Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 11, 2018

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

Carlos Delano Rebouças*


Estou eu aqui sobre esta folha de papel, deitado, bem afinado, sem inspirações para torná-la escrita, à espera de uma leitura interessada. Ninguém, na verdade, esboça me segurar; nem mesmo os mais inspirados. 
Sou eu - de miolo escuro, negro e pontiagudo - sedento para girar sobre essa folha de papel; para percorrer suas linhas como se o sangue de quem nos segura escorresse de sua alma, fazendo escalas pelo seu coração, braços, mãos e dedos, que me seguram, conduzindo-me conforme o seu desejo de externar tudo que sente e pensa.
Por que, meu Deus, não surge alguém nessa sala para se sentar a esta mesa que nos acomoda em sua superfície, usando-nos, mesmo que com o tempo nos tornemos pequenos, insignificantes e descartáveis? Ouvem-se as lamentações do improdutivo lápis!
Como pode um lápis lamentar a falta de seu uso, diante do ávido desejo de um apontador que se avizinha para destruí-lo em segundos, em giros impiedosos?
Às vezes, precisamos aceitar a nossa condiç…

Um mestre da literatura em Londrina

Londrina recebe hoje a visita do mais importante crítico literário do país: Rodrigo Gurgel. A convite do Clube do Livro, ele fará uma palestra sobre o romance "São Bernardo", de Graciliano Ramos, obra clássica da literatura brasileira. O evento é aberto a todas as pessoas interessadas em alta cultura, inclusive os sete leitores desta coluna. 
A experiência de ler um grande crítico literário - um Edmund Wilson, um Isaiah Berlin, um Otto Maria Carpeaux, um Álvaro Lins, um José Guilherme Merquior, um Wilson Martins - é como a de mergulhar em um grande romance ou um grande poema. Trata-se de uma jornada intelectual que ajuda a compreensão de nós mesmos e do mundo ao nosso redor. A leitura dos ensaios de Rodrigo Gurgel equivale a esse mergulho na revelação; contudo, a experiência de ouvi-lo também é inesquecível. Ao talento crítico, Gurgel une o talento de professor. 
Inimigo dos modismos intelectuais e jargões acadêmicos, Rodrigo Gurgel concilia as virtudes aparentemente oposta…

TSE vai tratar de fake news com WhatsApp e quer lançar aplicativo para denúncias

'Há preocupação específica com o que circula no WhatsApp, porque não é uma rede monitorada'. "Não há nenhuma intenção de controle de conteúdo. Há preocupação com agressões infundadas contra a instituição da Justiça Eleitoral", completou Martins Castro. (Pixabay)
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai marcar uma reunião para os próximos dias com representantes do WhatsApp com o objetivo de discutir a disseminação de fake news na campanha eleitoral brasileira, especialmente aquelas que atingem a imagem da Justiça Eleitoral e a segurança do sistema.
O TSE também pretende utilizar o próprio site do tribunal para catalogar notícias falsas dirigidas à instituição, para desmistificar ataques e reiterar que não há comprovação de fraude em 22 anos de utilização das urnas eletrônicas.
Em outro esforço para rebater boatos e falsas acusações, a Corte Eleitoral está trabalhando em um aplicativo em que os próprios usuários poderão denunciar fake news, mas ainda não se sabe se a f…

Morre, aos 92 anos, a escritora Zibia Gasparetto

Morreu, aos 92 anos, em São Paulo, a escritora Zibia Gasparetto. Ela lutava contra um câncer no pâncreas. O enterro será às 15h no Cemitério de Congonhas. O velório começa de manhã. Há cinco meses, ela perdeu um dos filhos, o apresentador Luiz Gasparetto, de 68 anos, que morreu de câncer no pulmão. Em 68 anos dedicados ao espiritismo, Zibia Gasparetto publicou 58 obras e teve mais de 18 milhões de livros vendidos. Os livros dela fazem uma espécie de ponte entre os vivos e os que já morreram. Nas redes sociais, a equipe da escritora confirmou a morte. A escritora Zibia Gasparetto - Biblioteca Santos Dumont/Governo Santa Catarina “O astral recebe com amor uma de suas representantes na Terra.”, diz o texto. “Zibia Gasparetto, 92 anos, completou hoje sua missão entre nós e parte para uma nova etapa ao lado de seus guias espirituais, deixando uma legião de fãs, amigos e familiares, que foram tocadas por sua graça, delicadeza e por suas palavras sábias.” Em várias entrevistas, Zibia Gaspar…