Postagens

Mostrando postagens de Outubro 4, 2018

Francisco, o Pobrezinho de Assis

Imagem
Padre Geovane Saraiva* Personalidade atraente e incontestável, São Francisco lutou por um mundo solidário e de fronteiras abertas, numa dinâmica estimuladora, com um não à indiferença e à neutralidade dos católicos e dos não católicos. Exemplo de docilidade, chamava todas as criaturas de irmãs, recolhendo pelos caminhos as lesmas, para que não fossem pisadas pelos homens; alimentava de mel e vinhos as abelhas no inverno, para que não morressem de frio e de fome. O jeito de viver de Francisco de Assis, com seu coração repleto de ternura, foi um confronto radical com as forças e relações infra-humanas de seu tempo, advertindo-as para não se apropriarem do meio ambiente e da vida humana no seu todo, aqui na assertiva de seu biógrafo, Tomás de Galeno: “Quando se encontrava com as flores, pregava-lhes como se fossem dotadas de inteligência, e as convidava, numa comovedora ternura, a louvar o Senhor”.
No tempo em que São Francisco viveu neste mundo, de 1182 a 1226, era fácil encontrar pesso…

No cordel, na música ou nas histórias ficcionais, Festa Literária da Caixa Cultural celebra a literatura em suas diferentes expressões

Imagem
Literatura, dizia Fernando Pessoa, "existe porque a vida não basta". Como a extensão da vida, a arte da palavra nos transborda: recria a vida, pulsa em vivências. Para celebrar as múltiplas expressões do pensamento por meio da literatura, a Festa Literária da Caixa (Flicaixa) discute estilos literários, contemporaneidade, arte e cultura em suas diferentes nuances. A partir de hoje, autores e leitores encontram-se na Caixa Cultural Fortaleza para festejar o cordel, a música, literatura local e histórias de vida que saltam dos livros. "Todo leitor recria a obra que lê, porque a insere no seu próprio tempo. Estreitar laços entre criadores e leitores é uma vivência muito valorosa", considera Aurélio Schommer, curador do evento. Para ele, as festas literárias chamam a atenção para a necessidade de ampliar experiências de leitura."É preciso pensar a literatura para além do objeto-livro: o maior desafio é explorar, a partir dela, a criação pela palavra em outros sup…

Por Enem, governo adia início do horário de verão para 18 de novembro

Imagem
É a segunda mudança de data. A primeira foi por causa do segundo turno das eleições. MEC temia que candidatos pudessem perder o exame, caso ocorresse no mesmo dia da mudança dos relógios. (USP Imagens)
O Palácio do Planalto confirmou na noite dessa quarta-feira, 3, que excepcionalmente o horário de verão só terá início este ano à zero hora do dia 18 de novembro, quando os relógios serão adiantados em uma hora.

É a segunda mudança de data. A primeira foi por causa do segundo turno das eleições. Agora, a alteração atende ao Ministério da Educação (MEC), considerando a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dois primeiros domingos de novembro (4 e 11).

Com o fim do horário de verão mantido para 16 de fevereiro (quando o relógio deverá ser atrasado em uma hora), o horário de verão 2018-2019 terá 91 dias de duração, 35 a menos do que em 2017-2018. No ano passado, o governo Michel Temer chegou a cogitar acabar com a mudança, que atinge sobretudo o Sudeste.

No dia 26 de setembr…

Fundação Raimundo Fagner apresenta a magia das cantigas de roda no mês das crianças

Imagem
Espetáculo musical faz parte do projeto “Aprendendo com arte” e promete encantar crianças e adultos em Fortaleza e Eusébio Foto: Johnson Rocha Durante o mês de outubro, a Fundação Raimundo Fagner resgata as músicas e as brincadeiras da infância do passado através do espetáculo “Cantigas de Roda”. A montagem, que conta com a participação de 90 crianças do projeto “Aprendendo com Arte”, pode ser vista na próxima segunda-feira, 08, na Escola Santa Clara de Assis, no Eusébio, com sessões às 09h e 15h. A entrada é gratuita. Sob direção cênica de Mariana Eli, o show é uma verdadeira imersão na inocência das brincadeiras infantis nos quintais e nas ruas, provocando uma reflexão sobre como a diversão das crianças passou a desocupar esses espaços. Apresentado por artistas mirins de 7 a 12 anos, o espetáculo faz uma releitura de grandes hits (samba, maracatu, valsa, marcha rancho, rock, entre outros), estimulando o processo de aprendizagem por meio da música e do teatro. As apresentações seguem…

Referência da história contemporânea, Constituição completa 30 anos

Imagem
Referência da história política contemporânea do país, a promulgação da Constituição Cidadã em 5 de outubro de 1988 foi marcada por discursos e emoção. O principal símbolo do processo de redemocratização nacional completa 30 anos nesta sexta-feira (5). Emendado 99 vezes, o texto exige aperfeiçoamentos constantes, segundo especialistas. Mas a essência de preservação da cidadania, das instituições e da unidade do Estado são mantidos.
Após 21 anos de ditadura militar, passou a vigorar a Constituição como instrumento que proporcionou a criação de mecanismos para evitar abusos de poder do Estado.  O presidente da Assembleia Nacional Constituinte, deputado Ulysses Guimarães (então PMDB-SP), ao promulgar o texto, ressaltou que a nova Constituição não era perfeita, mas seria pioneira no país. “Não é a Constituição perfeita, mas será útil, pioneira, desbravadora. Será luz, ainda que de lamparina, na noite dos desgraçados. É caminhando que se abrem os caminhos. Ela vai caminhar e abri-los”, di…

Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância

Imagem
Universidades particulares terão disciplina sobre desenvolvimento infantil em cursos da área de saúde, pedagogia, psicologia e serviço social. O anúncio foi feito hoje (3), pela Associação Nacional das Universidades Particulares (Anup).  A disciplina foi desenvolvida pela Anup em parceria com a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal e é fruto de acordo firmado entre Anup, Ministério da Educação e Ministério do Desenvolvimento Social. A Anup foi procurada pelo governo para que contribuísse com ações voltadas para a primeira infância. "A forma mais efetiva [de contribuir] era deixar um legado e colocar dentro dos cursos de formação dos professores de maneira que todos os professores saibam da importância desse período que vai de 0 a 6 anos", diz a vice-presidente da Anup, Elisabeth Guedes.   A Anup reúne atualmente 185 instituições de ensino particulares associadas com mais de 2 milhões de alunos de graduação. Dessas, 166 instituições já declararam interesse em participar da in…

Mais Visitadas

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

VIVENDO E APRENDENDO

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil