Pular para o conteúdo principal

Conheça Athila, o cearense que transforma cartas de amor em música

Como faz pra enterrar a saudade?” É com todo esse questionamento que Athila lança sua primeira música autoral: “O Que Você Vai Me Dizer?”. Disponível em todas as plataformas digitais, a música é o cartão de visita do cearense.
Athila Lacerda já cantava versões de músicas conhecidas em seu canal no YouTube. De Cazuza a Adele, o cantor de 25 anos sempre optou pela sensibilidade nas canções. Não a toa, seu primeiro single é um carta de amor musicada.
“Escrevi ‘O Que Você Vai Me Dizer?’ em 2015. Era uma carta, como a maioria das músicas que tenho, mas essa foi a mais dura de sair. A mais complicada de mostrar para alguém e colocar melodia”, diz. “Pensei nela porque a vejo extremamente íntima, minha. Outras pessoas poderiam se identificar também”.
Com músicos na família, Athila canta desde os seis anos de idade. Aos nove, entrou no Conservatório de Música Alberto Nepomuceno, onde teve aulas de piano. Já o violão, aprendeu a tocar sozinho.
Farmacêutico por formação, pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Athila morou nos Estados Unidos de 2013 a 2015, o que o inspirou a voltar a escrever. Em 2014, surgiu a necessidade de mostrar seu trabalho no YouTube.
Athila escreve desde os 13. “Era tudo bilhetinho, poema, pra mãe, pai, tia, vó. Fui escrevendo cartas maiores. Chegou um momento da adolescência que me deparei com uma caixa cheia de cartas e vi que algumas poderiam virar música. Um dia, minha mãe falou: ‘Por que você não escreve música, só carta?'”, conta. “Ainda escrevo cartas e coloco a melodia depois. É meu processo de composição, meu estilo”.
Para este ano, ele prepara mais duas músicas inéditas com o mesmo conceito, ele diz. “Para fechar um ciclo”.
(Capa: Carlos Almi)
O Povo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/