Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 12, 2021

Convite à solidariedade

Pe. Geovane Saraiva* Como olhar para a humanidade na sua beleza e na sua preciosidade? Pensemos na novidade bela, preciosa e concreta: a de tempos novos e esperançosos, antevendo o futuro do mundo e da própria Igreja. Que Deus nos dê a graça de nos inspirar, na sua instauração continuada, nos profetas e na liturgia do 15º Domingo do Tempo Comum, e nos coloque diante do profeta Amós. Deus o chamou enquanto cuidava do rebanho, dizendo: “Vai profetizar para meu povo, Israel” (Am, 7, 15). Deus o envia a uma terra estranha para proclamar o anúncio da justiça e da paz: torna-se malquisto pelo sacerdote do lugar, que o tenta expulsar, mas Amós não se curva; ao contrário: persiste com toda a força e lucidez, na graça da vocação divina, na obrigação de falar, “sem medo de ser feliz” e com a liberdade de Deus e em nome de Deus, não buscando o próprio interesse, querendo agradar e ser leal tão somente ao seu Deus, na  proclamação do seu projeto de amor, dizendo não a tudo que é promiscuidade