Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 22, 2018

Morre, aos 86 anos, o jornalista Alberto Dines

O jornalista Alberto Dines morreu nesta terça-feira (22) aos 86 anos. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo a esposa Norma Couri, o jornalista foi levado ao hospital há dez dias em decorrência de uma gripe que evoluiu para pneumonia e faleceu devido a problemas respiratórios. Jornalista desde 1952, Alberto Dines dirigiu a Redação do Jornal do Brasil num de seus períodos mais inovadores e criativos, de 1962 a 1973. Em 1975, quando foi dirigir a sucursal da Folha de S.Paulo no Rio de Janeiro, lançou a coluna "Jornal dos Jornais", considerada precursora na crítica sistemática dos meios de comunicação no país. Foi, de certa forma, um pioneiro na função de ombudsman, atuando como crítico da mídia brasileira. Em 1996, lançou o Observatório da Imprensa, um dos frutos do Projor -Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo-, também criado por Dines com o apoio da Unicamp. Nas últimas duas décadas, Dines dedicou-se a fomentar o jornalismo com as a…

Bill Gates quer que você leia estes 5 livros nas férias de julho

Grandes mentes tendem a ser alimentadas com grandes livros e, sem dúvidas, Bill Gates é uma personalidade de grande importância no desenvolvimento dos saberes científicos da atualidade. Ele é um leitor voraz e frequentemente traz aos admiradores de seus trabalhos notas e resenhas sobre seus títulos preferidos por meio de seu blog Gates Notes. O gênio cofundador da Microsoft publicou recentemente quais são os livros que ele recomenda que você leia em 2018, com títulos de ficção, história, biografias e muito mais. Gates procura nos livros a resposta para perguntas que todos nós nos fazemos, sobre a origem e o destino da humanidade. Mas, apesar da profundidade desses questionamentos, ele adianta que as leituras indicadas farão com que você se divirta, se informe e se envolva. Confira a lista dos cinco livros recomendados por Bill Gates: "Everything Happens for a Reason: And Other Lies I've Loved", de Kate Bowler "Everything Happens for a Reason: And Other Lies I've…

Congresso Nacional celebra literatura piauiense

O Congresso Nacional realizou nesta segunda-feira (21), no plenário do Senado, uma sessão em homenagem aos 100 anos de existência da Academia Piauiense de Letras (APL). Requerente da sessão, o senador Elmano Ferrer (Pode-PI) destacou que a cultura é o maior patrimônio de uma sociedade, e que a APL tem o reconhecimento da população do Estado pelo papel que cumpre na preservação e divulgação de sua literatura e pela atuação marcante que possui no ambiente cultural piauiense. — A história da APL imbrica-se com a história de nossa cultura durante estes 100 anos. A Academia cumpre com louvor esta missão de honrar o passado, construir o presente e semear o futuro desta cultura — pontuou Ferrer, acrescentando que passaram pela APL nomes que marcaram as letras também a nível nacional, como o economista João Paulo dos Reis Velloso e o jornalista Carlos Castello Branco, entre outros. Livros e cordel Durante a homenagem, a senadora Regina Sousa (PT-PI) comunicou aos acadêmicos presentes que apre…

Escritores vão falar sobre o papel da produção literária em futebol no Brasil às vésperas da Copa do Mundo

Um bate-papo sobre esportes e literatura vai reunir nesta sexta-feira (25) os escritores Leandro Marçal e Ted Sartori, às 19h30, na Biblioteca Mário Faria (Posto 6, praia do Gonzaga). Os autores vão falar sobre o papel da produção literária em futebol no Brasil às vésperas da Copa do Mundo, abordando os principais livros sobre esportes produzidos no País, o cenário atual de produções literárias e os desafios para fugir do senso comum dentro e fora do Brasil. Leandro Marçal é autor de De Letra: O Futebol é só um Detalhe, que traz crônicas que usam o jogo como pano de fundo para tratar de temas do cotidiano. Ted Sartori é um dos autores de Histórias da Vila Belmiro, lançado no centenário do estádio do Santos Futebol Clube. Ambos são jornalistas. O ingresso é livre. Fonte: http://www.diariodolitoral.com.br

