lançamento da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará

Com alegria, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) convida para o Lançamento da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará. A atividade, gratuita e aberta ao público, acontece no dia 10 de abril, às 9h, na Casa Juvenal Galeno (R. Gen. Sampaio, 1128 - Centro).

O evento de lançamento terá como destaque o conceito da XIII Bienal, do tema, da programação, de ambientes, além de novos projetos e ações e também, com exclusividade, os nomes dos autores(as) convidados(as). Já na ansiedade? Aguenta coração! Esperamos vocês!

Sejam bem-vindos e bem-vindas!

SECULT

Um passeio para quando se está só

Que tal se apaixonar pelos livros, pelas livrarias, pelo inesperado da ficção Daniel Fernandes Editor de Suplementos Guy Montag, personagem eternizado em Fahrenheit 451, vivia em um mundo onde livros não eram importantes, eram banidos, proibidos. Um mundo em que bombeiros não combatiam fogo, mas queimavam obras impressas. Montag, sozinho, adquiriu consciência plena sobre o absurdo daquela distopia e resolveu deixar aquele mundo: mergulhou nas águas profundas e escurecidas de um rio para escapar da besta-fera mecânica. A ficção científica – será mesmo ficção? -  escrita por Ray Bradbury e eternizada no cinema por ninguém menos que François Truffaut nos inspiram para o passeio de hoje.  Adaptações de livros para o cinema são frequentes. 'Fahrenheit 451', de François Truffaut, estreou em 1966. O livro de Ray Bradbury foi publicado em 1953. Foto: Reprodução Se você está sozinho nesta cidade gigantesca – acolhedora e desafiadora ao mesmo tempo – há um passeio que você deve fazer en…

'Caravana de Escritores' debate literatura com alunos do Agreste do RN

O evento será na próxima quarta-feira (10), às 9h, na Escola Municipal Plácido Tomaz de Lima, no município de Várzea.
Por G1 RN
De volta em sua sexta temporada, o projeto "Caravana de Escritores Potiguares" vai visitar o município de Várzea, na Região Agreste do Rio Grande do Norte, para debater literatura com estudantes da cidade. O evento será na próxima quarta-feira (10), às 9h, na Escola Municipal Plácido Tomaz de Lima. O encontro vai contar com a presença de Ana Cláudia Trigueiro, Edson Soares, Oreny Junior, Thiago Gonzaga, e participação especial do editor Abimael Silva. A "Caravana de Escritores Potiguares" visa estimular a leitura, com a divulgação da literatura e da produção potiguar em eventos interativos com comunidades escolares. A composição da equipe contempla autores com obras em diferentes gêneros e estilos literários com objetivo de expor a diversidade da produção local. O projeto conta com palestras que terão intervenções e recitações. A Carnavana …

Ceará: Terra da Luz

Por Gonzaga Mota - Professor aposentado da UFC
Tempos atrás estava conversando com três amigos, sobre assuntos diversos, no restaurante de um hotel em Brasília. Um deles citou que as maiores expressões da literatura brasileira tinham nascido em Minas Gerais, Rio e São Paulo. Tomei um susto e fiquei perplexo. Nada contra, pelo contrário, tenho o maior respeito, admiração e reconhecimento aos irmãos mineiros, cariocas e paulistas, grandes intelectuais que produziram obras fantásticas. Todavia não se deve esquecer os filhos dos outros 23 estados e do Distrito Federal.  Creio que aquela afirmação açodada e talvez preconceituosa fez tremer no túmulo figuras gigantes como José de Alencar, Castro Alves, Rui Barbosa, Érico Veríssimo, Manuel Bandeira, Mário Quintana, Gilberto Freire, Graciliano Ramos, Cora Coralina e muitos, muitos outros nascidos no norte e no sul, no leste e oeste do nosso querido Brasil, que continuam influenciando várias gerações, não só de brasileiros, mas também de outro…

Masp abre exposição sobre obra da modernista Tarsila do Amaral

Mesmo influenciada pela estética europeia, a modernista Tarsila do Amaral retratou temas e narrativas da cultura e religiosidade popular brasileira. Em seus desenhos e pinturas, a artista trouxe cenas do carnaval, das favelas, feiras e lendas indígenas. É essa produção que a mostra Tarsila Popular, que será aberta nesta sexta-feira (5) no Museu de Arte de São Paulo (Masp), pretende abordar. A exposição reúne cerca de 120 trabalhos desde o início da carreira da pintora, na década de 1920, até obras da segunda metade do século 20. Marco do conceito antropofágico do modernismo brasileiro, o quadro Abaporu também faz parte da mostra. O nome indígena da pintura, finalizada em 1928, significa “homem que come carne humana”. A obra inspirou o Manifesto Antropófago de Oswald de Andrade, que trouxe a proposta de absorver a cultura europeia a partir de um ponto de vista nacional, transformando-a em uma estética tipicamente brasileira. Tarsila estudou técnicas acadêmicas tradicionais na Europa. …