Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 27, 2021

Deus não é solidão

“Ide e fazei discípulos meus todos os povos” (Mt 28,19) Dom Jeová Elias* Neste domingo, celebramos a Solenidade da Santíssima Trindade, que é a festa da comunidade, festa de um Deus que é comunhão e não solidão. De um Deus que é diversidade na unidade: que é Pai, é Filho e é Espírito Santo. Possui uma natureza apenas, a divina, mas em três pessoas distintas. Trata-se de um mistério importante da nossa fé cristã, revelado por Jesus Cristo. Mistério que pode ser acessado pela nossa razão, mas não pode ser captado totalmente pela mente humana, pois a Trindade é, essencialmente, infinita e eterna. Nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus (cf. Gn 1, 26), mas de um Deus comunhão, um Deus que é relação e não isolamento, porque é amor, e o amor não pode se isolar, não pode ser contido, deve ser comunicado.  O Evangelho desta Solenidade é a conclusão de São Mateus. Localiza a cena num monte, na Galileia, região onde Jesus iniciara seu ministério; lugar de gente sofrida e marginalizada. P