Google abre inscrições para programa de Bolsas de Pesquisa para América Latina

Serão destinados 600 mil dólares para apoiar pesquisadores da América Latina
O Google abriu as inscrições da edição 2017 do programa Bolsas de Pesquisa Google para a América Latina, com o objetivo de apoiar projetos de pesquisa na área de Ciência da Computação em toda a região.
 
O programa oferece apoio a “duplas” de pesquisadores, ou seja, estudantes de Mestrado ou Doutorado e seus professores. A cada ano, os projetos inscritos são mais complexos e ambiciosos; buscam melhorar diagnósticos médicos, auxiliar deficientes a serem mais independentes, gerar modelos para o combate da transmissão da zika e até monitorar geleiras.
 
Há, também, pesquisadores que aplicam machine learning para gerar sinopses de vídeos, melhorar a gestão de contratos no setor privado, desenvolver formas avançadas de reconhecimento facial e desenvolver algoritmos de coordenação para veículos autônomos nos cruzamentos das nossas cidades congestionadas.
 
Nesta 5ª edição, serão destinados 600 mil dólares para apoiar pesquisadores na região. Todos os projetos submetidos serão lidos e avaliados por engenheiros do Centro de Engenharia na América Latina do Google, em Belo Horizonte.
 
O prazo para as inscrições termina no dia 26 de maio e os campos de pesquisa contemplados são:
 
·         Geo/Maps
·         Interação entre humanos e computadores
·         Recuperação, extração e organização de informações (incluindo gráficos de semântica)
·         Internet das Coisas (incluindo cidades inteligentes)
·         Machine learning (aprendizado de máquinas ) e data mining (mineração de dados )
·         Dispositivos móveis
·         Processamento natural de línguas
·         Interfaces físicas e experiências imersivas
·         Privacidade
·         Outros tópicos relacionados à pesquisas na web
 
Os resultados serão anunciados em agosto de 2017. Informações sobre o programa e instruções podem ser encontradas neste site.
 
Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

As dores da humanidade

Tudo começa com o caderno de caligrafia

Missão da Unesco faz primeira visita ao Museu Nacional

Bancário faz sua estreia como escritor

Livro aborda a memória crítica da escravidão