Pular para o conteúdo principal

Chanel anuncia modelo refugiada sul-sudanesa Adut Akech como novo rosto

EFEParis20 jul 2018
A nova campanha da Chanel para a pré-coleção outono-inverno 2018/2019, lançada nesta sexta-feira, tem como protagonista a modelo refugiada sul-sudanesa Adut Akech, que se torna uma das novas representantes após ter aberto e fechado os dois últimos desfiles da marca.
Akech foi no começo deste mês a segunda modelo negra a vestir um traje de noiva na passarela da marca, encerrando um desfile de alta-costura.
A "top model", que estreou pela Saint Laurent em setembro de 2016 e desfilou exclusivamente para a firma durante duas temporadas antes de alcançar uma fama maior, aparece na publicidade da Chanel, fotografada pelo diretor criativo da marca Karl Lagerfeld, com um vestido preto marcado sob o peito com cinto.
Nascida em 1999 no que agora é o Sudão do Sul (independente do Sudão desde 2001), passou sua infância no campo de refugiados de Kakuma, no Quênia, e com seis anos se mudou junto com sua família para Austrália.
Akech, envolvida na luta contra as armas de fogo, reivindicou sua condição de refugiada quando um programa de televisão recebeu críticas na Austrália por retratá-la como tal.
"Sou uma refugiada, é o que sou e não me envergonho e nem me irrito por isso. Sim, sou uma cidadã australiana e sou uma sul-sudanesa australiana, mas sigo sendo uma refugiada", disse em entrevista no jornal britânico "The Guardian" em 2017.
Após o desfile de julho, a modelo mandou uma mensagem em sua conta do Instagram animando os seus seguidores a se manter de pé em perante a adversidade.
"Pouco importa de onde veio ou para onde vai. Não percam a paixão e nem a perseverança e, sobretudo, não abandonem nunca porque acabarão alcançando seus sonhos", escreveu.
Nas novas imagens de Chanel, Lagerfeld a seleccionou para representar uma linha que encarna "a sobriedade e a elegância atemporal" e celebrar a "elegância e modernidade" da marca.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …