Pular para o conteúdo principal

Outras vidas

Paulo Eduardo Mendes*
Resultado de imagem para paulo eduardo mendes
Difícil tema. Encontrar detalhes definidos. Vultos. Nomes. Vontade enorme de comunicar. Assim os aspectos da vida. Motivação de sonhos. Reencontros expressivos. Certezas! Tudo com encaixe ajustável à realidade vivida em passadas existências. Outras vidas em relato para dizer verdades. Transmitir fatos incontestes de ontem, que emergem do subconsciente em planos de hoje. Descrições vindas de "inspiração" transcendental. Nenhuma psicografia. Uso da nossa própria capacidade de contar, por escrito, o que nos foi passado por "alguém" do "outro lado" da vida. Modo de elucidar o que captamos em visões ousadas ou reprimidas. Outras vidas na lógica procedimental do raciocínio advindo da doutrina Espírita. Doutrina conveniada com o Evangelho de Jesus. Verdadeiro arquivo vivo das "outras vidas" que todos nós vivenciamos, quer acreditemos ou não nos diversos modos de existência.
Evolução sistemática nos planos de Deus. Somos investidos da "simplicidade" nascida em cada encarnação. Outras vidas cujas recordações repousam em saudades não explicadas de recantos ou de pessoas nunca dantes conhecidas... Suaves formas de reviver momentos que nos encantam ou assustam! Mil modos de pensar no amanhã. Projeções com volteios no passado e presença viva no hoje. Passado. Presente. Futuro. Somos nós mesmos vindos de outras vidas! Desenvolver estudos para o entendimento dos teoremas da vida. Não há pressa. A sabedoria de Deus nos conduz pelas trilhas do nascer e renascer. É questão de fé raciocinada que a inteligência nos contempla através do livre arbítrio inerente à nossa condição de seres humanos.
*Jornalista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08