Pular para o conteúdo principal

'Fazedor de poesia'

Paulo Eduardo Mendes*
Resultado de imagem para paulo eduardo mendes
Sutilezas. Repasse em versos. Doçura de mel. "Poesia com Rapadura" é o livro que Bráulio Bessa assina aproveitando o engenho do seu natural talento. Rimas embutidas na sonorização dos textos. Amor e paixão num patamar de dignidade cujo interesse é crescente da primeira à última página do livro. Mel de rapadura no ponto. Um "fazedor de poesia" com alma de artista.
Revela a sensibilidade dos estetas da palavra que repercute em versos. Primor de literatura espontânea. Ponto de apoio na televisão com a presença firme no competente programa de Fátima Bernardes. Culto ao belo num aproveitamento integral de belezas linguísticas do Nordeste deste Brasil de todos nós.
Bráulio Bessa encaixa simplicidade nas partidas bem dosadas dessa produção de boa rapadura tipicamente do sertão nordestino. Mistura de inspiração e personalidade para cantar o seu rincão. Ele vem de Alto Santo e permeia as alturas de uma vitória natural. Comunicador de primeira linha tem o seu lugar de destaque nos que apreciam as produções da alma, do coração de poeta. Poesia é essencialmente apanhado de amor e de fé nas coisas belas da vida.
O "fazedor de poesias" não vai desaparecer nunca, enquanto existir personalidades do porte de Bráulio Bessa. Sentimento e nordestinidade para ninguém botar defeito. Livro puro. Sabor de mel na aclimatação dessa produção que já ocupa a tela das TVs. "Dono de engenho" capaz de iluminuras bem palatáveis na seara das produções cujo aproveitamento é integral. Entendimento e maturação nos expressivos recados da boa poesia. Bráulio Bessa coloca muito bem a cultura nordestina.
*Jornalista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08