Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 18, 2014

Papa Francisco já celebrou a missa do Lava-pés: "Servir uns aos outros é a herança que Ele nos deixou"

Nesta  No final da tarde desta Quinta-feira Santa 17/04/2014 Cidade do Vaticano (RV) – No final da tarde desta Quinta-feira Santa, o Papa Francisco presidiu a Missa da Ceia do Senhor no Centro “Santa Maria da Providência”, em Roma, quando repetiu o gesto de Jesus e lavou os pés de 12 deficientes assistidos pela Fundação Padre Gnocchi. A Missa, num clima de muita intimidade e familiaridade, foi concelebrada pelo Presidente da Fundação, Mons. Angelo Bazzari e pelo Capelão do Centro, Padre Pasquale Schiavulli. O coro era formado por internos e por voluntários do Centro que animam a Missa aos domingos. Na sua breve homilia, antes do rito do Lava-pés, o Santo Padre recordou que aquilo que Jesus fez na última Ceia foi um gesto de entrega. ”É como a herança que nos deixa”, afirmou. “Ele que é Deus se fez servo, servidor nosso. E esta é a herança: também vós deveis ser servidores uns dos outros. E Ele fez este caminho por amor: também vocês deveis amar-vos e serdes servidores no

Nova terra: Achado 1º planeta habitável do tamanho da Terra

Kepler-186f orbita estrela anã a cerca de 500 anos-luz da Terra. Sua distância do astro permite que tenha água em estado líquido. Do G1, em São Paulo Ilustração mostra como seria o planeta Kepler-186f (Foto: NASA Ames/SETI Institute/JPL-Caltech) saiba mais Blog Observatório: os planetas parecidos com a Terra Telescópio da Nasa capta exoplaneta passando diante de 'estrela-mãe' Astrônomos criam técnica capaz de detectar moléculas em exoplanetas Cientistas podem ter encontrado até sete planetas em torno de estrela Satélite descobridor de exoplanetas vai ser aposentado, diz agência Novo planeta 'vizinho' fica em região que poderia abrigar vida, diz estudo Cientistas descobriram o primeiro planeta fora do Sistema Solar de tamanho similar ao da Terra e onde pode existir água em estado líquido, o que, em tese, o torna habitável. O exoplaneta, denominado Kepler-186f, foi o primeiro identificado por cientistas da Nasa, usando

Gabriel García Márquez, morre aos 87 anos

Autor colombiano ficou internado com infecção respiratória e pnemonia. Ele escreveu 'Cem anos de solidão' e 'O amor nos tempos do cólera'. Do G1, em São Paulo Gabriel García Márquez (Foto: Divulgação) Morreu o escritor colombiano  Gabriel García Márquez , aos 87 anos, informou o perfil oficial do autor no Facebook nesta quinta-feira (17). A notícia foi confirmada por uma fonte próxima ao escritor, à agência Associated Express. Ele ficou internado com pneumonia e infecção respiratória na Cidade do México, onde morava, entre o fim de março e início de abril. Ele estava em casa. Em julho de 2012, o mais novo de seus dez irmãos, Jaime García Márquez, revelou que o autor sofria de demência senil “há alguns anos” e que estava lutando contra a perda de memória. O escritor era casado com Mercedes Barcha Pardo desde 1958. Eles tiveram dois filhos: Rodrigo, que nasceu em 1959, e Gonzalo, nascido em 1962. saiba mais PERFIL: García Márque

Escritor Gabriel García Márquez morre aos 87 anos

  domtotal.com Prêmio Nobel de Literatura em 1982 havia recebido alta recentemente de um hospital no México Gabriel García Márquez escreveu 'Cem anos de solidão' e 'O amor nos tempos do cólera'. CIDADE DO MÉXICO, 17 Abr - O escritor colombiano Gabriel García Márquez, criador do realismo mágico latino-americano com seu emblemático livro "Cem Anos de Solidão", morreu nesta quinta-feira na Cidade do México aos 87 anos, confirmou o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos. García Márquez, Prêmio Nobel de Literatura em 1982, havia recebido alta recentemente de um hospital na Cidade do México, no qual permaneceu internado por uma semana devido a uma infecção pulmonar. Mais cedo, uma jornalista próxima à família havia informado a morte do escritor. "Morre Gabriel García Márquez. Mercedes (sua mulher) e seus filhos, Rodrigo e Gonzalo, me autorizam a dar a informação", disse em sua conta no Twitter Fernanda Familiar,

Dois teólogos - Totó

Gonzaga Mota* No último fim de semana, tivemos a oportunidade e o privilégio de ler um livro consubstanciando pensamentos do então cardeal Jorge Bergoglio, hoje papa Francisco, e do rabino Abraham Skorka: "Sobre o Céu e a Terra". Ambos, homens simples e de sólida formação filosófica e teológica, dotados de muita fé, analisaram temas como política, ciência, pobreza, paz, aborto, eutanásia, dentre outros.  Realmente, trata-se de uma obra significativa, não só pela análise dos assuntos abordados, mas também pela larga visão ecumênica dos dois religiosos. Já estamos na segunda década do século XXI; quais são os desafios da humanidade? Como será o nosso modo de vida? Quais os caminhos? Bergoglio e Skorka refletem, de um lado, preocupações e angústias e, de outro, desejos e aspirações. Observamos, ao longo dos textos, além da importância dos valores espirituais, como Deus, fé e religião, a inquietação com questões terrenas fundamentais de forma que as pessoas possam viver com

Vigília na cidade natal de Gabriel García Márquez

Fãs acenderam velas em Aracataca, norte da Colômbia, nesta sexta (18). Escritor morreu na quinta-feira (17), aos 87 anos, na Cidade do México. Do G1, em São Paulo Mulher chora durante vigília em frente à casa em que Gabriel García Márquez nasceu, em Aracataca, no norte da Colômbia. O escritor morreu na quinta-feira (17), aos 87 anos (Foto: Ricardo Mazalan/AP) Colombianos fazem vigília nesta sexta-feira (18) em frente à casa onde nasceu o escritor Gabriel García Márquez, em Aracataca, norte da Colômbia. Eles lamentam a morte do Nobel de Literatura e autor de "Cem anos de solidão", ocorrida na quinta-feira (17), aos 87 anos, na Cidade do  México . Colombianos fazem vigília em Aracataca, onde nasceu García Márquez (Foto: Ricardo Mazalan/AP) Os fãs se reuniram na madrugada de quinta para sexta-feira, na pequena cidade, e acenderam velas em homenagem ao autor colombiano. O corpo de Gabriel García Márquez será cremado em uma cerimônia privada na Cidade do Mé

Sobe para 12 o número de mortos em avalanche do Evereste

Deslizamento aconteceu a cerca de 6.200 metros de altitude.  Everest é a montanha mais alta do mundo, com 8.848 metros de altura. Agencia EFE tópicos: Monte Everest tem 8.848 metros de altura (Foto: Tim Chong/Reuters) Pelo menos doze sherpas nepaleses morreram e três ficaram gravemente feridos nesta sexta-feira ao serem soterrados por uma avalanche quando se dirigiam para um dos acampamentos base no Everest, informaram à Agência Efe fontes oficiais. O deslizamento ocorreupor volta das 7h (horário local, 1h15 de Brasília) a cerca de 6.200 metros de altitude, quando aproximadamente 50 alpinistas, a maioria sherpas nepaleses, deslocavam-se do acampamento base I para o II, afirmou um alto funcionário do corpo de montanhista, Tilak Ram Pandey.  Os números iniciais indicavam nove mortos na avalanche  (veja no vídeo ao lado) . O número de mortos pode aumentar, pois os operadores de turismo não confirmaram se há mais montanhistas desaparecidos, informou um fun