Com entrega de troféus aos homenageados, terceira edição do Festival Vida&Arte começou oficialmente na noite de ontem, dando início a um período intenso de arte e cultura

A CANTORA Elza Soares recebeu o troféu das mãos da jornalista Ana Naddaf JULIO CAESAR
A CANTORA Elza Soares recebeu o troféu das mãos da jornalista Ana Naddaf JULIO CAESAR
Após meses intensos de preparo, organização e dedicação de milhares de colaboradores, o Centro de Eventos do Ceará recebeu, na noite de ontem, a abertura do terceiro Festival Vida&Arte — evento multicultural que celebra os 90 anos do O POVO. Foi um momento de celebração e emoção.
Receberam o troféu Vida&Arte — criado pelo pintor, escultor e arquiteto José Nascimento especialmente para o evento — o jurista Paulo Bonavides, o humorista Renato Aragão, o cantor, compositor e violonista Evaldo Gouveia, o arquiteto e compositor Fausto Nilo e a cantora Elza Soares.
As entregas dos troféus foram marcadas por momentos de emoção. Elza conclamou “gritos de vitória das mulheres” presentes; Evaldo discursou após um número musical em homenagem a ele; grupo de crianças se apresentou para Renato Aragão; Bonavides recebeu o troféu das mãos de André Filipe Dummar — tataraneto do seu amigo Demócrito Rocha — e Fausto compartilhou fala emocionada.
“A escolha (dos homenageados) foi pelo conjunto da obra e pelas ligações afetivas que eles têm com as bandeiras que o O POVO e a Fundação Demócrito Rocha defendem”, explicou o coordenador geral do FVA, Cliff Villar.
A presidente do Grupo de Comunicação O POVO, Luciana Dummar, discursou para as autoridades e o público presentes. “O Festival Vida&Arte é esta síntese: tudo ao mesmo tempo agora. E tudo para dar múltiplas opções a quem vier. A multiculturalidade do Festival se apresenta na beleza das manifestações populares, nos diversos espetáculos musicais, na literatura, na gastronomia, na moda, nas artes visuais, no teatro, na cultura pop, na elevação espiritual”, elencou.
Cliff ressaltou ainda que, ao longo de 90 anos, O POVO sempre atuou em prol da Cidade e, por isso, é importante celebrar com ela. “Nós somos um veículo de comunicação que é voltado para fora. Que provoca, dialoga, denuncia e também celebra. Hoje é uma grande celebração, não somente do O POVO, mas da arte e da cultura no Ceará”, afirmou.
O Festival Vida&Arte segue até domingo, 24, com ampla programação multicultural. Confira algumas atrações que se apresentarão hoje no caderno Vida&Arte.
“BATAM PALMAS PRA MIM”
Evaldo Gouveia recebeu o Troféu Vida&Arte das mãos de Altemar Dutra Jr. Emocionado, o compositor ainda cantou um trecho de Bloco da Solidão
MAIS HOMENAGENS
Familiares das personalidades que batizam os ambientes do Festival foram homenageados. Dodora Guimarães representou o artista plástico Sérvulo Esmeraldo
HOMENAGEADOS
O TROVADOR
Com mais de 50 anos de carreira, Evaldo é dos nomes mais populares da MPB com canções interpretadas por nomes como Nelson Gonçalves e Cauby Peixoto.
EVALDO GOUVEIA
Músico

LETRAS E FORMAS
Letrista de clássicos da MPB e arquiteto responsável por projetos como o Centro Dragão do Mar. Teve músicas gravadas por Fagner, Gal Costa, Ney Matogrosso e outros.
FAUSTO NILO
Arquiteto e compositor

DAS LEIS
O professor é um dos constitucionalistas mais respeitados do País, sendo um dos principais nomes do pensamento jurídico brasileiro.
PAULO BONAVIDES
Jurista

O TRAPALHÃO
Um dos mais prestigiados humoristas cearenses, Renato conquistou o País com o grupo Os Trapalhões, sucesso durante décadas na televisão brasileira.
RENATO ARAGÃO
Humorista
A VOZ
Com uma carreira que já soma mais de seis décadas, Elza foi eleita como “cantora do milênio” pela rádio BBC de Londres. Acaba de lançar o disco Deus é Mulher .
ELZA SOARES
Cantora

O Povo

Comentários

Mais Visitadas

15 de novembro de 1889

Amazon oferece Frete Grátis para toda a loja de livros

"Recordar: voltar a passar pelo coração"

Livro "O Outro Nordeste", de Djacir Menezes, ganha terceira edição

O mundo reconciliado em Cristo