Postagens

Mostrando postagens de Outubro 5, 2018

A Bíblia

Imagem
Gonzaga Mota* Organizamos e apresentamos no dia 29 de setembro, o livro "Diariamente com a Bíblia Sagrada - citações para meditar com fé". No dia seguinte (30), comemora-se a data da Bíblia, bem como a festa de São Jerônimo. O mencionado Santo, encarregado pelo Papa Damaso, realizou um trabalho extraordinário para o cristianismo. Escrita em épocas e locais distintos, nos idiomas aramaico, hebraico e grego, o teólogo traduziu-a para o latim. A partir desse momento ocorreu uma ampla divulgação em várias línguas. Até hoje o Livro dos Livros continua sendo o mais importante de todos os tempos, todavia não sabemos se é o mais lido e interpretado. O Antigo Testamento, escrito a.C., abrange 46 textos e o Novo Testamento, escrito d. C., contempla 27. Consideramos, por suas passagens espirituais e de vida, com análises filosóficas e teológicas, o texto mais sábio da literatura universal. Qualquer livro de qualquer autor (prosa, poesia, etc) se examinarmos encontramos alguma mensagem …

Prêmio Nobel da Paz vai para um médico congolês e uma ativista yazidi

Imagem
Prêmio Nobel da Paz de 2018 foi concedido hoje (5) a uma dupla considerada exemplo de esforços para para acabar com o uso da violência sexual como arma de guerras e conflitos armados. O congolês Denis Mukwege e a ativista do povo yazidi Nadia Murad são os agraciados este ano. “Cada um deles à sua maneira ajudou a dar maior visibilidade à violência sexual em tempo de guerra, de modo que os perpetradores possam ser responsabilizados por suas ações”, diz o texto oficial da Academia do Prêmio Nobel, na Suécia. O prêmio reconhece a maior contribuição para a paz mundial. A ativista Nadia Murad e o médico Denis Mukwege recebem o Prêmio Nobel da Paz 2018 - Reuters/Lucas Jackson/Vincent Kessler/Direitos reservados
Médico ginecologista, Denis Mukwege atua nos cuidados e na defesa das vítimas de violência e abuso sexual. Já Nadia Murad, da minoria yazidi perseguida em vários países, é considerada testemunha dos abusos. Ela foi escrava sexual no Iraque. Indicados A lista de indicados é mantida …

Livros com temática de direitos humanos são vandalizados na UnB

Imagem
Cinco livros sobre direitos humanos do acervo da Biblioteca Central (BCE) da Universidade de Brasília (UnB) foram propositalmente danificados, tendo algumas páginas rasgadas e riscadas. A instituição divulgou nota informando que está fazendo uma varredura em outros títulos que tratam do mesmo assunto para verificar se há mais obras vandalizadas. O diretor da BCE, Fernando Leite, informou à Agência Brasil que está sendo feita uma investigação preliminar para apurar as circunstâncias e identificar os responsáveis. Segundo ele, a varredura no acervo deve demorar entre 7 e 15 dias. Universidade de Brasília está fazendo varredura para identificar se outras obras foram danificadas - Arquivo/Agência Brasil “A gente precisa fazer essa identificação para encaminhar o caso para a Polícia Federal. O livro dentro de uma universidade pública é patrimônio público e a investigação sobre depredação de patrimônio público é atribuição da PF”, explicou. Leite disse que funcionários da biblioteca já tin…

Mais Visitadas

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Deus eleva os humildes

VIVENDO E APRENDENDO

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599