Pais brincam pouco com os filhos, afirma UNICEF

Há pelo menos 40 milhões de crianças, em 74 países, que não brincam nem efetuam qualquer tipo de atividade educativa com os seus pais, segundo um relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) relacionado com o costume dos pais contarem um conto ou cantarem aos filhos, levá-los a passear, jogar com eles, ensinar-lhes a contar e a ler ou a desenhar.

«Temos que quebrar as barreiras que evitam que os pais ofereçam aos seus bebés e crianças pequenas um ambiente propício para o seu crescimento que inclua amor, jogos, proteção e alimentação nutritiva. Devemos assegurar que todos os pais disponham de tempo, recursos e conhecimentos para apoiar o desenvolvimento dos seus filhos», destacou Laurence Chandy, diretor de Investigação e Políticas da UNICEF.

A organização recorda que, de acordo com vários estudos, os menores que passam os seus primeiros anos num ambiente harmonioso e estimulante podem formar mais facilmente novas ligações neurológicas que ajudam a determinar a sua saúde e a sua capacidade de lidar com o stress, além de influenciar o talento para um desempenho melhor na vida adulta.

Fátima Missionária

Comentários

Mais Visitadas

Nomofobia: O medo de desconectar

Fundação Edson Queiroz realiza mostra de arte

Documentário sobre 'impeachment' de Dilma no Festival de Cinema de Berlim

"Um erro, uma barbárie, uma desumanidade", diz Vargas Llosa sobre a pena de morte

Solenidade de posse do Dr. Régis Frota, na Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza