Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 25, 2019

Dia nacional do Escritor. Como Surgiu?

O Dia Nacional do Escritor é comemorado em 25 de julho no Brasil. Esta data é uma homenagem aqueles que se dedicam às palavras escritas. Sejam nos textos científicos ou fictícios, os escritores precisam ter a grande habilidade de entreter os leitores. Para isso, é necessário um vasto conhecimento de vocabulários, da gramática e ortografia, além de uma boa dose de criatividade e conhecimentos gerais do mundo. A nível internacional, os escritores são homenageados em 13 de outubro, data conhecida como o Dia Mundial do Escritor. Origem do Dia Nacional do Escritor A ideia de homenagear todos os escritores no dia 25 de julho surgiu a partir do I Festival do Escritor Brasileiro, organizado na década de 1960 pela União Brasileira de Escritores, sob a presidência de João Peregrino Júnior e Jorge Amado, um dos principais nomes da literatura nacional. Jorge Amado, um dos grandes nomes da literatura brasileira Frases para o Dia do Escritor"Escrever é estar no extremo de si mesmo." (João…

Dia Nacional do Escritor tem programação em JP

No evento Luiz Augusto de Paiva falará sobre a UBE e Hildeberto Barbosa falará sobre 'O que é ser escritor'
Com uma programação marcada por homenagem, palestras e lançamento da Campanha Esqueça um Livro, a Fundação Casa de José Américo (FCJA) fará a terceira edição do evento que comemora o Dia Nacional do Escritor, nesta quinta-feira (25). Na ocasião será homenageada a escritora Neide Medeiros Santos. A programação inicia às 9h com abertura da presidente da FCJA, professora Viviane Vieira Coutinho, com a participação especial da homenageada, que falará sobre ‘Minhas experiências com a Literatura’ e será apresentada pela professora Janete Lins Rodriguez. A seguir, o jornalista e escritor William Costa mediará as participações do presidente da União Brasileira de Escritores (UBE), Luiz Augusto de Paiva, que falará sobre a entidade, e o acadêmico Hildeberto Barbosa falará sobre ‘O que é ser escritor’. Esqueça um livro Na ocasião será lançada a Campanha Esqueça um livro. O objetivo…

'I Jornada Literária' celebra o Dia Nacional do Escritor em Petrolina

Evento acontece na sexta-feira (26) e sábado (27). Por G1 Petrolina Nesta quinta-feira (25) é comemorado o Dia Nacional do Escritor. Em referência à data, o núcleo regional da União Brasileira de Escritores (UBE) realiza a 'I Jornada Literária', na sexta-feira (26) e sábado (27) em Petrolina, no Sertão Pernambucano. A programação da sexta-feira (26) conta com recital, apresentação musical e exposição de livros. As atividades têm início às 16h, no Beco da Cultura, localizado na Avenida Guararapes, no centro. No sábado (27), haverá participação de artistas regionais, declamação de poesias e cordéis, e exposição de livros e produções artísticas de escritores locais. O evento têm início às 10h, no Sebo Rebuliço, localizado na rua Pacifico da Luz, 244 a, centro. O evento é gratuito e aberto ao público. Outras informações no telefone (87) 98824-0626.

Brasília produz cada vez mais literatura, graças a novos e antigos talentos

Neste 25 de julho, data escolhida para comemorar o Dia do Escritor, Brasília tem o privilégio de abrigar experientes e novos autoresJuliana Andrade Seja em um romance, seja em um drama, seja em um conto infantil, ler nos faz entrar em um outro mundo. E, por trás das páginas, há alguém que escolheu cada palavra e, de um jeito particular, se dedicou a contar aquela história. Nesta quinta-feira (25/7), essas pessoas são homenageadas no Dia Nacional do Escritor. E Brasília tem o privilégio de ser berço de vários deles. Cerca de 20 livros são lançados mensalmente na capital, segundo o Sindicato de Escritores do Distrito Federal. Os autores vão de profissionais experientes a jovens que estão escrevendo os primeiros capítulos de sua trajetória na literatura. A estudante Mariana Negreiros, 16 anos, está produzindo o terceiro livro. Os títulos publicados fazem parte de uma trilogia que ela lançou quando tinha apenas 14 anos, com a obra Os segredos de um colar. “Gosto de escrever desde pequena…

Relembre 12 livros paradidáticos cearenses que eram cobrados no vestibular da UFC

Por Diego Barbosa, 
O Verso listou 12 títulos que já foram leitura obrigatória para seleção na Universidade Federal do Ceará
Desde 2009, quando o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) passou a funcionar como vestibular unificado, muitas práticas do antigo formato de seleção para o concurso ficaram para trás. A lista de obras literárias recomendadas para leitura foi uma delas.  A exigência, para além da mera obrigação de acompanhar as narrativas, oportunizava o fomento para que novos olhares sobre as letras cearenses e nacionais pudessem ser estimulados. Na corrida da aprovação, a oportunidade de mergulho na criatividade de grandes autores e autoras. De forma a rememorar os títulos e atestar o caráter atemporal deles, o Verso listou 12 clássicos da literatura cearense que já foram leitura obrigatória para o vestibular da Universidade Federal do Ceará (UFC).  A seleção foi elaborada com o auxílio da professora Maria de Jesus de Sá Correia, que coordenava …