Postagens

Mostrando postagens de Abril 28, 2018

Aos 87 anos, Dona Luísa Concluiu Sua Faculdade Com Um TCC Feito à Mão

Imagem
Talvez seja por vergonha ou pelo medo de fracassar que uma boa parte das pessoas que estão na segunda metade da vida utiliza a frase “meu tempo já passou” para justificar sua inação.
Afortunadamente, existem exemplos que provam que nunca é tarde para aprender. O ser humano sempre pode superar a si mesmo e enfrentar seus medos. Imagine uma senhora que já havia ultrapassado a casa dos oitenta anos. A irmã e o marido já haviam falecido e ela, com todos os motivos para, segundo a própria, “ficar em casa dormindo” resolveu sair para ocupar sua cabeça. Filha de imigrantes italianos, Luísa Valencic Ficara veio para a América do Sul ainda no período da segunda grande guerra. E aos oitenta e tantos anos resolveu travar uma batalha contra ela mesma: , se formou em nutrição na faculdade Jundiaí. Quando ela entrou na sala de aula pela primeira vez, não pôde deixar de notar as expressões de surpresa nas faces de colegas e mestras. Entretanto, a surpresa maior foi quando ela, após ter completado se…

PRECISA-SE URGENTE DE UM CULPADO

Imagem
Grecianny Carvalho Cordeiro* O verdadeiro líder é aquele que, em caso de êxito, o mérito é de sua equipe. Em caso de fracasso, ele próprio assume a culpa. Alguns de nós, quando alcançamos o sucesso em dada situação, o mérito é nosso. Pelo esforço, pela determinação, pela perseverança. Muitos de nós, quando obtemos um resultado indesejado, em certa circunstância, tendemos a culpar o outro. Fulano não foi com a minha cara e por isso não consegui o emprego, passar na prova para tirar a carteira de habilitação... A culpa é sempre do outro. Há alguns anos, ouvíamos que, se uma mulher era estuprada, foi porque ela deu causa. Foi porque usava roupa curta demais. Deu cabimento ao agressor. A culpada era a mulher! Fulano virou bandido porque não lhe fora dada oportunidade de estudar e de obter um emprego. A culpa é da sociedade! O filho se tornou usuário de droga. A culpa é do amigo, das companhias, que o levaram para o mau caminho! Hoje, mais do que nunca, verificamos uma inversão assustadora na …

Livro suave

Imagem
Paulo Eduardo Mendes* Título forte. Livro suave. Contraste, de plano, desse batismo que nos trouxe "De Covardes e de Heróis - Todos Temos um Pouco". Trabalho literário de Grecianny Carvalho Cordeiro. Ela autora de impacto. Sempre traz um livro ousado. Inteligente. Desta feita une "Covarde e Heróis" num mesmo patamar. Curiosidade natural a partir da capa. Avançamos na leitura agradável para descobrir o valor dessa antítese elaborada na trama romanceada de Grecianny. O livro suave pode ser lido de um fôlego. O assunto abordado mexe com o leitor que tenta descobrir o porquê dessa jogada livre para dizer aspectos contrários de emoções. De covardia a heroísmo, convenhamos, é uma forma bem urdida de mostrar sentimentos contrários e estranhamente análogos na tese cuja defesa vem calcada na sensibilidade analítica de quem escreve buscando abrigo nas reflexões profundas de sentimento. "De Covardes e de Heróis - Todos Temos um Pouco" tem "exemplos de amizade, …

Vacina que mata mosquito é aposta de pesquisadores da UFMG para combater o Aedes

Imagem
Em vez de combater infecções transmitidas pelo mosquito, formulação desequilibra sua fisiologia (Júlia Duarte / UFMG)
Uma vacina que resulta de estratégia contrária à esperada – em vez de imunizar contra doenças, ela mata o transmissor – foi desenvolvida no Instituto de Ciências Biológicas (ICB) para combater o mosquito Aedes aegypti, responsável pela disseminação de arboviroses como dengue, zika, chikungunya, febre amarela e mayaro. O trabalho gerou tese de doutorado e depósito de patentes.
O coordenador da pesquisa, professor Rodolfo Giunchetti, explica que esse tipo de vacina representa uma vantagem tecnológica para o Brasil – muito suscetível a novas arboviroses –, pois  combater o mosquito é mais eficaz do que vacinar a população contra cada uma das doenças que ele transmite. “Além disso, essa vacina pode ser associada à imunização contra algumas doenças, como dengue”, pondera. As formulações em processo de depósito de patente contêm proteínas importantes para a vida do inseto e …

Humorista Agildo Ribeiro morre no Rio de Janeiro aos 86 anos

Imagem
Morreu hoje (28), aos 86 anos, no Leblon, Rio de Janeiro, o humorista Agildo Ribeiro. De acordo com a Rede Globo, emissora em que ele trabalhava, o ator sofria de problemas cardíacos. Conhecido como “Capitão do riso”, Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho começou no teatro de revista, passou pelo rádio e se tornou conhecido pelos personagens cômicos na televisão. A última atuação dele foi no programa "Tá no Ar: a TV na TV". O humorista Agildo Ribeiro morreu hoje (28) no Rio de Janeiro  - Divulgação Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro
Nascido no Rio de Janeiro em 26 de abril de 1932, o ator estava na televisão desde a década de 1960. Segundo informações da emissora, ele estrelou shows e humorísticos como Chico City, Satiricom, Planeta dos Homens, Estúdio A... Gildo, Escolinha do professor Raimundo e Zorra Total.  Filho do político Agildo Barata, Agildo foi casado cinco vezes. Suas esposas foram mulheres famosas como Consuelo Leandro e Marília Pera, mas passou 35 anos casad…

Mais Visitadas

Espírito Santo: Dom Pascal

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil

PRESIDENTE DE PORTUGAL FELICITA CHICO BUARQUE POR PRÊMIO CAMÕES DE LITERATURA