Postagens

Mostrando postagens de Julho 25, 2016

A sabedoria dos avós

Imagem
Os avós na família são os depositários e, muitas vezes, testemunhas dos valores fundamentais da vida. A tarefa educativa dos avós é sempre muito importante. Por José Expedito da Silva* Certamente você já disse ou ouviu dizer que os avós estragam a educação dos netos e tiram a autoridade dos pais. Esta afirmação é falsa ou verdadeira? A resposta não é tão simples assim, pois não devemos generalizar comportamentos. Nas relações familiares há quem queira determinar um comportamento padrão e é rigoroso na cobrança dos filhos e netos. Mas, há também quem sabiamente aconselha e passa sua experiência de vida com o devido respeito às individualidades e às diferenças culturais das novas gerações.
Na realidade, esse tema da participação dos avós na educação dos netos ganha ainda mais destaque, especialmente nesse tempo em que a sociedade vive a grave crise do conceito de família. São pais que estudam, trabalham, ficam desempregados ou se separam muito cedo e acabam deixando os filhos mais tempo…

Homo erectus já andava como seres humanos há 1,5 milhão de anos

Imagem
Paula Moura Colaboração para o UOL iStock O estilo de andar e a estrutura de grupo do Homo erectus eram similares às dos seres humanos atuais Pegadas de Homo erectus encontradas no nordeste do Quênia trouxeram uma oportunidade única de entender como esses hominídeos que viveram há 1,5 milhões de anos andavam e se comportavam em grupo. O Homo erectus está no meio da linha de evolução entre o Homo habilise nós, os Homo sapiens. Usando técnicas analíticas novas, os pesquisadores do Instituto de Antropologia Evolucionária Max Planck, em Leipzig, na Alemanha, e colaboradores de diversos países demonstraram que as pegadas do Homo erectus, primeiros a caminharem em pé, preservam evidências de que o estilo de andar e a estrutura de grupo eram similares às dos seres humanos atuais. As pegadas ajudaram a chegar a estimativas de massa corporal dos hominídeos (cerca de 48,9 kg) e também se eram do sexo masculino ou feminino. Isso fez com pudessem desenvolver teorias sobre o comportamento do grup…

Legado de George Harrison critica Trump

Imagem
"Se fosse 'Beware of Darkness', poderíamos ter concordado", disseram administradores.

Ele tocou "Here Comes the Sun" em convenção. Os administradores do legado de George Harrison criticaram Donald Trump por tocar na convenção Republicana a música "Here Comes the Sun", somando-se a uma longa lista de artistas que reclamaram com o candidato por este motivo. Este clássico, escrito por Harrison em 1969 para o álbum "Abbey Road" dos Beatles, estava na lista de reprodução no Quicken Loans Arena, de Cleveland, durante o evento em que o Partido Republicano nomeou o magnata seu candidato à presidência. Ter tocado a música na convenção "é ofensivo e vai contra os desejos dos administradores do legado de George Harrison", escreveram no Twitter na quinta-feira (21). "Se fosse 'Beware of Darkness', poderíamos ter concordado", acrescentaram. Eles se referiam a outra composição de Harrison, de 1970, em que, influenciado pelo …

Mural gigante de Eduardo Kobra será parte do legado cultural da Rio 2016

Imagem
Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil Na zona portuária, mural do grafiteiro Eduardo Kobra retrata etnias dos cinco continentes  Fernando Frazão/Agência Brasil























Além de obras e infraestrutura e mobilidade urbana, a Rio 2016 também deixará para cariocas e turistas novos espaços públicos de lazer e obras de artistas expostas em áreas recuperadas da cidade. Na Zona Portuária, por exemplo, foi instalado o mural Etnias, maior grafite do mundo feito por um só artista. Na altura do Armazém 3, no Boulevard Olímpico, a obra do grafiteiro Eduardo Kobra tem 3 mil metros quadrados e foi inspirada nos cinco arcos olímpicos, que representam, em rostos coloridos, os cinco continentes. O mural será inaugurado oficialmente no dia da chegada da Tocha Olímpica ao Rio, 4 de agosto, mas já encanta quem passa pela região. “Já é uma questão de superação, já é um desafio pessoal e meu recorde olímpico pessoal, porque afinal de contas é um mural de 3 mil metros quadrados e o maior que eu já pintei.…

Pokémons no Vaticano

Imagem
Parece que nem mesmo a Colunata de Bernini ou a Basílica de São Pedro são suficientes para algumas pessoas deixarem seus celulares de lado por alguns minutos: o Vaticano acaba por ser um destino popular para ir jogar PokémonGo. A febre PokémonGo afeta todos, independentemente se você está jogando ou não. Este jogo de realidade aumentada tornou-se uma estrela mundial em apenas algumas semanas. A tendência esperada (dado o sistema GPS no qual funciona o aplicativo) também atingiu o Vaticano, onde, dizem os rumores entre os círculos de jogadores, pode-se conseguir “Arceus”, o “deus Pokémon”. De acordo com os jogadores, qualquer hora do dia é perfeita para caça de Pokémons, mesmo que isso signifique ter de competir com centenas de turistas por um pequeno espaço para caminhar. Aparentemente, na Praça de São Pedro existem vários lugares para encontrar essas “criaturas”, incluindo a janela onde o Papa reza o Angelus ou as fontes da Praça de São Pedro.
Aleteia

Mais Visitadas

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

VIVENDO E APRENDENDO

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil