Carta da gratidão

Se você tiver coragem de encarar este desafio, posso garantir que o resultado será uma explosão de felicidade

Dando continuidade a proposta que lancei na semana passada sobre melhores práticas de gratidão, segundo a Universidade de Berkley na Califórnia, hoje quero falar para você sobre a técnica – Carta da Gratidão.
A Carta da Gratidão é um recurso que permite a você reconhecer Gratidão principalmente a pessoas. Além disso, ela traz fortalecimento de amizades e laços, perdão e amor.
Vamos lá?!
CARTA DA GRATIDÃO
TEMPO REQUERIDO
Pelo menos 15 minutos para escrever a carta e pelo menos 30 minutos para a visita
COMO FAZER ISSO
Lembre-se de alguém que fez algo por você, pelo qual você está extremamente agradecido, mas a quem você nunca expressou sua profunda gratidão. Isso pode ser um parente, amigo, professor ou colega.
Tente escolher alguém que ainda esteja vivo e possa se encontrar cara a cara na próxima semana.
Pode ser mais útil selecionar uma pessoa ou um ato que você não tenha pensado por um tempo – algo que nem sempre está em sua mente.
Agora, escreva uma carta para uma dessas pessoas, guiado pelas seguintes etapas:
1 – Escreva como se estivesse se dirigindo diretamente a essa pessoa (“Querida __________”)
2 – Não se preocupe com gramática ou ortografia perfeita.
3- Descreva em termos específicos o que essa pessoa fez, por que você está grato a essa pessoa e como o comportamento dessa pessoa afetou sua vida. Tente ser o mais concreto possível.
4 – Descreva o que você está fazendo na sua vida agora e como você costuma lembrar dos seus esforços.
5 – Tente manter sua carta em aproximadamente uma página (~ 300 palavras).
Em seguida, você deve tentar, se for possível, entregar sua carta pessoalmente, seguindo estas etapas:
1- Planeje uma visita com o destinatário. Deixe essa pessoa saber que gostaria de vê-lo e de ter algo especial para compartilhar, mas não revela o propósito exato da reunião.
2 – Quando se encontrarem, deixe a pessoa saber que você é grato a ela e gostaria de ler uma carta expressando sua gratidão; peça que ele ou ela se abstenha de interromper até terminar.
3 – Leia a carta pausadamente. Enquanto você lê, preste atenção na sua reação bem como na sua.
4 – Depois de ter lido a carta, seja receptivo à sua reação e discuta seus sentimentos juntos.
5 – Lembre-se de dar a carta à pessoa quando você sair.
Se a distância física o impedir de fazer uma visita, você pode optar por organizar um bate-papo por telefone ou vídeo.
POR QUE VOCÊ DEVE FAZER
Sentir gratidão pode melhorar a saúde e a felicidade; expressar gratidão também fortalece os relacionamentos. No entanto, por vezes, as expressões de agradecimento podem ser passageiras e superficiais. Este exercício encoraja você a expressar gratidão de maneira pensativa e deliberada, escrevendo – e, idealmente, entregando – uma carta de gratidão a uma pessoa que você nunca agradeceu.
POR QUE FUNCIONA
A carta afirma coisas positivas em sua vida e lembra-lhe como os outros se preocuparam com você – a vida parece menos sombria e solitária se alguém tiver tido um interesse tão favorável em nós. Visitar o doador permite que você fortaleça sua conexão com ela e lembre-se de como os outros o valorizam como indivíduo.
Espero que tenha curtido mais essa prática!
A Carta da Gratidão também é uma grande maneira de você voltar a conversar com alguém, perdoar coisas do passado, restaurar laços afetivos… aproveite!!
* * *
FONTES: Sonja Lyubomirsky, Ph.D., Universidade da Califórnia, Riverside. Kristin Layous, Ph.D., Stanford University. Martin Seligman, Ph.D., Universidade da Pensilvânia

Comentários

Mais Visitadas

Dois pesos e duas medidas

Professora vai mediar estudo de literatura feminina em Dourados

Socorro Acioli coordena especialização em Escrita Literária

Livro fala sobre empatia, alteridade, sentimentos reais e seres humanos

“Monstro É Aquele Que Não Sabe Amar"!