Quarteto de Cordas da Orquestra Contemporânea Brasileira é a atração do Clássicos na Lagoa

Constituída por músicos solistas residentes em várias regiões do Brasil, a orquestra se reúne periodicamente para participar de apresentações. O Quarteto de Cordas da Orquestra Contemporânea Brasileira será a próxima atração do Clássicos na Lagoa

Foto: Divulgação / Evento
 
A necessidade de ampliar os espaços de expressão musical no cenário da música erudita nacional motivou a criação, em 2016, da Orquestra Contemporânea Brasileira. Constituída por músicos solistas residentes em várias regiões do Brasil, a orquestra se reúne periodicamente para participar de apresentações. O Quarteto de Cordas da Orquestra Contemporânea Brasileira será a próxima atração do Clássicos na Lagoa, realizado dia 2 de junho, às 17 horas. O projeto promove concertos às margens da Lagoa do Porangabuçu, nas primeiras sextas-feiras de cada mês.
 
A Orquestra Contemporânea Brasileira, sediada em Fortaleza e mantida pelo Sistema Brasileiro de Bandas e Orquestras (Sinfonia.br), fez a sua estréia em 2016, no encerramento do Festival Sinfonia.br, no palco do Cineteatro São Luiz. Com a proposta de unir música erudita e popular em um único idioma sonoro, o grupo pretende também colocar-se como referência para estudantes de música e orquestras em formação, através da realização de ações pedagógicas como masterclasses, oficinas e concertos didáticos.
 
A Temporada 2017 prevê apresentações e concertos nos estados do Ceará, Paraíba, Rio Grande Norte e Pernambuco, sob a regência do maestro Arley França. O Quarteto de Cordas da Orquestra Contemporânea Brasileira, composto pelos músicos Paulo Leniuson (violino), Natan Gomes (violino), Paulo Cleber (viola) e Jorge Lima (Violoncelo) apresenta em seu repertório clássicos da música erudita e da música popular. Eles irão interpretar, durante o Clássicos na Lagoa, compositores como Mozart, Luiz Gonzaga e Belchior.
 
O projeto Clássicos na Lagoa foi idealizado pelo Instituto de Ciências Médicas Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ICM), com a participação do Instituto Beatriz e Lauro Fiuza (IBLF) e a Plataforma Sinfonia do Amanhã. O intuito é promover a educação musical, contribuir com a promoção da saúde e ampliar os espaços de socialização gratuitos.
 
Serviço
Projeto: Clássicos na Lagoa
Apresentação: Quarteto de Cordas da Orquestra Contemporânea Brasileira
Local: Lagoa do Porangabuçu
Data: 2 de junho – sexta-feira
Horário: 17 horas
 
Com informações da assessoria de comunicação
Boa Notícia

Comentários

Mais Visitadas

Garimpeiro do conhecimento

A linguagem do amor

Cannes: Filmes de qualidade, mas sem ousadia

O saber na periferia do conhecimento

Mistério da Santíssima Trindade