Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 31, 2018

Maria, mãe de Deus

Padre Geovane Saraiva*
Neste tempo do Natal, ao celebrarmos no primeiro dia do ano a Solenidade de Maria, mãe de Deus, a família dos filhos de Deus experimenta, pela voz da Igreja, a esperança e a consolação que chegam para a humanidade. É aquela esperança já anunciada em tempos remotos que já se completou, na humildade da simples manjedoura. É Deus em nosso meio, forte e mais forte, nascido como o mais simples e o mais humilde dos humildes; ele, sendo infinitamente rico, fez-se pobre para abundantemente nos enriquecer com a sua pobreza (cf. Cor 8, 9).

Por Maria, compreendida e admirada à luz do vínculo misterioso e da visão beatífica de Deus, na sua beleza, somos chamados a contemplá-la aos olhos da fé e da esperança, pela alegre proclamação da chegada do recém-nascido na estribaria. "Pela sua maternidade divina, elevada a uma dignidade quase infinita, uma dignidade quase divina" (Cardeal Lorscheider), somos capazes de superar os empecilhos da vida, no menino que nasceu para …