Pular para o conteúdo principal

Ex-secretária renuncia à cadeira na Academia que concede Nobel de Literatura

Ex-secretária da Academia Sueca Sara Danius
12/04/2018
TT News Agency/Jonas Ekstromer/via REUTERS
Ex-secretária da Academia Sueca Sara Danius 12/04/2018 TT News Agency/Jonas Ekstromer/via REUTERS
Foto: Reuters
A ensaísta Sara Danius anunciou nesta terça-feira que renuncia a sua cadeira na Academia Sueca, que concede o prêmio Nobel de Literatura, quase um ano depois de ter abandonado o cargo de secretária permanente da instituição em meio a um escândalo de abusos sexuais.
A saída de Danius é o capítulo mais recente do escândalo que obrigou o adiamento da entrega do Nobel de Literatura ano passado, e que finalmente será entregue este ano, em conjunto com o de 2019.
"Decidi renunciar a minha cadeira, que já foi ocupada pela primeira mulher eleita para a Academia, Selma Lagerlöf. Foi uma honra", escreveu Danius em um comunicado.
Ensaísta e professora de Literatura na Universidade de Estocolmo, Danius, 56 anos, entrou para a Academia em 2013 e dois anos depois se tornou secretária permanente da entidade, um cargo sem precedentes para uma mulher desde a criação da instituição em 1786.
Desta maneira, Danius - uma intelectual apaixonada por moda e grandes festas - se tornou o rosto da Academia ao anunciar os vencedores do Nobel de Literatura entre 2015 e 2017.
A crise na Academia explodiu com um artigo demolidor publicado pela imprensa sueca no qual 18 mulheres denunciaram ter sofrido assédio e violência sexual de um intelectual francês, Jean-Claude Arnault, casado com uma acadêmica sueca e presidente de um centro cultural financiado pela própria Academia.
Danius contratou um escritório de advocacia para uma investigação interna, o que provocou uma forte reação dentro da Academia.
O escândalo gigantesco revelou um mundo marcado pelo uso de grandes quantias de dinheiro, rivalidades dignas de uma corte e várias denúncias à cultura de silêncio que protegeu Arnault.
A Academia sofreu a saída de vários integrantes e em abril do ano passado a própria Sara Danius renunciou ao cargo de secretária permanente, para permanecer apenas como ocupante de uma das cadeiras.
Anders Olsson, que atualmente é secretário permanente, afirmou que agora há três postos vagos na Academia. Ele afirmou que sem dúvida serão atribuídos a mulheres.
"É necessário para o equilíbrio entre homens e mulheres na Academia", disse.

Fonte: https://www.em.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08