Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Prêmio Sesc de Literatura 2020 anuncia vencedores

Caê Guimarães foi o escolhido na categoria Romance com ‘Encontro você no oitavo round’ e Tônio Caetano, na categoria Conto, por ‘Terra nos cabelos’
Caê Guimarães e Tônio Caetano | © Fabrício Zuoloco e © Rafael de Oliveira
Caê Guimarães e Tônio Caetano | © Fabrício Zuoloco e © Rafael de Oliveira 
O Prêmio Sesc de Literatura anunciou os vencedores da sua edição de 2020 nas categorias Romance e Conto. Em 17 anos de história, o prêmio ganhou importância ao oferecer oportunidades a novos escritores e impulsionar a renovação no panorama literário brasileiro e hoje é considerado referência por críticos literários e visto como porta de entrada para o mercado editorial no Brasil. 
Este ano, foram inscritos 1.358 livros, sendo 692 romances e 666 contos. Os vencedores foram o capixaba Caê Guimarães, na categoria Romance, por Encontro você no oitavo round, e o gaúcho Tônio Caetano, na categoria Conto, por Terra nos cabelos. 
Caê Guimarães nasceu em 1970 no Rio de Janeiro. Foi criado no Espírito Santo, onde vive atualmente. É poeta, escritor, jornalista, redator e roteirista. Em Encontro você no oitavo round, ele apresenta uma narrativa que trata de redenção: um pugilista se debate entre um incômodo zumbido e a memória de outra ocupação antes de se dedicar ao boxe. Dias antes da sua última luta, ele conhece uma jornalista disposta a desvendar o que o fez tomar o caminho dos ringues. 
Tônio Caetano nasceu em Porto Alegre, em 1982. Trabalha como servidor público municipal e é especialista em Literatura Brasileira pela PUC-RS. No volume de contos Terra nos cabelos, são trilhados diferentes percursos da mulher na nossa sociedade, envolvendo questões que abordam o mundo do trabalho, o primeiro beijo, ritos de iniciação e as violências externas e internas submetidas ao sexo feminino. 
Os vencedores terão suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, parceira do Sesc no projeto. 
Via Publishnews 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mazagão: terra árida e abençoada

Longos cabelos eternos