Postagens

Mostrando postagens de Agosto 12, 2017

Ampliação do acesso à internet esvazia bibliotecas

Imagem
por Honório Barbosa - Colaborador Iguatu. A partir da ampliação do acesso à internet nas cidades do Interior e a facilidade de busca de temas diversos por meio da rede mundial de computadores, aquela velha pesquisa estudantil nos livros e enciclopédias de bibliotecas públicas está ficando cada vez mais para trás. As unidades tradicionais que não se modernizaram estão vazias. Sobram mesas e cadeiras. Faltam alunos. As bibliotecas públicas das cidades da região Centro-Sul do Ceará apresentam um cenário semelhante: funcionários passam o dia conversando, parados, e raramente chega um estudante em busca de pesquisa. Há pelo menos dez anos, o quadro era outro. Ainda havia uma frequência regular de alunos à procura de livros para elaboração de um trabalho escolar. A internet chegou aos lares e, por meio de computadores e telefones celulares tipo smartphones, com rapidez e facilidade, os alunos encontram biografias, informações diversas, questões. "Ficou mais fácil pesquisar, encontrar o …

Grafiteiros cubanos levam crítica social aos muros de Havana

Imagem
Crescimento do número de pinturas de rua reflete aumento do espaço de expressão crítica. Grafite do artista cubano Yulier Rodriguez preenche paredes nas ruas de Havana. (Alexandre Meneguini/ Reuters)
Por Sarah Marsh
Os grafites de criaturas semelhantes a alienígenas e homens usando balaclava surgidos nos muros de Havana marcam um contraste com os slogans políticos otimistas e as pinturas dos rostos de revolucionários cubanos.
Para um punhado de jovens artistas de Cuba, estas criações ilícitas são um meio de tocar, de maneira cifrada, em temas sociais que vão do medo de se expressar livremente em público ao materialismo crescente na ilha de governo comunista.
Até recentemente os grafites eram incomuns nos espaços públicos estritamente controlados de Cuba. Sua emergência reflete o aumento do espaço para expressões críticas no governo do presidente Raúl Castro e a influência cada vez maior da cultura internacional à medida que o país se abre lentamente.
Como os jovens blogueiros do país, …

Conheça os vencedores do 27º Cine Ceará

Imagem
O 27º Cine Ceará - Festival Ibero-Americano de Cinema é encerrado nesta sexta-feira, 11, depois de sete dias de programação, no Cineteatro São Luiz. O longa-metragem argentino Ninguém está olhando (Nadie nos mira), da cineasta argentina Julia Solomonoff, foi eleito o Melhor Filme da Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem. O filme leva o prêmio em dinheiro de US$ 10 mil e o Troféu Mucuripe. Ele também venceu nas categorias Melhor Ator, para Guillermo Pfening, e Melhor Montagem, para Andrés Tamborino, Karen Sztanjberg e Pablo Barbieri. Santa e Andrés (Santa y Andrés), uma co-produção Cuba/França, de Carlos Lechuga, levou os troféus de Melhor Atriz para Lola Amores e Melhor Roteiro para Lechuga. Fernando Pérez foi eleito Melhor Diretor por Últimos dias em Havana (Últimos días en la Habana). O filme leva também o prêmio de Melhor Fotografia para Raúl Pérez Ureta. O chileno Uma mulher fantástica (Una mujer fantástica), de Sebastián Lelio, ganhou os prêmios de Melhor Trilha S…

Mais Visitadas

Espírito Santo: Dom Pascal

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Escritora portuguesa constrói alegoria sobre passado e presente do Brasil

PRESIDENTE DE PORTUGAL FELICITA CHICO BUARQUE POR PRÊMIO CAMÕES DE LITERATURA