Pular para o conteúdo principal

Escritora lança 2 livros que refletem o presente

As capas dos dois livros lançados por Gláucia Bernardo
As capas dos dois livros lançados por Gláucia Bernardo
Envolvida pelo universo da escrita desde os tempos de colégio, Gláucia de Matos Bernardo, 42 anos, de Olímpia, faz sua estreia na literatura com o lançamento de duas publicações que dialogam com questões do momento na dinâmica social. Vidas Contemporâneas e Mulher Cristã Contemporânea estão disponíveis apenas em versão digital no site da Editora PerSe.
Nas duas obras, a escritora apresenta reflexões acerca de diferentes temas da vida em sociedade. "Não tinha a pretensão de escrever um livro. Na verdade, os textos destas duas publicações nasceram de narrativas e ideias que compartilhava com amigos e familiares no Facebook. O retorno foi tão positivo, que logo fui incentivada a reunir essas reflexões em uma obra", comenta Gláucia, que cursou o ensino médio em Rio Preto, em uma escola pública - a EE Professor Justino Jerry Faria - e iniciou sua graduação em letras no Ibilce/Unesp, concluindo o curso na Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis.
Em Vidas Contemporâneas, a escritora apresenta uma série de pensamentos sobre assuntos ligados ao cotidiano brasileiro, como desigualdade social, família, mercado de trabalho, influência da mídia, entre outros. Segundo ela, não se trata de um livro de autoajuda ou algo do tipo, mas, sim, um convite para a reflexão coletiva, na busca por caminhos para enfrentar problemas que angustiam diferentes tipos de pessoas.
Já na outra publicação, a escritora se debruça sobre as questões da mulher contemporânea, em especial a mulher cristã. "Busco desmistificar a ideia de que a mulher cristã, a mulher evangélica, é uma figura inútil, inferior e subestimada. Da mesma forma, a mulher não precisa seguir nenhum tipo de padrão imposto pelos outros para se sentir aceita pela sociedade", comenta Gláucia sobre o seu livro Mulher Cristã Contemporânea.
Para compor sua reflexão em torno do feminino, a escritora recorreu a versículos da própria Bíblia, que a ajudaram a referendar suas ideias. Desta forma, ela abarca temas como a beleza, o convívio familiar e a violência sofrida pela mulher. "Busco evidenciar a valorização da mulher cristã. Cuidar da beleza não é nenhum pecado, assim como o trabalho com a casa, o cuidado com os filhos, não é algo inferior ou menor que qualquer tarefa executada por um homem."
Apesar de estar lançado duas obras somente agora, Gláucia exercita a sua escrita há um bom tempo, com publicações em jornais e outros veículos de imprensa. Quado cursava ensino médio na cidade, por exemplo, ela colaborava com artigos para o extinto jornal Folha de Rio Preto. "A escrita sempre foi a minha principal forma de expressão", sentencia.
Serviço
  • Livros Vidas Contemporâneas e Mulher Cristã Contemporânea, de Gláucia de Matos Bernardo. Editora PerSe. E-books disponíveis no site www.perse.com.br
Diário da Região

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…