Pular para o conteúdo principal

Projeto do Instituto Brasil Solidário transforma o São João em grande festa literária

O mês de junho é marcado pelos sabores e cores das festas juninas que se espalham por todo o Brasil, com seus pratos típicos, bandeirinhas, chapéus de palha, e, diante de toda essa riqueza cultural surge uma excelente oportunidade para integrar ações literárias!
As escolas que fazem parte do Programa de Desenvolvimento da Educação – PDE, do Instituto Brasil Solidário, trabalham todos os anos uma sequência didática durante todo o mês de junho, agregando a literatura em cada atividade que resultará na grande festa de São João. O Projeto São João Literário, hoje, envolve mais de 40 escolas localizadas em diferentes regiões do Brasil, mas principalmente no Norte e Nordeste. A ação ocorre desde 2013, e, consegue mobilizar municípios inteiros, mesclando aprendizado, estímulo e comemoração com foco no livro e no incentivo à leitura.
No Ceará, escolas em Cascavel, Beberibe e Tianguá, já confirmaram participação e estão se preparando para grandes apresentações com homenagens a autores e obras literárias que são referências da nossa literatura nos mais variados gêneros. Em Cascavel/CE, a EEF Paulo Sarasate, escolheu como tema da festa “Nas linhas de Bráulio o Nordeste vivo está”, em homenagem ao poeta e cordelista cearense Bráulio Bessa, que hoje é fonte de inspiração para muitos jovens através de seus versos sempre enaltecendo e valorizando suas origens e o povo nordestino! Para o grande dia do evento, além dos espaços com barracas cheia de cordéis, bandeirinhas com poesias e pescarias literárias, a escola está preparando apresentações de dança, onde a quadrilha principal da escola terá como base a obra “Poesia com Rapadura”, de Bráulio Bessa.
Ainda em Cascavel/CE, a EEF Luis Pacheco irá homenagear o escritor Jorge Amado, onde no Arrasta Pé Junino, os alunos farão a apresentação da quadrilha com os trajes, a música e toda a composição dando vida a obras do grande escritor que foi um dos maiores representantes da literatura brasileira modernista. As turmas foram divididas como responsáveis por cada parte literária do evento, onde terão Barracotecas, com espaço para leitura no meio do evento, barraca só para troca de livros, pescaria com brindes literários, a barraca “literofotográfica”, com fotos de autores e o recadinho elegante, que só poderá ser lido em forma de poesia!
Em Beberibe/CE, a Escola Desembargador Pedro de Queiroz, que participou da ação também no ano passado, fará homenagem ao poeta Olavo Bilac, dando ênfase aos seus contos e poesias em todos cantinhos da festa, desde a caracterização da quadrilha as bandeirinhas poéticas que estarão expostas em vários ambientes! Não vai faltar inspiração de leitura nesse evento que vem arrastando seguidores em várias regiões, além do Ceará, já estão confirmadas escolas em Estados como Pará, Bahia e a Paraíba, todos juntos construindo uma grande festa em prol da cultura e da educação.
Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luís Salvatore, as atividades que envolvem desde adivinhas, trava-línguas, receitas, quadrinhas e muita poesia, permitem um rico diálogo entre a escola e a comunidade. “O objetivo pedagógico do Projeto, é manter viva as raízes da festividade do São João, com toda a sua riqueza e tradição, incorporando o cunho literário desde os preparativos, até as apresentações das quadrilhas juninas, a ideia é engajar toda a comunidade escolar e fazer com que todos voltem os olhares para a riqueza da cultura popular brasileira e este é um ótimo momento para trabalhar a arte literária”, ressalta Salvatore.

Sobre o Projeto São João Literário

O São João Literário, faz parte das atividades do Programa de Desenvolvimento da Educação – PDE, do Instituto Brasil Solidário e envolve todas as escolas que participam das ações do Programa, em várias regiões do Brasil, mas principalmente no Norte e Nordeste do país. Com sua primeira edição realizada em 2013, o projeto tem como objetivo promover uma grande mobilização com foco no livro e no incentivo à leitura dentro das festividades juninas.
Uma lista de atividades são elaboradas para serem desenvolvidas com todas as turmas do Fundamental I ao Fundamental II – organização da estrutura física da escola para a festa, montagem do cardápio e distribuição dos convites. O objetivo pedagógico do Projeto, é conseguir engajar toda a comunidade escolar e fazer com que todos voltem os olhares para a riqueza da cultura popular brasileira, aproveitando esse período para trabalhar a arte literária.
No Projeto São João Literário – IBS além de desenvolver e incentivar o estudo das tradições e da cultura popular, trabalha-se com sequências didáticas que estimulam a produção e o estudo literário que resultam em aprendizagens significativas e a apresentação das muitas culminâncias que acontecem através da parceria com muitas escolas do nosso país.
As atividades do Projeto São João Literário podem ser realizadas com todos os segmentos escolares. O que diferencia a proposta em cada ano/ciclo é o gênero trabalhado e o seu desenvolvimento pelos diferentes professores.

Arrasta Pé da Educação

Parte das atividades da grande festa do São João Literário, está o Arrasta Pé da Educação, que consegue sensibilizar as quadrilhas juninas a incorporarem as temáticas e conceitos trabalhados no Programa de Desenvolvimento da Educação, do Instituto Brasil. São elas: incentivo à leitura, educação ambiental, uso de tecnologias em sala de aula e como instrumento ao protagonismo, valorização das artes regionais, prevenção e saúde e empreendedorismo.
Toda a criatividade e originalidade contam como pontos fortes na escolha das quadrilhas que se destacam no momento do Arrasta Pé da Educação. Figurinos bem elaborados com utilização de materiais recicláveis, ressaltando o conceito de sustentabilidade, além do momento de leitura e homenagem à obras literárias, seja na dança, na música ou na caracterização, são alguns dos elementos fortemente presentes durante a festa, que resulta, em várias regiões, em um grande concurso com premiação para as primeiras colocações.
Caléndário do São João Literário 2018 / Datas já confirmadas.
CEARÁ
· Tamboril/CE:
29/06 – EMEI Santo Antônio em Açudinho.
· Cascavel/CE:
23/06 – EFF Paulo Sarasate.
29/06 – EEF Luis Pacheco.
· Beberibe/CE:
28/06 – Escola Desembargador Pedro de Queiroz.
BAHIA
· Gentio do Ouro/BA:
– 15/06 – Evento na Quadra de Esportes da Comunidade de Itajubaquara (Todas as escolas do município estão desenvolvendo as ações do São João Literário).
· Irecê/BA:
20/06 – Escola José Francisco Nunes.
PARÁ
· Tracuateua/PA:
14/06 – Evento na Quadra de Eventos do Centro de Tracuateua com participação de todas as escolas do município.
20/06 – Evento da Escola Júlia da Silveira Gomes.
· Quatipuru/PA:
28/06 – Evento municipal promovido com a Prefeitura de Quatipuru com participação de todas as escolas do município.
PARAÍBA
· Cabaceiras/PB:
22/06 – EMEIF Maria Neuly Dourado.
Com informações da Assessoria de Comunicação
Boa Notícia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08