Escritor de Cabo Verde recebe Prêmio Camões de 2018

Principal premiação da literatura
Brasil tem 12 prêmios; Portugal, 13 Banca avaliadora anuncia o vencedor da 30ª edição do Prêmio Camões, em LisboaReprodução/Twitter O escritor de Cabo Verde Germano Almeida, 73 anos, recebeu nesta 2ª feira (21.mai.2018) o Prêmio Camões de 2018. É o 2º cabo-verdiano a vencer. Escreveu obras como “A Ilha Fantástica”, “Os Dois Irmãos” e “O testamento do sr. Nepomuceno da Silva Araújo”. Os 2 últimos foram adaptados para o cinema.
O prêmio foi anunciado no Hotel Tivoli, em Lisboa. O júri foi composto por representantes dos países que falam a língua portuguesa.
Maria João Reynaud, professora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Portugal);Manyel Frias Martins, professor da Faculdad de Letras da Universidade de Lisboa (Portugal);Leyla Perrone-Moisés, professora da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (Brasil);José Luís Jobim, professor aposentado da Universidade Federal Fluminense e da Universidade …

Médicos utilizam redes sociais para se aproximarem dos pacientes

Texto: Áquila Leite Publicado em 21.05.2018 Em meio a era digital, nem só de look do dia e fotos de viagem vivem as redes sociais. A área da saúde, por exemplo, ganha cada vez mais espaço em aplicativos como o Instagram, em que profissionais pilotam perfis com dicas e informações diárias sobre temas diversificados. A excelente recepção dos internautas, anfitriões da rede, contribui com o estreitamento da relação com médicos e nutricionistas, que, com milhares de seguidores, revelam em entrevista a experiência de ter a ferramenta como uma extensão do consultório. Fernando Guanabara também faz relatos pessoais em seu perfil, já que perdeu 35 quilos de gordura em quatro anos FOTO: Kid Júnior Com mais de 75 mil seguidores no Instagram, o médico cearense Fernando Guanabara, referência em medicina preventiva, utiliza a rede social para passar dicas e mensagens de incentivo à prática de exercícios físicos e alimentação balanceada. Praticante de triathlon, ele também costuma fazer relatos pesso…

"Shoplifters", do japonês Hirokazu Kore-eda, foi o vencedor em Cannes deste ano

por Luiz Carlos Merten - Agência Estado
Thierry Frémaux e Pierre Lescure estão tendo de administrar uma crise, e das grandes. Para muita gente, é a própria sobrevivência do Festival de Cannes que está em jogo. A imprensa francesa reagiu mal à premiação do júri presidido pela atriz Cate Blanchett - nenhum filme francês no Palmarès. OK, teve Jean-Luc Godard, mas ele não conta. O mais incrível - Godard vai estrear na TV, não nos cinemas. As mais duras críticas vêm dos EUA. The Hollywood Reporter, mais até que a rival Variety, decretou que o festival está decadente. Poucos astros e estrelas, excessiva proximidade do Oscar. Cannes é considerada uma plataforma de filmes de arte. Quem vai querer lançar seus filmes de Oscar em maio, quando os blockbuster do verão ocupam as salas e fazem todo o ruído? As majors estão achando que vale mais esperar por Toronto e Veneza, no segundo semestre. O clima é de quebra de braço. Quem vai ganhar? O festival é caro. Hospedagem, alimentação. The Hollywood R…

Seminário celebra as 8 décadas da primeira publicação de "Vidas Secas", clássico do escritor Graciliano Ramos

por Felipe Gurgel - Repórter Nesta terça (22), até a próxima sexta (25), o Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB) sedia um seminário em homenagem aos 80 anos do clássico "Vidas Secas", de Graciliano Ramos (1892-1953). A efeméride não é a única marca lembrada este ano sobre a trajetória do escritor alagoano. Em 2018, também se completam 65 anos de sua partida. O evento é gratuito e terá duração de 12 horas (contabilizando os quatro dias), divididas em quatro temáticas a respeito da obra literária. Sempre das 15h às 18h, os pesquisadores da Universidade Federal do Ceará (UFC) Fernanda Coutinho (Letras) e Sávio Alencar (mestrando em Literatura Comparada) mediam as discussões. As inscrições são gratuitas e as vagas, limitadas. A primeira temática será "Ler Vidas Secas: uma narrativa sobre infância e família". A segunda traz a abordagem da crítica literária sobre a obra, ao longo desses 80 anos e mais de 100 edições publicadas do clássico. A terceira pauta o perfil d…

