Garota de 7 anos de Itapebussu impressiona por sua capacidade de declamar cordéis

A cultura popular é vivida e mostrada de diversas formas, no Nordeste, por exemplo através das poesias e dos cordéis. O cordelista é o repórter da vida do Nordeste. Por isso, grandes nomes como Patativa do Assaré, Chico Salles e Alberto Porfírio são referências.
Em Itapebussu, distrito de Maranguape, uma pequena garotinha vem fazendo sucesso. Com 7 anos, Samya Abreu tem surpreendido a todos com a habilidade de decorar e declamar cordéis que tanto aprecia, alguns com mais de 35 estrofes.

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019

Primeira edição da Semana de Arte Unifor abraça diversidade de linguagens e expressões

Capela revestida por milhares de ossos é ponto turístico excêntrico em Portugal