Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 17, 2019

Programa vai premiar alunos que se destacarem em soletrar palavras

Lançado esta terça-feira, 17, o Ao Pé da Letra levará 16 jovens, de 15 municípios cearenses, a soletrar palavras da língua portuguesa. Vencedores ganharão computadores, smartphones e até viagem internacional Ler e escrever. Quantas vezes for necessário até que se aprenda que palavras com o mesmo som têm letras e significados diferentes. Esquecer as abreviações tão comuns da internet. Exercitar, corrigir e pesquisar. São algumas dicas de professores para os alunos que participarão do programa Ao Pé da Letra, lançado esta terça-feira, 17, a partir de parceria entre a Assembleia Legislativa do Ceará e a Secretaria da Educação do Estado (Seduc). Conheça três semifinalistas do programa de soletrar Ao Pé da Letra. Depois de três eliminatórias em mais de 700 escolas de ensino médio nos 184 municípios cearenses, 16 adolescentes do primeiro ano de 15 cidades chegaram à fase semifinal. Agora é ouvir, soletrar e ter a chance de ganhar conhecimento, equipamentos e até uma viagem para a Inglaterra…

13ª CineBH destaca produção contemporânea com 85 filmes

Até domingo com programação gratuita, a 13ª Mostra de Cinema de Belo Horizonte traz debates, workshops e recortes da produção brasileira e internacional. Cena do filme 'No coração do mundo', com direção da produtora Filmes de Plástico. (Divulgação)
Por Larissa Troian e Pablo Pires Fernandes
Repórteres Dom Total
Desta terça-feira (17) até domingo (22), a 13º CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte ocupa diversos locais da capital, com vasta programação totalmente gratuita. “Nesta edição vamos apresentar ao público 85 filmes nacionais e internacionais de 11 estados brasileiros e seis países. É uma seleção curatorial que vai exibir a produção contemporânea do cinema realizado no país e no mundo, com várias pré-estreias nacionais”, conta Raquel Hallak, coordenadora do CineBH. Além das 43 sessões de cinema, a CineBH promove debates, rodas de conversa e abriga paralelamente o Brasil CineMundi – 10º International Coproduction Meeting, encontro de coprodução do cinema …

Unifor sedia lançamento de livro que revela segredos sobre a produção mundial de tomates

Evento acontece nesta quarta-feira (18), a partir das 19h, dando ênfase à premiada obra "O Império do Ouro Vermelho", do jornalista francês Jean-Baptiste Malet
Durante dois anos de árdua pesquisa, o jornalista francês Jean-Baptiste Malet esteve empenhado em algo urgente: a reconstrução de toda a cadeia de abastecimento do tomate, revelando os mecanismos políticos e mercadológicos que permitiram à China tornar-se, em uma década, a maior produtora e exportadora de duplo e triplo concentrado do fruto. Se o recorte parece muito específico, a maneira como o profissional entremeia dados com informações sobre as condições de trabalho precárias e exploratórias em que os trabalhadores chineses e os imigrantes do sul da Itália se encontram, nos faz refletir sobre sistemas de produção no mundo todo. Não à toa, Malet foi premiado com o Albert-Londres, considerado o maior do jornalismo francófono, ao trazer os assuntos à superfície no livro "O império do ouro vermelho: a história s…

Lilly, a Greta Thunberg da Tailândia, entra em guerra contra o plástico

A Tailândia é o sexto país que mais contribui para a poluição dos oceanos, segundo a ONG Greenpeace. Lilly, de 12 anos, em um mutirão de limpeza na Tailândia, em agosto de 2019. (AFP)
"Sou uma garota em guerra", diz Lilly, 12 anos, que estabeleceu para si o objetivo de acabar com o excesso de plásticos na Tailândia, a exemplo da ambientalista sueca Greta Thunberg.
Em junho, esta adolescente de dupla nacionalidade (americana e tailandesa) obteve sua primeira vitória: ajudou a convencer a Central, uma grande rede de supermercados, a parar de distribuir sacolas de plástico de uso único em suas lojas.
Como consequência, outros grupos de distribuição implantados na Tailândia, entre eles a rede japonesa 7-Eleven, onipresente no país, se comprometeram em setembro a não distribuir mais essas sacolas a partir de janeiro de 2020. "É bom que seja assim", sorri Lilly, enquanto se aproxima de uma sacola cheia de latas oxidadas e garrafas quebradas.
A jovem conta que achava ser …