Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 8, 2019

Dom Helder: 110 anos

Imagem
Padre Geovane Saraiva* Registro, com carinho, os 110 anos de nascimento de Dom Helder Câmara (07/02/1909), que, ao assumir a Arquidiocese de Olinda e Recife (11/04/1964), assim se expressou: “Quem estiver sofrendo no corpo e na alma; quem, pobre ou rico, estiver desesperado, terá lugar no coração do bispo”. Podemos perceber que, dentro da missão do Filho de Deus, essa expressão nos diz que não basta se encantar e se admirar com os ensinamentos de Jesus de Nazaré, no testemunho dado a seu respeito na sinagoga. Urge, da nossa parte, seus seguidores, acolher com generosidade sua força profética, encarnada em Dom Helder Câmara, inserindo-a na dolorosa realidade da vida humana e do mundo. Também é tarefa nossa não prescindir dos sinais luminosos da presença de Deus e, igualmente, se deve atentar para sombras, equívocos, lacunas e escuridões: “Quando os problemas parecem ser absurdos, os desafios são apaixonantes”.

Como é visível a dinâmica e os alicerces do Reino de Deus, na misteriosa e i…

Ofélia destaca a importância da literatura no ensino

Imagem
Educadora explica a importância do ensino da literatura na formação dos estudantes.Ofélia Fonseca A professora Tatiane durante aula de literatura para uma turma do Fundamental II (Foto: Divulgação/Ofélia) Além de ser uma disciplina que integra a grade curricular das turmas do Ensino Fundamental II ao Ensino Médio, no Ofélia a literatura é considerada também uma importante manifestação artística e cultural, que tem nas palavras, a matéria-prima necessária para construir versos e ideias de forma sensível e coerente. Mas, você sabe qual a importância da literatura no ensino dos estudantes? Segundo a professora de língua portuguesa e literatura do Ofélia, Tatiane Reghini de Mattos, além de ser um passo importante na alfabetização, a literatura reforça o interesse dos estudantes pela leitura e promove uma série de transformações em seu processo educacional. “A aproximação com a literatura desenvolve diversas habilidades. A mais óbvia é a linguagem, através da qual a literatura se estrutur…

Literatura em cordel é utilizada para ensinar alunos sobre a Lei Maria da Penha

Imagem
Por Samuel Pinusa, G1 CE Alunos aprendem sobre a Lei Maria da Penha por meio da literatura de cordel — Foto: Arquivo pessoal
Os alunos de Fortaleza contam com uma nova maneira de aprender sobre a Lei Maria da Penha: um cordel homônimo à lei, de autoria do cearense Tião Simpatia. Tombado em 2018 como patrimônio cultural do Brasil, a literatura em cordel é utilizada pelo cearense como metodologia lúdica, com o objetivo de educar sobre o tema. Tião Simpatia, criador do cordel e idealizador do projeto tem levado a arte para o ambiente escolar. O projeto iniciou, em Fortaleza, em novembro do ano passado, e contemplou 38 escolas até o fim do ano. Nos dois primeiros meses de 2019, o objetivo é contemplar mais 32 escolas. O evento é fruto de uma parceria entre o Instituto Maria da Penha e a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc). Tião revelou que a experiência, até agora, tem “superado as expectativas”. “Os alunos estão interagindo bastante, os professores também. A gente usa a arte, o cord…

Em apresentação única e gratuita no Teatro Celina Queiroz, espetáculo homenageia Rachel de Queiroz

Imagem
Do que mais se pode falar sobre Rachel de Queiroz (1910-2003)? Que é cearense e uma das maiores escritoras do País? Que, entre outras conquistas, tornou-se a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras? Que, ainda em vida, teve todas as obras reverenciadas, amplamente discutidas e analisadas? Talvez de tudo isso e um pouco mais. Não se trata de repetir informações, porém. No oceano de referências na qual está mergulhada a produção da autora, as reflexões e perspectivas são intermitentes, o que justifica a profícua quantidade de adaptações, releituras e trabalhos dos mais criativos sobre sua vida e obra. O mais recente deles acontece, em sessão única e gratuita, no Teatro Celina Queiroz neste sábado (9), às 19h. "Rachel - No Balanço de uma Rede" é uma montagem que parte da trajetória humana e profissional de Rachel de Queiroz não apenas para homenageá-la, mas, sobretudo, oferecer ao público um generoso apanhado do panorama histórico, social, político e cultur…

Brasil: desigualdades

Imagem
Por Gonzaga Mota - Professor aposentado da UFC
A despeito das raízes do passado, as causas das desigualdades no Brasil encontram-se, principalmente, nas limitações do processo de crescimento, nas tentativas fracassadas de ajuste econômico e nas consequências pouco vantajosas do processo de reestruturação econômica imposto pela globalização.  Ao longo dos anos 1980, o crescimento econômico brasileiro foi prejudicado em razão da crise gerada pela dívida externa, pelo progressivo déficit público e a consequente crise do Estado e da administração pública, além da inflação decorrente e das tentativas malsucedidas de estabilização econômica. Os resultados não poderiam ser outros que não o agravamento dos problemas sociais, pois cresceu o contingente de pobres e indigentes, acentuaram-se as desigualdades, tornando-se vulneráveis vários segmentos da sociedade.  Os efeitos também se fizeram sentir no nível de desemprego em todo o País. O processo de urbanização foi muito veloz. Formaram-se ent…

Municipal do Rio busca parceria para criação de museu do teatro

Imagem
A nova direção do Theatro Municipal está buscando, com apoio da Secretaria de Estado de Cultura e da Superintendência de Museus, parcerias para viabilizar a criação do museu do teatro. A ideia é que todo o acervo documental, iconografias, figurinos e cenários fiquem abertos à visitação. O museu deverá funcionar no próprio Theatro Municipal, com exposições permanentes, temporárias e itinerantes. A Central Técnica de Produção do teatro, localizada no bairro da Gamboa, região portuária, receberia também uma galeria, segundo o novo presidente da casa, Aldo Mussi. A expectativa é que o museu esteja funcionando dentro de um ano e meio ou dois anos. Sala Cecília Meireles Aldo Mussi está acumulando o cargo de presidente do Theatro Municipal e diretor-geral da Sala Cecília Meireles e não descarta a possibilidade de uma gestão conjunta. A equipe de Mussi está formatando modelos que permitam integrar várias ações. Já está definido, por exemplo, que a orquestra e o coro do Municipal vão participa…

Mais Visitadas

Espírito Santo: Dom Pascal

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil

PRESIDENTE DE PORTUGAL FELICITA CHICO BUARQUE POR PRÊMIO CAMÕES DE LITERATURA