Encontro de leitores reúne cartas com percepções sobre Fortaleza

Uma folha em branco, um lápis e muitos sentimentos para externar sobre a vida, os amores e os sentimentos que Fortaleza transpassa de forma subliminar. EsTa é a premissa para o projeto "Literatura de Lua – Mapas e Cartas", um ambiente intimista para reunir  pessoas com diferentes olhares sobre a Cidade e narrá-las por meio de cartas.
O encontro será quarta-feira, dia 23 de agosto. A escritora, artista visual e curadora de literatura do Dragão do Mar, Fernanda Meireles, é a organizadora do evento que já existe há 10 anos. "Ele é diferente de um sarau e de um grupo de leitura, porque as pessoas não precisam ser só expectadores como numa palestra. Elas podem participar", explica.
O encontro será na frente do planetário do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. A leitura das cartas começa às 18 horas, e todos podem participar. As cartas podem ser enviadas de todo o Brasil para a caixa postal de Fernanda e não precisam ser assinadas. Inclusive, Fernanda conta que já recebeu a primeira carta. Anônima.
"É curioso porque nunca foi antigo. Escrever cartas é outra relação com o tempo e o espaço. A materialidade dela dispara em nós algumas percepções que estão sempre lá, mas anestesiadas".
Em um post feito em seu Facebook, Fernanda lembrou aos seguidores que para enviar uma carta de 20g pelo correio custa apenas R$ 1,25.
Ainda sobre internet, Fernanda lembrou o aplicativo recém-laçando Sarahah. "O sararah não da possibilidade de resposta. É como se fosse uma carta anônima", ela compara.
Serviço
Literatura de Lua- Cartas e Mapas
Onde: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema)
Quando: quarta-feira, 23, às 18h
Gratuito
Caixa postal de Fernanda Meireles
rua Doutor Bezerrinha, 110 - Rodolfo Teófilo
CEP: 60430-100, Fortaleza (Cidade Solar) Ceará.

DANIELBER NORONHA
O Povo

Comentários

Mais Visitadas

Garimpeiro do conhecimento

Mistério da Santíssima Trindade

O saber na periferia do conhecimento

Cannes: Filmes de qualidade, mas sem ousadia

Bill Gates quer que você leia estes 5 livros nas férias de julho