Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 6, 2019

Um PGR pra chamar de seu

Algumas instituições, a exemplo do Ministério Público dos Estados e do Distrito Federal, têm seus dirigentes escolhidos pelos seus integrantes, dentre aqueles que figuram em uma lista tríplice, formada pelos três candidatos mais votados, em eleição direta.
Trocando em miúdos, o Procurador Geral de Justiça, chefe do Ministério Público Estadual, deve ser escolhido dentre aqueles que formam a lista tríplice.
O Procurador Geral da República, chefe do Ministério Público Federal, de forma bem diferente, é escolhido pelo Presidente da República, dentre os integrantes da carreira, maiores de 35 anos, após aprovação da maioria absoluta dos senadores.
Assim estabelece o art. 128 da Constituição Federal de 1988.
Por mais democrática que seja nossa CF, e por mais que tenha dotado o MP de uma feição necessária para zelar pelo regime democrático de direito, está claro que o legislador constituinte preferiu estabelecer algumas “amarras”, de modo a possibilitar certa “ingerência” por parte do Execut…

O cristão é sempre jovem

Papa Francisco Meditações Matutinas na Santa Missa Celebrada na Capela da Casa de Santa Marta.  O cristão é sempre jovem «Ou és jovem de coração, de alma, ou não és plenamente cristão». A homilia do Papa foi um verdadeiro hino à vida, à vitalidade, à «juventude do Espírito», contrastando a deriva cansada de muitas pessoas “reformadas” na alma, abatidas pelas dificuldades e pela tristeza porque «o pecado envelhece». Um vento de alegria fundado no «grande dom que Jesus nos deixou»: o Espírito Santo. Ponto de partida da reflexão do Pontífice foi o trecho evangélico do dia (Jo 16, 5-11) que contém um excerto do discurso de despedida dos apóstolos durante a última Ceia. Nesta ocasião Jesus «diz muitas coisas», mas «o centro deste discurso é o Espírito Santo». De facto, o Senhor oferece aos seus amigos uma autêntica «catequese sobre o Espírito Santo»: começa notando o seu estado de ânimo — «Por Eu ter dito que vou embora, a tristeza encheu o vosso coração» — e «reprova-os suavemente» pois, …

Esperança e felicidade

Por Gonzaga Mota - Professor aposentado da UFC
No atual estágio da humanidade, destacam-se como fundamentais os direitos à vida e à liberdade, como também o direito de se ter o mínimo indispensável para alcançar a cidadania. Ações de política econômica precisam ser concebidas visando buscar uma melhor justiça distributiva, consequentemente uma organização socialmente justa. A vida é mais agradável e bela quando percebemos a presença da amizade e a ausência da inveja e do ódio. Torna-se básico a exaltação dos valores internos e morais, para que possamos buscar felicidade e esperança. Vivemos dias de expectativas, para não dizer de intranquilidade e angústia no contexto mundial. Em todas as nações, das mais ricas às mais pobres, existem problemas relacionados com a falta de entendimento, humildade, justiça, amor e paz. Acreditamos que a supremacia dos valores materiais sobre os espirituais é a grande responsável pelo atual desajuste universal. Quando dizemos valores espirituais não esta…

Cartunistas protestam contra censura à exposição na Câmara de Porto Alegre; veja as obras proibidas

Charges tinham críticas a Bolsonaro e Trump e exposição foi suspensa pela presidente da Casa, que disse mostra caracterizava clara falta de respeito ao presidente da República. A exibição batizada de O Riso é Risco - Independência em Risco, trazia 36 obras de 19 cartunistas diferentes. Foto (Divulgação) Após a Câmara de Vereadores de Porto Alegre ter determinado a retirada de uma exposição de charges do saguão do prédio, por conter críticas aos presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump, os cartunistas integrantes da mostra fizeram,na quinta-feira, 5, protesto em frente à sede do Legislativo, na capital gaúcha.

Com réplicas dos desenhos em tamanho reduzido, os artistas se manifestaram contra o que entendem ter sido um ato de censura da presidência da Câmara Municipal. A exibição batizada de O Riso é Risco - Independência em Risco, trazia 36 obras de 19 cartunistas diferentes.

Os trabalhos, em tamanho A3, tinham permissão de ficar no hall da Câmara até 19 de setembro, porém foram retirado…