Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 27, 2019

O maior mitômano do mundo

domtotal.com Trump colocou a Europa contra a parede, antes mesmo de negociar ou combinar algo como se faz normalmente com aliados. Resta saber o quanto Donald Trump irá neste seu caminho tortuoso para impor a sua vontade, conflitando com todos os argumentos sérios de uma democracia. (Reuters/Joshua Roberts) Por Lev Chaim*

Há questão de dias, o presidente norte-americano Donald Trump disse que suas tropas iam deixar a Síria e ele iria soltar os guerrilheiros do Estado Islâmico, caso os países europeus não trouxessem de volta os seus compatriotas que lá foram lutar, um dia. Em outras palavras, colocou a Europa contra a parede, antes mesmo de negociar ou combinar algo como se faz normalmente com aliados. Acho que o senhor Trump não conhece esta palavra. Mas hoje, leio nos jornais holandeses que ele ordenou ao seu ministro do exterior, para não dar permissão para que uma jovem norte¬-americana do Estado de Alabama, Hoda Muthana,  retornasse ao país, depois de ter ido lutar pelo Estado Islâm…

Ex-secretária renuncia à cadeira na Academia que concede Nobel de Literatura

A ensaísta Sara Danius anunciou nesta terça-feira que renuncia a sua cadeira na Academia Sueca, que concede o prêmio Nobel de Literatura, quase um ano depois de ter abandonado o cargo de secretária permanente da instituição em meio a um escândalo de abusos sexuais. A saída de Danius é o capítulo mais recente do escândalo que obrigou o adiamento da entrega do Nobel de Literatura ano passado, e que finalmente será entregue este ano, em conjunto com o de 2019. "Decidi renunciar a minha cadeira, que já foi ocupada pela primeira mulher eleita para a Academia, Selma Lagerlöf. Foi uma honra", escreveu Danius em um comunicado. Ensaísta e professora de Literatura na Universidade de Estocolmo, Danius, 56 anos, entrou para a Academia em 2013 e dois anos depois se tornou secretária permanente da entidade, um cargo sem precedentes para uma mulher desde a criação da instituição em 1786. Desta maneira, Danius - uma intelectual apaixonada por moda e grandes festas - se tornou o rosto da Ac…

Eliana Cardoso vence o 3º Prêmio Kindle de Literatura

PUBLISHNEWS, TALITA FACCHINI
Livro 'Dama de paus' foi o escolhido pelo juri e será publicado pela Nova Fronteira. Autora leva para casa R$ 30 mil. A Amazon e Nova Fronteira anunciaram na manhã desta terça-feira, o vencedor da 3ª edição do Prêmio Kindle de Literatura. Este ano o prêmio recebeu inscrições de 1.300 autores de todos os estados brasileiros que juntos publicaram mais de 1.500 romances inéditos. “No fundo, todos esses 1.300 autores já ganham por participar do prêmio, uma vez que os romances já estavam disponíveis para quem quisesse ler”, destacou Talita Taliberti, gerente para KDP da Amazon. Os títulos inscritos tiveram oito vezes mais visibilidade e geraram sete vezes mais downloads dentro do KDP, além disso, 28 deles chegaram aos 100 livros mais lidos da plataforma, informou a varejista. “Nossa tarefa é fazer chegar aos leitores esses textos de grande qualidade e é impressionante a maturidade literária que encontramos”, analisou Janaina Senna, editora de literatura…

Pádua Lopes é empossado membro da Academia Cearense de Letras

Em cerimônia no Palácio da Luz, sede da ACL, o diretor superintendente do Diário do Nordeste assumiu a cadeira número 38 da instituição e discursou sobre a importância da Literatura para uma sociedade crítica e bem informada
O jornalista e diretor superintendente do Diário do Nordeste, Pádua Lopes, foi empossado, ontem, na cadeira de número 38 da Academia Cearense de Letras (ACL), a entidade literária máxima do Estado. A instituição é a mais antiga do gênero no Brasil, fundada em 15 de agosto de 1894, três anos antes da Academia Brasileira de Letras. A cerimônia de posse aconteceu no Palácio da Luz, sede da ACL, no Centro de Fortaleza. Além da relevante trajetória no jornalismo cearense, o novo acadêmico tem contribuições nas áreas jurídica e literária, sendo autor do romance "Safira não é flor". Em discurso de posse, Pádua agradeceu aos fundadores do Grupo Edson Queiroz. "Em função diretiva no Sistema Verdes Mares, tive o privilégio de conviver com Dona Yolanda Queiro…

Cantora Luiza Nobel conduz o II Fuá da Nobel, que ocupará a Livraria Lamarca, localizada no Benfica, na quarta-feira, dia 27

A cantora Luiza Nobel conduz o II Fuá da Nobel, que ocupará a Livraria Lamarca, localizada no Benfica, na quarta-feira, dia 27. A programação terá Getúlio Abelha, Yara Canta, Adna Oliveira, Zéis, Ayla Lemos, Jocasto Britto e Caiô, que irão dividir palco e microfone com a cantora, em show que traz ainda os projetos Negra Voz (foto), Pérolas Negras e Baile Preto. Quando: quarta-feira, dia 27, a partir de 18h30min. Onde: Avenida da Universidade, 2475 - Benfica. Acesso gratuito.

O Povo

Congresso mundial contra a pena de morte recebe mensagem do papa

Francisco reitera rejeição à pena de morte, mesmo para o pior dos criminosos. Para Francisco, o fato que cada vez mais países apostam na vida e não na pena de morte, ou até mesmo a eliminaram completamente da sua legislação penal, é um fator positivo. (Reprodução/ Pixabay)
O Papa Francisco enviou uma videomensagem aos participantes do 7º Congresso Mundial contra a pena de morte, que se realiza em Bruxelas, na Bélgica.
Gravada em espanhol, a mensagem do Pontífice reforça a visão cristã da vida isto é: “A vida humana é um dom que recebemos, o mais importante e primário, fonte de todos os outros dons e de todos os outros direitos e, como tal, deve ser protegida”.

Grave violação
A pena de morte é, portanto, uma grave violação do direito à vida de cada pessoa, afirma o Papa, recordando que hoje existem outros e mais eficazes meios de expiação pelos danos causados à sociedade.
Para Francisco, o fato que cada vez mais países apostam na vida e não na pena de morte, ou até mesmo a eliminaram co…

Exposição sobre Museu Nacional tem peça refeita por estudante

Em meio a fósseis de milhares de anos e cerâmicas de séculos, a exposição Museu Nacional Vive - Arqueologia do Resgate abre as portas hoje (27) no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Rio de Janeiro, com um tesouro produzido no ano passado. Trata-se da réplica do Trono de Adandozan, do antigo reino africano de Daomé, produzida por um aluno de 13 anos para um trabalho no Colégio Américo de Oliveira, em Marechal Hermes, na zona norte do Rio.  O trono original foi doado pelo Rei Adandozan a dom João VI, em 1811, e fazia parte do acervo do Museu Nacional desde a sua fundação, há mais de 200 anos. Com o incêndio que consumiu o interior do palácio imperial em 2 de setembro, acredita-se que a peça, que era de madeira, foi destruída. A qualidade da reprodução feita em papel machê e verniz impressionou e emocionou servidores do Museu Nacional. O trabalho, que seria para complementar pontos na média de Miguel Monteiro Nunes, em história, virou parte do acervo da instituição, o mais antigo…