Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 24, 2020

Música, literatura, teatro são atrações do projeto #CulturaemCasaSA

Iniciativa da Secretaria de Cultura de Santo André disponibiliza série de apresentações online durante o período de isolamento social O projeto #CulturaemCasaSA, que disponibiliza uma extensa programação gratuita nas redes sociais, prossegue nesta semana. Música, teatro, cinema, artes e literatura são algumas das atrações que poderão ser conferidas pelo público. O projeto é uma iniciativa da Secretaria de Cultura de Santo André neste período de isolamento social. Ação Territorial.jpg São produções dos diversos espaços da pasta, feitos remotamente, e conteúdos de projetos como Santo André Múltiplos Tons e Festival Multicultural. A programação traz ainda série de lives e trabalhos de parceiros culturais e outros parceiros. Todo o conteúdo está reunido na agenda cultural, disponível em: https://bit.ly/culturaemcasaSA. No site, é possível acessar o link para transmissão de cada atração. Programação do fim de semana A programação do fim de semana terá, no sábado (23), às 18h, o #OssanoSofá,…

Criança de 4 anos faz podcast contando histórias infantis durante a quarentena em Fortaleza

Com a ajuda da mãe, garoto já produziu três episódios para as plataformas digitais
Na busca por uma ocupação divertida e saudável dentro da quarentena em Fortaleza para o filho, o pequeno Matias de Alencar Leite, de 4 anos, a funcionária pública Rute de Alencar, de 35 anos, propôs uma brincadeira inusitada: criar um podcast com contação de histórias infantis. O programa, nomeado de “Matias e seus livros favoritos”, então, foi lançado há três semanas nas plataformas digitais e conta com a locução da criança. Até esta terça-feira (23), três episódios foram lançados, cada um contado a partir da visão do pequeno Matias, que ainda não sabe ler, mas decora todas as histórias contadas por várias vezes pelos pais ao longo da vida. “Ele sempre teve uma memória muito boa. Com um ano e meio ele já cantava músicas que ouvia. E desde bebê a gente lê dois ou três livros, então ele desenvolveu esse gosto pela leitura”, conta a mãe. Segundo Rute, Matias também escuta podcasts de contação de histórias…

Projeto registra histórias de leitura e suas relações com a capital mineira

Trabalhos e entrevistas de pesquisadores, escritores, jornalistas e rappers serão reunidos em livro Projeto surge da ideia de retratar a relação do belo-horizontino com a leitura (Ilustração Anna Cunha)
Larissa Troian
Para os belo-horizontinos que prezam por uma boa leitura, espaço nunca foi problema: cafés, bibliotecas, livrarias e eventos literários sempre fizeram parte da rota cultural da capital.
Para tentar entender melhor essa conexão entre os leitores e esses bens culturais, bem como seu significado na vida das pessoas, o projeto “História Afetiva de Leitores e Bibliotecas em Belo Horizonte” vai reunir depoimentos de moradores da capital mineira em livro e também em uma exposição. Idealizado pela bibliotecária Cleide Fernandes, o projeto tem o objetivo de “contar as muitas histórias de leitores, leituras e bibliotecas na cidade”.
Vozes da cidade
O livro contará com depoimentos de moradores da capital que atuam na criação e produção literárias, na formação de profissionais e na pr…