Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 7, 2018

TRÊS MOTIVOS - Dom Delgado

TRÊS MOTIVOS pessoais também concorrem para nunca vir a deixar de escrever. APRENDI COM o Cardeal Mercier, primaz da Bélgica, de santa memória, quando eu ainda era estudante de teologia, que a única maneira de meditar, para o homem moderno, o padre em particular, é escrever. As ocupações e as dificuldades do apostolado tomam-nos a mente e o coração de tal forma que nos deixam incapazes de recolhimento, se não lançamos mão desta poderosa arma de concentração. O conselho do velho mestre serviu-me até hoje. A OUTRA razão vem-me da experiência. Escrevendo redimo-me de toda e qualquer preocupação amoladora. Supero toda e qualquer tristeza. Alimento-me, conservo o bom humor e o otimismo. Não perco a esperança em nenhuma emergência. Sinto-me dono de mim mesmo. Dou a mais eficaz rasteira no desânimo e caminho para a frente. OS ABORRECIMENTOS já se constituíram hábito em minha vida, prestam-me excelente serviço, concentram-me, impelem-me para a meditação e eu as escrevo, bendizendo a quem me p…

Aninha e outros fenômenos poéticos

Viagem ao reino da sensibilidade pixabay Talvez não haja espaço, nesta sexta-feira, para registros poéticos. Seja como for, resolvi arriscar-me. Perdoem-me se errei. +++ ANA C. Vi um pássaro voar do sétimo andar não voava muito bem me lembrou alguém
Ah era você menina traquina ah era você aninha C?
FIM A morte sempre devia ser mais ou menos assim como a chegada macia da noite sobre um jardim.
A PALAVRA Que belos os necrológios em que surge a palavra amor
A cada vez que aparece mais o defunto se enobrece e mais injusto parece o desígnio do Criador.
ALELUIA Estar bloqueado por três por seis meses ou mais às vezes é o melhor recado que o escritor mesmo consagrado pode dar ao seu abnegado leitor.
GATO Não é fato consumado, Mas já requer atenção. O amor subiu ao telhado Sem nenhuma explicação.
REVISÃO Um dia tudo será esclarecido
Por um engano qualquer um mal-entendido finalmente revelado o amor derrotado terá vencido e sendo vencedor proclamado terá todos os direitos reconhecidos
Gozará …

Em evento na capital, Prêmio SP de Literatura celebra vencedores

Do Portal do Governo Na noite da última segunda-feira (5), em cerimônia realizada na Biblioteca Parque Villa-Lobos, na capital paulista, foram anunciados os melhores romancistas do ano passado no Prêmio São Paulo de Literatura 2018.  Ana Paula Maia, de Nova Iguaçu (RJ), venceu a categoria Melhor Livro do Ano com a obra “Assim na terra como embaixo da terra” (Editora Record). Já Aline Bei, de São Paulo, foi a melhor na categoria Estreantes -40 anos com “O peso do pássaro morto” (Editora Nós) e Cristina Judar, também de São Paulo, levou a Estreantes +40 anos com “Oito do Sete” (Editora Reformatório). Realização do Governo do Estado, o Prêmio São Paulo de Literatura, o maior do Brasil em premiação individual, é parte importante das políticas de incentivo à produção literária. Pelo primeiro lugar geral, Ana Paula Maia receberá R$ 200 mil, enquanto Aline Bei e Cristina Judar levam R$ 100 mil cada. Esta edição do Prêmio contou com finalistas de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, …

MASP completa 50 anos de histórias

Um dos maiores cartões postais de São Paulo, o prédio do Museu de Arte foi inaugurado em 1968. Fachada lateral do MASP vista da Avenida Paulista na manhã deste domingo (04). O museu, inaugurado em 07 de novembro de 1968, completa 50 anos nesta semana. (Bruno Rocha/ Estadão Conteúdo)
Foi com a presença ilustre da Rainha Elizabeth II e do Príncipe Philip que o novo prédio do Museu de Arte de São Paulo foi inaugurado, em 7 de novembro de 1968, no coração da Avenida Paulista. Os fundadores do museu, Assis Chateaubriand e Pietro Maria Bardi, acompanharam a visita, ao lado de Lina Bo Bardi, arquiteta ítalo-brasileira responsável pelo prédio e esposa de Pietro, e do então prefeito da cidade, José Vicente Faria Lima.
Por lá também estava a pintora nipo-brasileira Tomie Ohtake, que apresentou sua obra, em exposição na abertura do museu, à monarca inglesa. O encontro, registrado numa fotografia, gerou grande orgulho para a artista. "Ela mandou a fotografia para todos os parentes no Japão, …

Feira reúne mulheres empreendedoras do Lagamar e lança marca autoral

A comunidade do Lagamar, localizada entre os bairros Aerolândia e São João do Tauape recebe na próxima quinta-feira, 8, às 19 horas, na Pracinha do VLT, a I Feira de Mulheres Empreendedoras do Lagamar. A iniciativa é uma realização da Fundação Marcos de Bruin, entidade sem fins lucrativos que desenvolve cursos profissionalizantes na comunidade, juntamente com o grupo JBD, em parceria com colaboradores. Na ocasião, as moradoras do Lagamar terão a oportunidade de expor e comercializar seus produtos. A Feira tem como objetivo desenvolver a economia local, incentivando as mulheres da comunidade a empreender. De acordo com Adriana Gerônimo, presidente da Fundação Marcos de Bruin, a ação é resultado da incubação de uma cooperativa de mulheres do Lagamar, que estão há seis meses em processo de formação e agora nos últimos três meses em produção na área do corte e costura e artesanato. Linha FavelAfro Desse processo de produção, teve origem a Linha FavelAfro, marca autoral dos produtos confec…