Carta da gratidão

Se você tiver coragem de encarar este desafio, posso garantir que o resultado será uma explosão de felicidade

Dando continuidade a proposta que lancei na semana passada sobre melhores práticas de gratidão, segundo a Universidade de Berkley na Califórnia, hoje quero falar para você sobre a técnica – Carta da Gratidão.
A Carta da Gratidão é um recurso que permite a você reconhecer Gratidão principalmente a pessoas. Além disso, ela traz fortalecimento de amizades e laços, perdão e amor.
Vamos lá?!
CARTA DA GRATIDÃO
TEMPO REQUERIDO
Pelo menos 15 minutos para escrever a carta e pelo menos 30 minutos para a visita
COMO FAZER ISSO
Lembre-se de alguém que fez algo por você, pelo qual você está extremamente agradecido, mas a quem você nunca expressou sua profunda gratidão. Isso pode ser um parente, amigo, professor ou colega.
Tente escolher alguém que ainda esteja vivo e possa se encontrar cara a cara na próxima semana.
Pode ser mais útil selecionar uma pessoa ou um ato que você não tenha pensado por um tempo – algo que nem sempre está em sua mente.
Agora, escreva uma carta para uma dessas pessoas, guiado pelas seguintes etapas:
1 – Escreva como se estivesse se dirigindo diretamente a essa pessoa (“Querida __________”)
2 – Não se preocupe com gramática ou ortografia perfeita.
3- Descreva em termos específicos o que essa pessoa fez, por que você está grato a essa pessoa e como o comportamento dessa pessoa afetou sua vida. Tente ser o mais concreto possível.
4 – Descreva o que você está fazendo na sua vida agora e como você costuma lembrar dos seus esforços.
5 – Tente manter sua carta em aproximadamente uma página (~ 300 palavras).
Em seguida, você deve tentar, se for possível, entregar sua carta pessoalmente, seguindo estas etapas:
1- Planeje uma visita com o destinatário. Deixe essa pessoa saber que gostaria de vê-lo e de ter algo especial para compartilhar, mas não revela o propósito exato da reunião.
2 – Quando se encontrarem, deixe a pessoa saber que você é grato a ela e gostaria de ler uma carta expressando sua gratidão; peça que ele ou ela se abstenha de interromper até terminar.
3 – Leia a carta pausadamente. Enquanto você lê, preste atenção na sua reação bem como na sua.
4 – Depois de ter lido a carta, seja receptivo à sua reação e discuta seus sentimentos juntos.
5 – Lembre-se de dar a carta à pessoa quando você sair.
Se a distância física o impedir de fazer uma visita, você pode optar por organizar um bate-papo por telefone ou vídeo.
POR QUE VOCÊ DEVE FAZER
Sentir gratidão pode melhorar a saúde e a felicidade; expressar gratidão também fortalece os relacionamentos. No entanto, por vezes, as expressões de agradecimento podem ser passageiras e superficiais. Este exercício encoraja você a expressar gratidão de maneira pensativa e deliberada, escrevendo – e, idealmente, entregando – uma carta de gratidão a uma pessoa que você nunca agradeceu.
POR QUE FUNCIONA
A carta afirma coisas positivas em sua vida e lembra-lhe como os outros se preocuparam com você – a vida parece menos sombria e solitária se alguém tiver tido um interesse tão favorável em nós. Visitar o doador permite que você fortaleça sua conexão com ela e lembre-se de como os outros o valorizam como indivíduo.
Espero que tenha curtido mais essa prática!
A Carta da Gratidão também é uma grande maneira de você voltar a conversar com alguém, perdoar coisas do passado, restaurar laços afetivos… aproveite!!
* * *
FONTES: Sonja Lyubomirsky, Ph.D., Universidade da Califórnia, Riverside. Kristin Layous, Ph.D., Stanford University. Martin Seligman, Ph.D., Universidade da Pensilvânia

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado