Postagens

Mostrando postagens de Março 25, 2014

Por que fazemos abstinência de carne?

Imagem
domtotal.comA carne é apenas um aspecto simbólico de tantos males dos quais temos que nos abster.Jejum: busca pelo equilíbrio no relacionamento com as coisas. Por Polyana Gonzaga
A abstinência de carne e o jejum são orientados pela Igreja para recordar o amor de Cristo, que morre na Cruz por nós. É um sacrifício em memória da Paixão de Cristo, que entregou a sua carne para nos reconciliar. É um pequeno sacrifício em comparação ao que Cristo fez por nós. O Missionário Redentorista, padre Luiz Carlos de Oliveira afirmou que muitos fiéis faziam abstinência de carne pensando que, evitando a carne, seria mais fácil vencer os vícios. “A abstinência de carne é um costume generalizado entre muitas religiões. Esta prática é entendida de diversos modos. Alguns pensam que o ser humano e carne e espírito como opostos. É o princípio dualista. Procura-se eliminar o que é carnal para desenvolver a parte espiritual. É o princípio do bem e do mal. Pode-se também lembrar essa identificação da carne huma…

Francisco: o Senhor caminha conosco para amaciar o nosso coração

Imagem
Cidade do Vaticano (RV) - O Senhor caminha conosco para amaciar o nosso coração. Foi o que afirmou o Papa Francisco na Missa, nesta manhã de terça-feira, na Casa Santa Marta. Na Solenidade de hoje da Anunciação, o Papa destacou que somente com um coração humilde como o de Maria, podemos nos aproximar de Deus. A salvação, observou em seguida, não se compra e não se vende: se doa. 

Para onde leva o orgulho do coração? Papa Francisco desenvolveu a sua homilia, concentrando-se em Adão e Eva que, cedendo à sedução de Satanás, acreditaram ser como Deus. Aquele “orgulho suficiente” faz com eles sejam expulsos do Paraíso. Mas o Senhor não os deixa caminhar sozinhos, faz a eles uma promessa de redenção e caminha com eles. “O Senhor - disse ainda o Papa - acompanhou a humanidade neste longo caminho. Fez dela um povo. Estava com eles”. E aquele “caminho que teve início com uma desobediência, termina com uma obediência”, com o sim de Maria no Anúncio do anjo. “O nó que Eva fez com a sua desobedi…

Tutela da Criação, compromisso das famílias

Imagem
Cidade do Vaticano (RV) – “Família, proteja a Criação” é a iniciativa organizada pelo Pontifício Conselho para a Família e a Associação Greenaccord, em vista do Sínodo dos Bispos de outubro sobre a Família. Dez relatores proporão estratégias para ajudar na adoção de estilos de vida compatíveis com a tutela da Natureza. 
Como construir e difundir modos de vida que aumentem o nosso bem-estar sem depauperar os recursos que devemos garantir a nossos filhos? Como fazer as famílias adotarem estes estilos e a sociedade atuar a real “conversão ecológica?”. O objetivo da Jornada, no dia 29 de março, será responder a estas questões.
O Arcebispo Vincenzo Paglia, Presidente do Pontifício Conselho para a Família, acredita que é “urgente identificar percursos novos e corajosos e estabelecer os critérios para uma nova relação com a natureza, que priorizem o desenvolvimento de toda pessoa e de toda a humanidade”. 
Por sua vez, o Presidente da ONG Greenaccord, Alfonso Cauteruccio, espera que o estudo…

Papa ao povo de Casamance: Rezo pela reconciliação e o fim da violência

Imagem
Cidade do Vaticano (RV) - O Papa Francisco enviou uma mensagem à Igreja no Senegal desejando uma existência harmoniosa e fraterna na região de Casamance, marcada por um longo conflito interno.

A mensagem, assinada pelo Secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin, foi enviada ao país por ocasião da 26ª peregrinação inter-diocesana feita pelas Dioceses de Ziguinchor e Kolda no último fim de semana ao Santuário Mariano de Témento. 
O Papa encoraja os habitantes da região de Casamance, provada pela violência e divisão, a buscarem um verdadeiro renascimento evangélico e a perseverarem na oração, pedindo a Deus para tornar os senegaleses artesãos da paz e da reconciliação.
A mensagem do Papa Francisco foi lida no último domingo pelo Núncio Apostólico no Senegal, Dom Mariano Montemayor, durante a missa solene presidida no santuário, onde o prelado exortou o povo de Casamance a trabalhar pela paz na região. (MJ) Rádio Vaticano

Brasil é o terceiro país com mais conflitos

Imagem
domtotal.com Atlas de Justiça Ambiental aponta que o país registra pelo menos 58 disputas.Vale é a quinta empresa com mais conflitos no mundo. Não chega a ser uma surpresa que o Brasil, com seu modelo econômico baseado na expansão da agricultura e mineração e com sua geração de energia dependente de grandes hidroelétricas, possua muitos conflitos ambientais.

Porém, a situação pode ser ainda pior do que muitos imaginavam: com 58 disputas oficialmente registradas, nosso país ocupa o terceiro lugar no ranking mundial de conflitos ambientais.

É o que revela o Atlas Global de Justiça Ambiental, uma ferramenta online lançada na última semana e que permite o mapeamento dos mais de mil conflitos que aconteceram recentemente ou que ainda estão em andamento neste momento no planeta.

Produzido por mais de 100 especialistas de 23 universidades e entidades civis de 18 países, além de colaboradores independentes, o Atlas faz parte do programa Environmental Justice Organisations, Liabilities and Trade (…

Mais Visitadas

Morre atriz Doris Day, a namoradinha da América

Reitoria da UECE apoia manifestações em defesa da educação brasileira e das universidades públicas

Maureen Bisilliat se reencontra com o seu sertão e o de Euclides da Cunha na Flip

Biblioteca Itinerante visita escolas e CMEIs com “Literatura e Cinema”

Paraty e Ilha Grande vão se tornar patrimônio da humanidade