Postagens

Mostrando postagens de Setembro 26, 2018

Tarrafa Literária completa 10 anos de história em Santos

Imagem
Em sua 10ª edição, a Tarrafa Literária começa nesta quarta-feira, 26, e, leva, até domingo, 30, importantes nomes da literatura nacional e alguns convidados internacionais para Santos. Djamila Ribeiro, autora de "O Que é o Lugar da Fala e Quem Tem Medo do Feminismo Negro?", volta para sua cidade natal como uma das principais atrações do festival. Ela sobe ao palco do Theatro Guarany no sábado ao lado da jornalista Eliane Brum para o debate "O lugar da fala, o lugar da escrita". A abertura, na noite desta quarta, 26, fica a cargo de Zuza Homem de Melo, autor de "A História do Samba Canção", que apresentará um show litero-musical no Sesc Santos a partir das 19h30. Participam, ainda, da Tarrafa a autora sueca Katarina Bivald, autora de "A Livraria dos Finais Felizes", a portuguesa Ana Margarida de Carvalho, que está lançando no País o livro "Não se Pode Morar nos Olhos de Um Gato", além de Milton Hatoum, Tiago Ferro, Julián Fuks, Mamede …

Museu realiza oficina de fotografia para celular em Fortaleza

Imagem
O Museu da Fotografia de Fortaleza realizará a oficina Fotografia para Celular neste domingo (23) com o professor Thiago Braga. A aula prática ajudará o aluno a manusear o celular ou tablet para entender comportamento da luz, sua direção e intensidade, além de compreender a importância do ato fotográfico na contemporaneidade. O objetivo é introduzir conceitos básicos da fotografia aos alunos, com o intuito de promover e fomentar a prática da fotografia. No total, serão 4 horas de curso, que será 100% prático no Passeio Público e no Mercado dos Peixes. O Museu disponibilizará um ônibus para o deslocamento. As inscrições são feitas presencialmente no Museu da Fotografia e o valor do curso é de R$ 60. Mais informações, (85) 3017.3661.  Serviço: Oficina de Fotografia para Celular Dias: 23 de setembro (domingo) Horário: 14h Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota Pré-inscrições: inscricao@museudafotografia.com.br Inscrições: R$ 60 (somente em dinheiro, presenciais, no Museu)
Tribuna d…

Menina de 6 anos declama cordéis e fica famosa na internet

Imagem
Foi aos 6 anos que a estudante Sâmia Abreu deu o primeiro passo no mundo artístico. Após ver o pai rindo de uma poesia, ela começou a se apaixonar pela arte. Criança, mas com talento de gente grande, Sâmia não tem nem uma década de vida e já sabe na ponta da língua o que quer para o futuro. “Eu quero ser desembargadora e poeta”. Hoje a pequena poeta divide o tempo entre os estudos e a gravação de vídeos declamando cordéis no canal no Youtube, que toda semana tem uma nova publicação. Tribuna do Ceará

Escola de Música de Sobral forma legião de talentos

Imagem
por Marcelino Júnior - Colaborador A escola atua com sete núcleos pedagógicos divididos em Musicalização Infantil, Canto Popular, Bateria e Percussão, Teclados, Cordas Dedilhadas, Cordas Friccionadas e o Núcleo de Sopros ( FOTO: MARCELINO JÚNIOR ) Sobral. Estar matriculada na Escola de Música de Sobral é a realização de um sonho antigo para Jessyca Ferreira de Sousa, de 23 anos. A jovem de Tianguá, na Serra da Ibiapaba, não mediu esforços para aprender a tocar um instrumento quando se mudou com a família para Sobral. Há dois meses, ela tem dedicado parte de seu tempo às aulas de violino e violão, duas paixões que cultiva desde criança. "Por morar em outra cidade, não me via com coragem de ingressar na Escola de Música e acompanhava de longe as histórias de quem passou por aqui. Mas as coisas mudaram e aqui estou, completamente dedicada às aulas. O violão tem exigido muito, mas me realizo mesmo ao tocar violino, um instrumento que sempre chamou minha atenção", explica a jovem, …

Festival de Brasília consagra produção mineira pelo 3º ano consecutivo

Imagem
por Diego Benevides - Crítico de cinema Dez dias de cinema na Capital Federal mais parecem uma vida inteira. Isso porque o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro é a principal plataforma de projeção para obras audiovisuais independentes. Próximo a mais uma eleição - que pode mudar os rumos do País -, o festival foi marcado por abordagens políticas não apenas dos filmes programados, mas também dos realizadores que subiram ao palco do Cine Brasília para posicionarem os seus discursos a favor da democracia e da valorização da cultura. A seleção de curtas e longas-metragens em competição demonstrou-se mais regular, se comparada a do ano passado. Os temas atravessaram questões sociais urgentes, em especial ao abrir cada vez mais espaço para produções que discutem história, etnias e identidade de gênero. O principal vencedor do ano foi "Temporada", novo longa-metragem de André Novais Oliveira, que consagrou o cinema mineiro pelo terceiro ano consecutivo, após as vitórias de &qu…

Mais Visitadas

Espírito Santo: Dom Pascal

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil

PRESIDENTE DE PORTUGAL FELICITA CHICO BUARQUE POR PRÊMIO CAMÕES DE LITERATURA