Cantor Falcão protagoniza série que vai mostrar o interior do Brasil

Quais elementos constituem uma identidade verdadeiramente brasileira? Seus detalhes, costumes, cores e, sobretudo, pessoas? Tendo como estopim a pergunta-provocação “o que faz o Brasil ser o Brasil?”, Ives Albuquerque, diretor da Gavulino Filmes, idealizou Brasil Joiado. A série, dividida em 13 episódios (com 26 minutos de duração, cada), pretende revelar “um Brasil que você já conhece mas de um jeito que você nunca arreparou” - encontra-se em fase de gravações, mas só será exibido a partir de 2019 pelo canal Cine Brasil TV (Sky). A apresentação ficou a cargo do cantor e humorista Falcão. “Há cinco anos, peguei o telefone e liguei para o Falcão para conversarmos sobre projetos audiovisuais. Eu tinha várias ideias na cabeça, ele também, e apresentei essa de um programa que saísse desbravando o País. Depois de muito pensar, chegamos a uma espécie de turnê improvisada do Falcão pelo Brasil, reunindo pessoas interessantes, artistas, pessoas ‘fora da caixa’. O Brasil Joiado seria esse Bra…

Revista presta homenagem a homens que colaboraram na Igreja no Brasil

O bispo de Cachoeira do Sul e referencial do regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Remídio José Bohn, falecido no dia 06 de janeiro e o colaborador ativo na tradução da Bíblia da CNBB, padre Ney Brasil Pereira, falecido aos 86 anos de idade foram homenageados na nova edição da revista “CNBB em Ação”, cuja finalidade é trazer à luz as Comissões Episcopais Pastorais, instituídas para estudar, propor e animar programas e projetos que promovam a unidade da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil.
Página 12: Homenagem feita a dom Remídio pela Comissão para o Laicato da CNBB Dom Remídio José Bohn  Homenageado pela Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, dom Remídio José Bohn, em nível nacional, era responsável por acompanhar os Movimentos, Associações Laicais e Serviços Eclesiais. Inicialmente, de maneira tímida e discreta, foi se destacando como um pastor fraterno e bondoso pela sua presença e firmeza, revelando-se um homem de Deus por seu grande amor à…

A linguagem do amor

Padre Geovane Saraiva* Deus nos conceda abundantes bênçãos e graças, pelo testemunho de partilhar nossos dons na comunidade onde se vive e predomina o espírito solidário, comunitário e missionário. Desse modo, manifesta-se ao mundo nossa convicção: a de fazermos parte do corpo místico de Cristo, a Igreja. O mundo fecundado e cheio de graças só a partir de Pentecostes, pelos dons do Espírito Santo derramados por toda a extensão da terra; dons que são traduzidos em amor e graça no coração dos fiéis.
 Pelo batismo somos convidados a falar a linguagem do amor, na consciência de que o Espírito do Senhor, que se espalhou por todo o universo, quer, permanentemente, renovar a face da terra, socorrendo a humanidade, saciando sua fome e sua sede. Jesus é quem nos assegura a presença do seu espírito criador e santificador em nosso meio. Convence-nos da necessidade da linguagem compreensiva a todos, na constante busca por um mundo segundo o sonho de Deus, reconciliado consigo na justiça e na paz…

O saber na periferia do conhecimento

Carlos Delano Rebouças*
Muitos são os interesses estabelecidos pelas pessoas no mundo, hoje, decorrentes de uma evolução humana, pelas necessidades e vontades, identificadas e apontadas, respectivamente, que se baseia numa filosofia estritamente consumista, reforçada por um sistema, que insiste em manipular os rumos da humanidade.
O homem em grande parte do planeta, especialmente em continentes e países que apresentam um determinado distanciamento de ricos valores culturais, sem também a devida valorização da educação, vem progressivamente demonstrando uma postura que leva a construção da imagem de um ser, a qual enxerga em tudo uma preciosidade maior que o conhecimento. E no Brasil, grande parte de seu povo é assim.
Em nosso país, o Hino Nacional é cantado de forma errada e mesmo assim, explicações são apresentadas, estapafúrdias, desconexas, mas sem justificativa convincente, e ainda engrossamos um coro de risadas, rindo de nós mesmos, tornamo-nos protagonistas de uma tragicomédia …