Mia Couto em palestra na Unifor

Mia Couto: escritor um dos principais nomes da literatura em língua portuguesa no mundo
O moçambicano Mia Couto, 61 anos, é um daqueles casos invejáveis em que o sucesso de público coincide com a aclamação da crítica. Autor de livros em prosa e verso, ele é a atração do seminário internacional "Recriar o Pensamento, Mudar a Realidade", que acontece no dia 29 de junho, às 19h, na Universidade de Fortaleza (Unifor).
No palco do Teatro Celina Queiroz, o autor compartilhará seus conhecimentos e vivências com o público presente. A experiência de Mia Couto vai bem além do ofício solitário da escrita. Biólogo, especializado em ecologia, e um crítico atento das realidades sociais, ele viaja o mundo divulgando sua literatura e estabelecendo diálogos com diversas culturas. As palestras e conferências do escritor são famosas por sua combinação de inteligência e bom humor.
O evento é promovido pela Pós-Unifor, em parceria com o Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade (EGES). As vagas são limitadas . O seminário é aberto ao público e as inscrições podem ser feitas pelo site da Unifor (www.Unifor.Br).
O evento segue um dos objetivos da Pós-Unifor de proporcionar aos alunos e à sociedade o encontro com grandes lideranças mundiais, que inspiram com suas ideias e ações, buscando o fortalecimento da inovação, empreendedorismo, sustentabilidade, liderança, dentre outras habilidades necessárias para o profissional do século XXI.
Mia Couto é um dos principais nomes da literatura em língua portuguesa. Atualmente, ele é o autor moçambicano mais traduzido e divulgado no exterior e um dos autores estrangeiros mais vendidos em Portugal. Atualmente, suas obras são traduzidas e publicadas em 24 países.
Importância
Filho de pais portugueses, Antônio Emílio Leite Couto nasceu em 1955 na cidade da Beira, em Moçambique, na África lusófona. O pai era jornalista e escritor e viu o filho seguir seus caminhos, nas letras e na imprensa.
A produção inicial de Mia Couto é como poeta. Mais tarde se dedicou ao jornalismo e à literatura em prosa. Escritor prolífico, ele é autor de romances e de coleções de contos, crônicas, ensaios e poemas - obra que lhe rendeu homenagens importantes, como o Prêmio Camões (comenda mantida em parceria pelos governos brasileiro e português) e Prêmio Literário Internacional Neustadt (EUA). Em 1999, o autor recebeu o prêmio Vergílio Ferreira pelo conjunto de sua obra e, em 2007, foi agraciado com o prêmio União Latina de Literaturas Românicas.
É o único escritor africano membro da Academia Brasileira de Letras. Mia Couto é sócio correspondente da ABL, eleito em 1998, sendo o sexto ocupante da cadeira nº 5, que tem por patrono Dom Francisco de Sousa.
Terra
Mia Couto é um "escritor da terra", escreve e descreve as próprias raízes do mundo, explorando a natureza humana na sua relação umbilical com a terra. A sua linguagem extremamente rica e muito fértil em neologismos, confere-lhe um atributo de singular percepção e interpretação da beleza interna das coisas. Cada palavra inventada como que adivinha a secreta natureza daquilo a que se refere, entende-se como se nenhuma outra pudesse ter sido utilizada em seu lugar. As imagens de Mia Couto evocam a intuição de mundos fantásticos e em certa medida um pouco surrealistas, subjacentes ao mundo em que se vive, que envolve de uma ambiência terna e pacífica de sonhos - o mundo vivo das histórias.
Como biólogo tem realizado trabalhos de pesquisa em diversas áreas, com incidência na gestão de zonas costeiras e na coleta de mitos, lendas e crenças que intervêm na gestão tradicional dos recursos naturais. É diretor da empresa Impacto, Lda. - Avaliações de Impacto Ambiental. Em 1992, foi o responsável pela preservação da reserva natural da Ilha de Inhaca.
Saiba Mais
Seminário internacional - "Recriar o Pensamento, Mudar a Realidade", com o escritor moçambicano Mia Couto. Dia 29 de junho, às 19 horas, no Teatro Celina Queiroz, no Campus da Unifor (Av. Washington Soares, 1321 - Edson Queiroz)
Ingressos - À venda pelo site www.Unifor.Br
Descontos - Alunos, egressos, professores e funcionários da Unifor têm 50% de desconto
Empresas parceiras da Unifor têm 20% de desconto
Contato - (85) 3477.3000

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

Nomofobia: O medo de desconectar

Fundação Edson Queiroz realiza mostra de arte

Documentário sobre 'impeachment' de Dilma no Festival de Cinema de Berlim

"Um erro, uma barbárie, uma desumanidade", diz Vargas Llosa sobre a pena de morte

Solenidade de posse do Dr. Régis Frota, na Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza