Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 15, 2020

Fundação Cultural inicia programa biblioteca delivery em Paranavaí

Programa de incentivo à leitura vai possibilitar empréstimo de livros que fazem parte do acervo das bibliotecas do município, sem precisar sai de casa Empreste um livro para ler sem sair de casa! Este é o slogan da Biblioteca Delivery, um programa iniciado esta semana pela Fundação Cultural de Paranavaí. A ideia do programa de incentivo à leitura é fazer o empréstimo de livros que fazem parte do acervo das bibliotecas do município, sem que haja o atendimento presencial ao público. “O atendimento remoto faz parte das medidas de prevenção ao Covid-19 em Paranavaí. Por isso, o atendimento não está sendo realizado nos prédios das bibliotecas do município. Quem tiver interesse de pôr e leitura em dia, sejam adultos ou crianças, ou até mesmo começar a desenvolver o hábito de ler, pode emprestar um livro sem sair de casa. A Fundação Cultural levará e buscará os livros na casa do leitor”, explica o presidente da Fundação Cultural, Rafael Torrente. Os pedidos dos livros podem ser feit

Clarice Lispector será tema de samba-enredo no Rio

A Tradição, que em 2021 volta ao grupo especial do Rio, vai homenagear a escritora cujo centenário de nascimento é lembrado em dezembro A escritora Clarice Lispector será tema de escola de samba no Rio em 2021. Quem decidiu homenagear a autora, cujo centenário de nascimento é celebrado este ano, foi a Tradição, que volta ao grupo especial do carnaval do Rio do próximo ano. De autoria do carnavalesco e artista plástico Leandro Valente, o enredo ganhou o nome de Clarice. Ao  Estadão , Valente disse que a ideia de homenagear a autora era antiga e que como a escola voltou para a série A, decidiram que era o momento certo. “Estamos num momento de incertezas, tempos difíceis. Achamos que a nossa forma de contribuir com dias e meses melhores é com arte. E resolvemos lançar o enredo Clarice. Está sendo lindo ver nossas baianas, passistas e velha guarda pulsando emoção”, contou. A ideia da escola é narrar a vida de Clarice e falar sobre sua obra. Como já adiantou, o desfile será dividid

Ator Antonio Calloni se exercita na literatura

Ele lança novo livro e promove projeto de poesia em suas redes sociais durante a quarentena Ator cita seu personagem na recém-concluída novela Éramos seis como um dos favoritos de sua carreira (foto: Maurício Fidalgo/Divulgação) Aos 58 anos, Antonio Calloni viveu de tudo na  televisão , no cinema e nos palcos, numa carreira que teve início nos anos 1980. No fim dos anos 1990, ele enveredou também por outra vertente artística: a escrita. A estreia foi com Os infantes de dezembro, em 1999. Vinte e um anos depois do primeiro livro, Calloni lança o  romance  Filho da noite. “É tudo farinha (a atuação e a literatura) do mesmo saco. E que farinha! Para mim, criatividade (arte) é investigação, prazer e  provocação . O escritor é mais despudorado, 'honesto', sem filtro. O ator tem o filtro do personagem, mas não deixa de se entregar aos leões. É uma entrega absoluta! Criar é  fascinante ,  e o trânsito entre essas duas áreas é fácil, familiar e prazeroso”, diz ele. Publicad

Esquerda e direita

Diz-se que: "quando a esquerda começa a contar dinheiro, converte-se em direita" e, por sua vez, quando a direita deixa de contar dinheiro, vira esquerda. Essas observações mostram a importância dos aspectos monetários na formação do pensamento e das atitudes, ao longo do tempo, de boa parte da humanidade. Estudiosos abordaram tal comportamento à luz de princípios políticos, éticos e morais. Assim, por exemplo, aconteceu na Antiguidade, com Platão, na segunda metade do século XIX com Engels, e mais recentemente com Max Weber, dentre muitos outros. Nos dias atuais, o pragmatismo está ocupando espaço das opções institucionais, o que nos confunde e aumenta as dúvidas relacionadas com a existência e a verdade, analisadas por Sartre. Acreditamos serem as manifestações pragmáticas influenciadas pelo maniqueísmo direita e esquerda, pela ânsia do poder, pela falta de solidariedade, pelo individualismo e pela ausência de sentimentos espirituais. O Estado existe não para ser opresso

Filha de Lilia Cabral ajudará alunos da rede pública tirando dúvidas sobre literatura na quarentena

Por  Estadão Conteúdo Giulia Bertolli é formada em Letras e quer ajudar os estudantes pelas redes sociais Lilia parabenizou a filha pela iniciativa Reprodução / Instagram Giulia Bertolli, filha da atriz Lilia Cabral, emocionou a mãe nesta quinta-feira (14), ao se oferecer para tirar  dúvidas de literatura  para alunos da rede pública do 3º ano do ensino médio. Formada em Letras  pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro, a jovem está priorizando estudantes que estão sem aula online e não têm estrutura para estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). "Me disponibilizo a te ajudar tirando dúvidas de literatura sem nenhum custo. Se você se encontra nessa situação,  só me chamar no direct  [do Instagram, perfil @giuliabertolli]", escreveu. "Peço que, quem puder e quiser, compartilhe esse post para alcançar o maior número de pessoas." A iniciativa da filha de Lilia Cabral  reflete a realidade  de estudantes brasile

Apagão cultural

Falta percepção, entendimento e consideração das potencialidades e relevância do setor cultural no Brasil Centro de Arte e Mídia (ZKM), em Karlsruhe, Alemanha, congrega o Museu de Arte Nova, o Museu da Mídia, o Instituto de Mídias de Imagem, o Instituto de Música e Acústica e o Instituto de Mídia, Educação e Economia (KTG Karlsruhe Tourismus GmbH, Foto Mende) Eleonora Santa Rosa* Praticamente no escuro, em fim de tarde chuvoso, à luz de velas, em função da ineficiência da Companhia Energética de Minas Gerais, a antiga gloriosa Cemig, que nas duas últimas semanas tem  me obrigado a lidar com o improviso de escrever o artigo semanal na penumbra, sem internet, à beira de um apagão sem fim. Pegando a deixa, assim como o apagão cultural brasileiro em curso bem antes dos impactos causados pela pandemia que agora nos impõe mudanças radicais de pensamento e comportamento. Lendo a respeito das providências que estão sendo adotadas em países europeus e mesmo no EUA, principalmente em

15 de maio de 2020 – Dia Internacional da Família

A Família e a Sociedade A Família é a célula originária da vida social. É a sociedade natural na qual o homem e a mulher são chamados ao dom de si no amor e no dom da vida. A autoridade, a estabilidade e a vida de relações dentro dela constituem os fundamentos da liberdade, da segurança e da fraternidade no conjunto social. A família é a comunidade na qual, desde a infância se podem assimilar os valores morais, tais como honrar a Deus e usar corretamente a liberdade. A vida em família é iniciação para a vida em sociedade. A família deve viver de maneira que os seus membros aprendam a cuidar e a responsabilizar-se pelos jovens e pelos velhos, pelos doentes ou deficientes e pelos pobres. São numerosas as famílias que, em certos momentos, não são capazes de proporcionar essa ajuda. Cabe então a outras pessoas, a outras famílias e, subsidiariamente, à sociedade prover às suas necessidades: “A religião pura e sem mácula diante de Deus, nosso Pai, consiste nisto:  visitar os órfãos e