Postagens

Mostrando postagens de Setembro 8, 2018

Triste realidade

Imagem
Paulo Eduardo Mendes* Cronista múltiplo. Veia jornalística completa. Ação redacional na política, nas áreas noticiosas as mais variadas para fazer pouso na crônica social. Assim, o registro em torno de José Rangel. Elegante no seu modo de ser, o Rangel forneceu a triste realidade da sua partida deste mundo físico. José Rangel entre rádio e jornal sendo sempre um destaque. Redação firme e educada para luzir em todos os setores do jornalismo. Talhado para a crônica social em razão da sua fina fidalguia. Redigia com classe o que se continha no universo social. Marcou sua presença exatamente pela forma de escrever. Conduzia seu texto com o aprumo da elegância. Incapaz de ferir usando a ousadia do verbo. Eterno conciliador nas "conversas de salão". Cronista social sempre bem recebido pela sociedade que o aplaudia por méritos. José Rangel simbolizando o valor da ética, da decência, da nobreza de caráter. Altivo nas crônicas sociais, por excelência, fez história na forma de retrata…

Mais Visitadas

Espírito Santo: Dom Pascal

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil

PRESIDENTE DE PORTUGAL FELICITA CHICO BUARQUE POR PRÊMIO CAMÕES DE LITERATURA