Garota de 7 anos de Itapebussu impressiona por sua capacidade de declamar cordéis

A cultura popular é vivida e mostrada de diversas formas, no Nordeste, por exemplo através das poesias e dos cordéis. O cordelista é o repórter da vida do Nordeste. Por isso, grandes nomes como Patativa do Assaré, Chico Salles e Alberto Porfírio são referências.
Em Itapebussu, distrito de Maranguape, uma pequena garotinha vem fazendo sucesso. Com 7 anos, Samya Abreu tem surpreendido a todos com a habilidade de decorar e declamar cordéis que tanto aprecia, alguns com mais de 35 estrofes.

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado